Resenha| Mistério em Chalk Hild

12:14 1 Comments A+ a-


Para os amantes dos bons mistérios, Susanne Goga não deixou nada a desejar. Mistério em Chalk Hill vem recheado de surpresas boas e cenas intrigantes. No livro, conheceremos Charlotte Pauly, que é uma professora que sai da sua cidade natal, em Berlim, depois de um pequeno escândalo que afeta a sua reputação. Charlotte é uma mulher que está a frente do seu tempo. Como professora, ela se muda para uma grande mansão nos arredores de Londres, onde conhece a família Clayworth, composta por Andrew e Emily, sua filha de 8 anos, a quem Miss Pauly ficou encarregada de ensinar tudo o que sabe.

O que Charlotte não esperava era que Emily fosse mais do que uma garotinha especial ou que a propriedade não fosse apenas uma casa na colina. Chalk Hill é uma propriedade que desperta reações diversas em diferentes pessoas, a casa tem um passado e seus habitantes evitam conversar sobre isso. Andrew Clayworth é um deputado viúvo que perdeu a mulher pouco tempo antes da chegada de Miss Pauly em um suposto afogamento no rio, que fica na propriedade, um assunto um tanto estranho quanto proibido. Ele não falava sobre a morte e era sempre hostil sobre o assunto e, por ordens dele, nenhum outro empregado da casa ousava contar à Charlotte o que aconteceu de fato com Lady Ellen Clayworth. A pequena Emily é uma garotinha atormentada por pesadelos e tem visões fantasmagóricas da mãe. E o segredo e o mistério que rondam essa morte esta prestes a ser revelado. 

A trama se desenvolve quando Andrew preocupado com a saúde mental da filha recorre a Society for Pychical Reserche para saber se Emily tem a capacidade real de ver espíritos. O enviado para fazer essa investigação e determinar o que está de fato acontecendo naquela mansão é o jovem e atraente jornalista Tom Ashdown. Ele é mais que um simples jornalista, ele é também a chance de Charlotte entender o que aconteceu de verdade com Lady Ellen e os segredos que envolvem a velha mansão na colina de Chalk Hill.

Se você é um fã de suspenses e romances de época, essa é uma historia que vai te prender e surpreender. O livro é baseado na obra de Henry James, “A volta do parafuso”, e traz em suas 421 páginas, sendo as duas últimas com fotos dos lugares que Tom visita em Londres durante a investigação, cenas sobrenaturais que são facilmente relacionadas a obra original de James. Contudo, Suzanne é mestra em detalhar pequenas coisas como os comportamentos dos personagens, dando importância aos mínimos detalhes e fazendo o leitor experimentar certas sensações durante a leitura.

Em alguns momentos, é possível se sentir na velha casa da colina. E, se você tem a imaginação tão fértil quanto a minha, é possível ver Lady Ellen nos pesadelos da pequena Emily. Não deixa nada a desejar as grandes produções sobrenaturais já publicadas por grandes escritores. Essa também é obra pode ser classificada de varias maneiras e, entre elas, como um romance de época.

Editora Jangada | Classificação: 5/5 | Ofertas
Créditos: Coisas de menina

Perfil do blog Porre de Livros. Se gosta de ler, você está no lugar certo. 

Acompanhe-nos em nossas redes sociais: 
Twitter: @_raypereira / Instagram: @PorreDeLivros / Facebook: Porre de Livros

1 Comentários
Comentários

1 comentários:

Write comentários
Alice Duarte
AUTHOR
12 de dezembro de 2017 22:11 delete

Oiii

Esse livro está na minha listinha e eu quase comprei ele na Black Friday, mas desisti na última hora, hoje já to fazendo as continhas pra quando vou comprar...haha. Eu sou louca por mistérios/ suspenses históricos. Acho que super combina e todos os que li me deixaram mais do que satisfeita. Quero muito conferir essa história.

Beijos

De repente, no último livro

Reply
avatar