Resenha| Um instante de felicidade, de Frederico Moccia

18:31 0 Comments A+ a-

[ Editora Planeta | Classificação: 5/5 | Ofertas ]
O protagonista dessa história é Nicco, um italiano que está passando por um momento um tanto difícil em sua vida: a perda de seu pai. E se não bastasse, Alessia, sua namorada, decide terminar o relacionamento sem motivos aparentes. As coisas acontecem de forma inesperada, o que faz com que ele demonstre estar perdido com toda a situação. Claro que há outras situações ao seu redor que fazem com que as complicações pareçam ser maiores, assim como as responsabilidades diante de sua família. Um instante de felicidade irá apresentar o cotidiano desse jovem e suas incertezas, amizades e confusões.

Nicco é um jovem responsável, que durante as manhãs trabalha na banca da família, na verdade, ele ficou no lugar de seu pai após a sua morte, e à tarde trabalha na imobiliária dos Irmãos Bandini, além de estudar. Em casa, a situação também não era nada fácil: sua mãe ia ficando cada vez mais isolada e já apresentava um quadro depressivo, e suas duas irmãs pareciam fora de controle sem a presença do pai. Apesar da rotina pesada, ele consegue se divertir com o seu melhor amigo, Ciccio, um jovem que consegue tudo o que quer sem esforço algum e está sempre em busca de diversão.

Em boa parte da história ele relata o presente, mas por vezes traz seu passado à tona com pensamentos sobre a relação com o pai e o quanto sua presença faz falta em sua vida e também nos conta sobre seu relacionamento com sua ex-namorada. Isso nos proporciona entender melhor a sua complicada família.

Nicco tem duas irmãs: Fabíola e Valéria. Fabíola é a mais velha, casada e com um filho pequeno, ela anda com pensamentos em um homem do passado que não é seu marido. Valéria é jovem, cheia de princípios e com uma boa lábia, mas não tem muita sorte em seus relacionamentos e acaba envolvendo o irmão em seus problemas. Agora que Nicco é o "homem da casa" acaba se envolvendo nos problemas de suas irmãs mesmo sem querer.

Em uma saída entre amigos, Nicco e Ciccio conhecem duas lindas estrangeiras. É aí que Nicco conhece Ann, uma linda jovem que está passando uns dias em Roma. O encontro entre eles também foi de uma forma inesperada, mas a química foi tão grande que não houve nenhum tipo de estranhamento, mesmo com as dificuldades de comunicação, isso não foi empecilho para que eles iniciassem um romance.

O livro tem uma narrativa muito boa e divertida. O autor nos faz conhecer um pouco da cidade de Roma, dando detalhes dos lugares onde os personagens visitavam, dos restaurantes e baladas que frequentavam. É uma delícia! Além dos locais, o livro também traz algumas reflexões que valem a pena seguir, me fez ficar bastante pensativa e isso é bom.

"Você só fica bem assim quando não tem mil pensamentos, quando não se preocupa com nada, quando, sem um verdadeiro porquê, sente-se satisfeito e quando não tem nada para fazer depois. Então, respiro profundamente e sorrio. Olha, é um instante de felicidade. Mas chega logo um pensamento, basta um nada para que o momento passe. Não existe mais. Eu o perdi e já estou me perguntando quando o encontrarei novamente."

A leitura é leve, e mostra a história de um amor que ultrapassa barreiras, além do recomeço do personagem Nicco, que no comecinho do livro teve toda aquela reviravolta, mas conseguiu dar a volta por cima com seus próprios esforços, mas, claro, com a ajudinha de um amor. O autor conseguiu nos transportar toda essa sensibilidade sem deixar nada a desejar.

Perfil do blog Porre de Livros. Se gosta de ler, você está no lugar certo. 

Acompanhe-nos em nossas redes sociais: 
Twitter: @_raypereira / Instagram: @PorreDeLivros / Facebook: Porre de Livros

0 Comentários
Comentários