Destaques

Crítica| Depois do apocalipse

Por Porre de Livros •
13 de setembro de 2018

O Halloween está chegando! E a preparação para os filmes de terror e horror começam. Em Depois do apocalipse, vamos conhecer a história da Juliette (Brittany Ashworth) que está numa missão de reconhecimento. Enquanto a protagonista busca suprimentos, vemos um cenário deserto, quase inabitável, visto que aconteceu uma epidemia que eliminou parte da população. O que restou? Criaturas monstruosas e agressivas que não gostam de luz. Durante a missão, Juliette sofre um acidente com seu carro. Machucada, ela precisa se esconder das criaturas que saem à noite. E se manter viva até que consigam resgatá-la.

CLASSIFICAÇÃO: ⭐⭐⭐
Direção: Mathieu Turi
Não espere um longa eletrizante e cheio de ação. Aqui, há muito mais que terror/horror, e talvez esse seja o diferencial entre tantos filmes com a temática pós-apocalíptica. O diretor do longa, Mathieu Turi, nos mostrou algo muito mais humano e fez uso de flashbacks para sair do assunto criatura-Juliette e trazer algo mais íntimo a produção. É importante salientar que vários desses retornos ao passado acabaram quebrando o ritmo do roteiro, mesmo que isso tenha sido importante para preencher a tela com outra sensação, sem ser a de medo ou silêncio. 

Através dos flashbacks podemos conhecer uma protagonista jovem, viciada em drogas e sem planos para o futuro. Também conhecemos o Jack (Grégory Fitoussi). Juntos, eles têm uma relação amorosa complicada, cheia de altos e baixos, mas sem nunca desistir um do outro. E em meio a situação complicada a qual Juliette se encontra,  nós podemos presumir o fim dramático que se deu o romance no passado e o quanto a protagonista está ligada a isso. Basicamente, temos duas histórias durante aproximadamente 83 minutos. E enquanto uma assusta; a outra comove. E o drama existe nas duas, mesmo que uma seja um pouco surreal. No fim do longa, há um climax comovente, que fará todo o sentindo. E perceberemos que o passado e o presente não estavam sendo jogados na tela, mas têm uma relação. 

O que pode incomodar é o fato de não ser muito explicito o que houve com tudo e todos. Mesmo imaginando, ainda podemos ficar com algumas dúvidas. E não pense que o passado sendo retomado vai suprir isso. (Falo por experiência própria.) Depois do apocalipse é silencioso e comovente, às vezes assustador, e traz uma originalidade interessante ao gênero. 

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

© Porre de Livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in