RESENHA| As brigadas fantasma

14:09 16 Comments A+ a-


As brigadas fantasma é a "continuação" (sim, entre aspas mesmo!) de Guerra do Velho. Não é bem uma continuação do livro anterior, mas a história acontece no mesmo universo, só que iremos conhecer outro personagem. Aqui, teremos um desenvolvimento maior do universo criado com Scalzi, além de trazer questões interessantes e bem abordadas.

Nesse segundo livro, vamos conhecer um pouco sobre As Forças Especiais das FCD (Forças Coloniais de Defesa), que seria uma espécie de  força militar espacial e especial, pois os soldados são criados a partir do DNA de humanos que se alistaram nas FCD, mas morreram antes de completar 75 anos. E vamos conhecer um pouco mais sobre a tenente Jane Sagan. Após a Guerra de Coral, que aconteceu no livro anterior, Jane Sagan descobre um plano terrível que está sendo tramado contra a humanidade. O plano consiste na cooperação de 3 raças alienígenas e um ser humano para erradicar toda a FCD. E ela está em busca de um traidor, que inclusive é um dos cientistas mais inteligentes das Forças Coloniais de Defesa. 

"Imagine se toda espécie se batizasse com o seu maior defeito? Poderíamos chamar nossa espécie de arrogância."
Diferentemente do livro anterior, que foi uma introdução ao universo, aqui temos um "amadurecimento" desta história, onde o autor consegue não só criar uma história com bastante ação, diálogos divertidos e muita surpresa para o leitor, como aconteceu no livro anterior. Nesse segundo livro, Scalzi começa  a inserir um pouco mais de complexidade à história, trazendo assuntos, como, por exemplo, transferência de consciência, criação de clones, questionamentos éticos e existenciais, além de trazer personagens complexos e interessantes, já que o leitor conhecia o universo através do livro anterior. Para mim, o ponto forte foi o tamanho da guerra iminente, uma ameaça maior para facilitar a distinção entre as FCD e as Forças Especiais. 

Um ponto bastante positivo nesse livro é que ele é, digamos, "independente" de Guerra do Velho. É claro que ele faz uma ou outra referência ao livro anterior, mas não precisa lembrar tudo, pois o autor refresca um pouco a nossa memória. Aqui, o contexto é outro. Para quem leu o livro anterior, sabe o quanto foi interessante saber da existência das Brigadas Fantasma, mas isso não foi muito discutido. O leitor sente falta de mais informações. E aqui podemos nos sentir contemplados! Outra coisa que não posso deixar de comentar é acerca dos personagens: se vocês, assim como eu, se sentiram destruídos ao saber sobre as Velharias (grupo de amigos do John Perry, personagem principal do livro anterior), nesse livro os personagens não são tão descartáveis e ficam conosco até o fim. Obrigado, Scalzi, por não me deixar na bad no meio do livro!

Nem só de pontos positivos se faz um livro. Um dos motivos para isso acontecer é: cadê John Perry? Sim, ele não aparece no livro! E, juro, esperava por ele em algum momento, mas (para nossa alegra) tem uma ponta solta que nos diz que ele voltará. Talvez, no próximo livro. 

As brigadas fantasma traz outra perspectiva do universo criado por Scalzi. Uma história bem mais amadurecida e complexa, se comparar com o primeiro livro. Tem menos ação? Sim, mas faz o leitor pensar e refletir muito acerca dos questionamentos abordados na trama. Fora isso, ele continua com a mesmas características do livro anterior: fluidez na narrativa e riqueza no universo. A dúvida é: cadê o próximo livro? Preciso matar a saudade de Perry pra ontem!

Editora Aleph | Classificação: 4/5 | Ofertas

Pernambucano, blogueiro e bailarino nas horas vagas. Para ficar mais próximos dos livros, escolheu ser revisor textual. Instagram/Twitter: @Jadsongomees

16 Comentários
Comentários

16 comentários

Write comentários
Ana Luz
AUTHOR
19 de janeiro de 2018 15:47 delete

Olá, tudo bem?

Confesso que não conheço nem o primeiro, menos ainda esse segundo volume, mas também que a premissa me deixou curiosa. Parece ser um livro muito interessante, e quem será esse John? Já fiquei curiosa. :D
Indicação anotada!

Beijo!

Reply
avatar
21 de janeiro de 2018 19:45 delete

Olá,
Sempre achei a premissa de Guerra do Velho interessante, mas acabei nunca lendo. Nem imaginava que tinha uma continuação. Sua resenha me deixou com a sensação de que nessa série acontece a mesma coisa que acnteceu comigo na série Silo, no segundo livro senti muita falta da protagonista do primeiro. E foi uma leitura tão maçante que acabei nem concluindo ainda.
Espero que você continue curtindo mais ainda a série com o livro seguinte.

Bjs,
Garotas de Papel

Reply
avatar
22 de janeiro de 2018 00:38 delete

Olá Jadson!!!
Eu vi o lançamento de "Guerra do Velho" e acompanhei inúmeras pessoas falando sobre o livro, porém para mim não me chamou a atenção e eu acabei deixando o livro de lado.
Eu não sei se é bom que a história não tenha tanto vínculo com a outra, ou ruim mas se você sentiu falta de um personagem é que se faz necessário logo do terceiro.
Apesar da história não me trazer tanta vontade de ler espero que a continuação saia logo e que o personagem Perry apareça ^^

lereliterario.blogspot.com

Reply
avatar
22 de janeiro de 2018 10:12 delete

Acho bacana esse tipo de lançamento, mata a saudade dos fãs leitores e de quebra mostra o crescimento do autor em sua escrita. Não é o nicho que tenho o hábito de ler mas fico feliz que tenha sido uma leitura agradável pra ti. Espero que Perry surja no próximo livro;

Reply
avatar
22 de janeiro de 2018 11:28 delete

É uma premissa muito interessante, Ana! Leia o primeiro livro e você vai se apaixonar! John é o protagonista do primeiro livro!

Reply
avatar
22 de janeiro de 2018 11:51 delete

Não conheço este livro ou o outro mas acho legal ter uma "continuação" já que mesmo não sendo a continuação mesmo, pode ser usado o mesmo cenário. Nunca pensei em ler uma história assim, apesar de sempre lermos os romances em Londres, por exemplo. E concordo com você. Como assim desaparecer um personagem?

Reply
avatar
22 de janeiro de 2018 13:31 delete

Não conhecia os livros, mas achei bem interessante o enredo, parece ser um universo impressionante esse criado por Scalzi, de difícil leitura pra mim, mesmo assim fascinante.

Beijos.
https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br

Reply
avatar
Ivi Campos
AUTHOR
22 de janeiro de 2018 14:27 delete

Só tenho lido e ouvido elogios para com o livro e apesar de não curtir muito esta pegada de ficção científica, fiquei bem interessada em ler os dois livros.
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

Reply
avatar
23 de janeiro de 2018 09:52 delete

Olá!
Pelo visto apesar do autor manter o ponto alto com uma leitura bem desenvolvida faltou o personagem que mais te agradou ne.
Eu sentiria falta também.
Gostei da proposta mesmo não sendo um gênero que leia com frequência.
Beijos!

Camila de Moraes.

Reply
avatar
24 de janeiro de 2018 16:00 delete

Olá Jadson, tudo bem?

Eu entendo perfeitamente quando você coloca que ele é a continuação, mas só no papel, porque na prática conseguimos ler qualquer um, na ordem em que quisermos. Isso acontece muito com os romances de época, em que cada livro vai retratar um membro da família. Eu vi algumas resenhas, mas infelizmente estes livros não fazem parte dos gêneros que costumo gostar e acompanhar.

Beijos
@blogodiariodoleitor

Reply
avatar
Brubs.
AUTHOR
24 de janeiro de 2018 21:33 delete

Aquele momento que vejo o quanto estou desinformada kkkk não conhecia o livro e não me interessei, muito dificil eu me interessar por livros desse genero. Mas sua resenha esta otima, alem de tudo noa passa sinceridade, contine assim

Bruna
http://www.divagandopalavras.com

Reply
avatar
25 de janeiro de 2018 00:10 delete

Oi Jadson, tudo bem?
Eu cheguei a colocar A Guerra do Velho no Kindle, mas ainda não o li. Eu fiquei meio com o pé atrás agora que você disse que ele é meio introdutório, fico pensando se não chega a ser parado demais. Em contrapartida, As Brigadas Fantasmas parece ótimo. Adoro histórias bem desenvolvidas e me alegra ser independente.

Reply
avatar
25 de janeiro de 2018 17:11 delete

Oi.
Ainda não li o primeiro livro do autor então confesso que fiquei um pouco perdida, mas esse livro parece conter vários elementos que eu gosto em um livro, entre eles transferência de consciência e criação de clones. Com certeza parece o tipo de livro que eu gostaria de ler.
Anotei a dica.
Beijos.

Reply
avatar
Dani Souza
AUTHOR
25 de janeiro de 2018 20:38 delete

Oi.

A capa desSe livro me lembra muito um filme, mas agora eu não consigo me lembrar qual. Mas enfim... já faz uum tempo que estou de olho nesse livro. Mas ate agora que não consegui comprá-lo. Tenho me aventurado mais por novos gêneros, e esse acabou entrando na minha lista de leituras. Agora só falta aparece uma oportunidade para lê-lo.

Reply
avatar
1 de fevereiro de 2018 16:47 delete

Olá ♥
Lembro de ter ligo algo sobre a Guerra do Velho em algum lugar e a premissa é um tanto interessante. Não conhecia esse segundo livro do autor e depois da sua resenha fiquei bastante curiosa para conhecer um pouco mais de suas histórias. A premissa desse livro está de encher os olhos. Parabéns pela resenha, Beijos!

Reply
avatar
Delmara Silva
AUTHOR
1 de fevereiro de 2018 21:23 delete

Oi,
tenho visto que esses livros estão bem em evidência, eu pelo menos sempre vejo nos blogs e igs que visito e mesmo assim não me vejo lendo nenhum dos dois. Na verdade este não é o tipo de história que eu costumo ler, curto muito mais romances comuns e de época, sabe? Só recentemente comecei a ler fantasia e nem são todas que me prendem e essa que tem uma pegada mais Sci-fi certamente não é do tipo que me agrada por isso não tenho pretensão de lê-los.

Abraços!
Nosso Mundo Literário

Reply
avatar