Resenha| A poção secreta

13:50 0 Comments A+ a-

| Editora Jangada | Classificação: 3/5 | Ofertas |
Em A poção secreta, primeiro livro da trilogia O diário de uma garota alquimista, conhecemos Sam Kemi, uma aprendiz de alquimista. Há algum tempo - lê-se: muitos anos - , a família Kemi trabalhou diretamente para  família real. Ou seja, eles eram bastantes famosos, porém, agora, a realidade é outra. Hoje, a família da Sam é uma família "qualquer" que trabalha com materiais naturais, visto que as poções, nos dias de hoje, são feitas com materiais sintéticos, já que são mais baratos de achar.

Acidentalmente, a princesa do Reino de Nova toma uma poção do amor e se apaixona por si mesma. Por isso, a realeza convoca todos os alquimistas do reino para uma Caçada Selvagem - uma competição, onde somente 1 alquimista encontrará o antídoto da poção. Os Kemi foram convocados para a Caçada, e Sam aproveita a oportunidade para consertar a loja e trazer renome para sua família. Porém, isso não será tão fácil... A Caçada Selvagem será perigosa e cheia de desafios e trapaças, porém para Sam mostrar a todos que os Kemi são bons alquimistas, ela terá que enfrentá-los.

“Não há lugar para mim nessa fórmula. Sou um ingrediente de reposição, não a poção final.”

Começo dizendo que não sei se gostei do livro. O mundo criado pela Amy Alward é incrível e não deixa cair no clichê de era medieval, afinal ela introduz fantasia, magia, seres fantásticos, mas o que me incomodou foi o fato de inserir um romance entre Sam e um dos personagens, o Zain, na Caçada Selvagem, mesmo sabendo que tínhamos informação suficiente no livro. Ao meu ver, a competição era bem mais interessante que o romance, afinal era através da Caçada que víamos a Sam amadurecer. Outro detalhe que me incomodou foi que em alguns capítulos eram visto através da visão da princesa enfeitiçada, o que era totalmente irrelevante, visto que ela ficava, na maior parte do tempo, se olhando no espelhou ou desejando que o seu reflexo se torna real, palpável, físico. No fim, não acrescentava em nada a visão dela para a história...

O que gostei foram as personagens femininas, principalmente. A Sam e a Krisy são fortes, decididas e sempre estão prontas para enfrentar os desafios que a Caçada propõe. Então, vocês não verão aqui personagens femininas frágeis, até a vilã da história é poderosa e forte e esta disposta a tirar todos do caminho para conseguir o que quer. O mundo criado pela autora também é bem bacana, e amei a forma como a autora relacionou à alquimia ao mundo real, através das flores, etc. E detalhe, o que achei superinteressante, a história se passa  nos dias de hoje, onde há celulares, internet, TV, tornando a história mais próxima a nós.

Sem dúvidas, A poção secreta é uma história divertida e diferente do que estamos acostumados, mas falhou em alguns pontos, infelizmente. Apesar disso, não considero um livro ruim, acho que é aquele livro pra se ler sem esperar muito, mas que ganha o leitor pela capa, pelo mundo criado e pelas personagens femininas.

Créditos na foto

Perfil do blog Porre de Livros. Se gosta de ler, você está no lugar certo. 

Acompanhe-nos em nossas redes sociais: 
Twitter: @_raypereira / Instagram: @PorreDeLivros / Facebook: Porre de Livros

0 Comentários
Comentários