Resenha| Ecos do espaço, de Megan Crewe

12:42 10 Comments A+ a-


Skylar tem 17 anos e, desde que se entende por gente, é perseguida por sensações – fugazes, porém intensas - de que algo está terrivelmente errado. Mas, apesar dos ataques de pânico que a atormentam, nada nunca acontece, e Sky já está começando a acreditar simplesmente que ela não é normal.

Sua vida sofre uma reviravolta quando ela conhece um rapaz misterioso e um tanto fora do comum chamado Win e descobre a chocante verdade que é a causa de suas premonições: somos todos cobaias, pois, há milhares de anos, a Terra está à mercê de cientistas alienígenas que não se importam nem um pouco com os seus habitantes e nos utilizam em seus experimentos de manipulação do tempo. Win é membro de uma facção rebelde que está tentando colocar um fim nisso e ele precisa da ajuda de Skylar - mas a cada alteração do passado, o próprio tecido do espaço-tempo se fraciona um pouco mais e logo poderá não restar nada do planeta Terra para se salvar...

“Meu planeta, Kemya. [...] temos vindo estudar a Terra. Ver como as pessoas aqui lidam com problemas.”

Ecos do Espaço é o primeiro livro da trilogia intergaláctica de Megan Crewe sobre alienígenas. Mas essa não é uma história como estamos acostumados a ver, que fala de invasão e guerra. Definitivamente não é. A trama é toda narrada pela própria Skylar, que desde pequena sente que há algo de errado com ela. A partir do momento que ela conhece Win, a garota descobre que não é consigo que algo está errado, e sim com o mundo; e para salvá-lo os dois começam a fazer viagens no tempo. Esse é o foco principal da obra. 

Apesar de ser uma jovem inteligente, Skylar demonstra ser insegura. Sua aptidão para as ciências exatas é impressionante, mas na hora de tomar decisões ela trava. Com o avançar da história percebemos que sua insegurança se dá pelo medo de ter algum problema, mas, quando ela descobre que suas sensações não são erradas, o medo ameniza e ao chegar no final da história, vemos uma Skylar evoluída, muito diferente do começo. E é importante ver o amadurecimento do personagem. Com certeza, esse foi um ponto bastante positivo no decorrer da leitura. Já o Win mostra-se ser exatamente como a autora o descreve: misterioso, observador, quieto e tímido. Ele não apresenta muita evolução dentro da trama, fazendo com que fique em segundo plano na obra. Lembrando que só o conhecemos através do olhar de Sky. Espero que no segundo volume possamos conhecê-lo melhor. Afinal, se ele é tão misterioso, tem algo escondido e que precisamos saber, não é?

“ [...] ele é bem bonito e tem um ar descolado e atual que me faz imaginá-lo dedilhando uma guitarra no palco de um café da moda.” 

A trama é bem construída e fácil de acompanhar, mas, apesar de ser uma história sobre alienígenas e viagens no tempo, ela não apresenta muita ação ou reviravoltas. Os vilões não convencem muito e quase nunca acontece um conflito entre eles e os personagens principais. Apesar disso, a obra toca em pontos que valem a pena a reflexão como a exploração de um povo e a ideia de encontrar outro planeta habitável para morar. Fica a dica para quem curte alienígenas e viagens no tempo!

| Editora Jangada | Classificação: 3/5 | Ofertas |
Créditos na foto

Perfil do blog Porre de Livros. Se gosta de ler, você está no lugar certo. 

Acompanhe-nos em nossas redes sociais: 
Twitter: @_raypereira / Instagram: @PorreDeLivros / Facebook: Porre de Livros

10 Comentários
Comentários

10 comentários

Write comentários
Alice Duarte
AUTHOR
5 de dezembro de 2017 23:51 delete

Oiieee

Que pena que a história tem falhas, acho a premissa toda super legal com esse cenário intergaláctivo, mas acho que livros assim a gente espera ação, reviravoltas e intrigas mirabolantes então é bem decepcionante quando não tem, ainda mais quando os viloes tampoco convencem. Acho que essa trilogia deixarei passar, de momento não acho que prenderia muito a minha atenção.

Beijos

aliceandthebooks.blogspot.com

Reply
avatar
6 de dezembro de 2017 08:18 delete

Não curto trilogia e afins, meu negócio é livros únicos, mas quando fala de alienígenas e com direito a viagem no tempo... quero mesmo ler.
Em relação aos personagens que não convencem, só lendo pra eu saber e eu me arriscaria, ainda mais pelas reflexões.
Adorei a sinceridade da resenha, parabéns.

Beijos.
https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

Reply
avatar
7 de dezembro de 2017 13:07 delete

Geeeente! Adorei a premissa do livro!
Sou bem fascinada por ficção científica e caramba! Gostei.
Isso de sermos experimentos de alienígenas foi bem incrível. O que será que vai acontecer com Skylar no final? Já quero ler.
Bj

Reply
avatar
Daiane
AUTHOR
7 de dezembro de 2017 13:44 delete

Viagem no tempo sempre me desperta interesse, apesar de que a premissa desse li não me chamou muito a atenção. Uma pena que a história peque em algumas situações, mas se há pontos positivos e reflexivos, já valeu a leitura.

Beijos!

Reply
avatar
8 de dezembro de 2017 20:06 delete

Oi, tudo bem?
Eu ainda não conhecia o livro, mas confesso que não me interessei. Não curto muito histórias com alienígenas e achei o enredo muito clichê: mocinha que sente que tem algo errado conhece mocinho misterioso e descobre um grande segredo que vai mudar a sua vida. Além disso, o fato de ser uma história sem muitas reviravoltas e com vilões que não convencem tirou qualquer interesse que eu teria em ler.
De qualquer forma, adorei a sinceridade e imparcialidade da sua resenha.
Beijos!

Reply
avatar
Ivi Campos
AUTHOR
9 de dezembro de 2017 08:49 delete

Faz um tempão que não leio nada com alienígenas e viagens no tempo e esse aqui me pareceu interessante, mas acho que talvez eu não goste da protagonista. Enfim, fiquei bem curiosa.
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

Reply
avatar
Dryh Meira
AUTHOR
9 de dezembro de 2017 18:34 delete

Oiee ^^
Eu ainda não conhecia esse livro, mas confesso que livros com alienígenas (ou filmes, ou séries) não me chamam muito a atenção, com exceção dos livros da série Irmandade de Copra, da Caroline Defanti, que eu adorei! Mas fico feliz em saber que não foi uma leitura de todo ruim, é legal ver os personagens amadurecendo, né? Ainda assim, eu não leria :/
MilkMilks ♥
http://shakedepalavras.blogspot.com.br

Reply
avatar
Carol Koplin
AUTHOR
10 de dezembro de 2017 11:40 delete

Oii!!
Enquanto lia sua resenha lembrei de algo muito louco: quando eu era criança criava umas ideias loucas na cabeça e uma delas era exatamente isso! To boquiaberta aqui! Eu vivia andando olhando em volta, imaginando que alienígenas nos observavam. Kkkkkk.... Minha mente era muuuito fértil!

Lembranças à parte, achei a proposta do livro interessante mas o desenrolar meio monótono, né? Tomara que o próximo livro tenha mais emoção. Ah, linda foto!

Beijinhos!
www.citacaonumclick.com.br

Reply
avatar
Delmara Silva
AUTHOR
11 de dezembro de 2017 10:20 delete

Oi,
não sou lá muito fã de tramas como esta mas admito que "Ecos do espaço" despertou bastante minha atenção, acho que poderia arriscar a leitura dele sem muitos problemas, quanto a questão dos vilões não convencerem e os poucos conflitos existentes, posso estar enganada mas geralmente atribuo isso ao fato de tratar-se de um livro introdutório, possivelmente isto será melhor trabalhado nos próximos volumes, né?

Abraços!
Nosso Mundo Literário

Reply
avatar
12 de dezembro de 2017 14:50 delete

Oi, tudo bem?

Ainda não conhecia esse livro, mas não consegui gostar muito do enredo e ficar interessada na obra. Apesar de parece ser uma boa leitura e ter certeza de que algumas pessoas irão gostar, vou passar a dica dessa vez.

Beijos.

Reply
avatar