Porre de filmes| 'Corra!', dirigido por Jordan Peele, surpreende e é marcado por critica social

10:28 15 Comments A+ a-


Em Corra!, iremos acompanhar o fim de semana do casal formado por Chris (Daniel Kaluuya, de Black Mirror), um jovem afro-americano, e Rose Armitage (Allison Williams), uma moça branca e de família tradicional. Como a família de Rose lidaria ao vê-la namorando um negro? Esse era o receio de Chris. E Rose, tentando amenizar o “medo”, afirma que sua família não é racista. Porém, chegando lá, ele percebe um comportamento amoroso e hospitaleiro da família da namorada. Tal comportamento seria uma forma desajeitada de lidar com o fato de a filha branca e rica namorar um cara negro? Talvez. Mas, com o decorrer do final de semana, ele perceberá que há algo muito mais perturbador naquela família. Perturbador e mortal.

Corra! (Get out!) não é apenas um filme de suspense, mas um trillher angustiante que acertou em cheio no seu objetivo: falar sobre racismo e dar um tapa na cara da sociedade. E detalhe: acho meio impossível você sair da sessão e não se questionar acerca do que foi visto. Apesar de ter uma dose de terror e suspense, o filme ainda tem uma pitada de cenas surreais e humor inteligente que provoca aquele “risinho nervoso” de: (1) eu estou rindo, (2) mas é a mais pura verdade. 

E não podemos deixar de falar sobre o elenco. Para quem não conhece o Daniel Kaluuya, ele esteve em um dos episódios de Black Mirror. No longa, ele conseguiu nos passar a sensação de angustia e nervosismo na dose certa, deixando-nos ansiosos para o desfecho da história. E, além dele, a Allison Williams, atriz que interpretou a Rose, conhecida pela série Girls, também garantiu uma boa atuação e com direito a uma reviravolta surpreendente, apesar de esperada, pelo menos por mim. E, por último, mas não menos importante, o Lirel Howery, amigo de Chris, foi o "dono" das cenas e falas cômicas, ganhando destaque e arrancando boas risadas. 

O filme tem uma boa introdução à história e um bom desenvolvimento, mas o final é, digamos, apressado e, consequentemente, esperado. Porém, isso não diminui a obra como um todo, pois a crítica a sociedade racista está presente o tempo todo, seja diretamente ou indiretamente. Dirigido por Jordan Peele e sendo seu primeiro trabalho como diretor, o resultado foi surpreendente para uma filme de baixo orçamento e para sua estreia num gênero diferente do que ele está acostumado a dirigir. Também podemos perceber a mesclagem de gêneros (terror, suspense, e ficção científica), e isso é bem bacana e dá um plus à trama. Com certeza, uma das surpresas do ano. Com estreia marcada para 18 de maio, você não pode deixar de correr para o cinema – não pude deixar de fazer esse trocadilho sem graça.

Pernambucano, blogueiro e bailarino nas horas vagas. Para ficar mais próximos dos livros, escolheu ser revisor textual. Instagram/Twitter: @Jadsongomees

15 Comentários
Comentários

15 comentários

Write comentários
F
AUTHOR
8 de maio de 2017 10:43 delete

Ola
Deve ser angustiante mesmo, e eu estava curiosa para conferir uma resenha a respeito. Não tenho dúvidas de que deve mesmo ser uma história cheia de críticas. Gostei muito do trailer e espero poder conferir logo. Eu lembro do Daniel Kaluuya em Black Mirror mesmo.
Beijos, F

Reply
avatar
8 de maio de 2017 17:47 delete

Olá!
Este filme parece ser bem angustiante
Eu meio que corro de filmes de suspense e terror rsrs.fico mega agoniada
Mas fiquei super interessada em ver este,.
Curto muito o trailer parece ser realmente muito incrível

Reply
avatar
8 de maio de 2017 23:28 delete

Oi, tudo bem?
Gente, eu amei os episódios dele em Black Mirror! De verdade, amei MESMO.
Acho que não assistiria a obra pois tenho medo de filmes de terror (duh!), mas por trazer uma mensagem tão forte, me chamou a atenção e despertou minha curiosidade. Acredito que se der uma chance ao filme, seria durante o dia, com as luzes acesas ^^ hahaha

Reply
avatar
Luan Henrique
AUTHOR
9 de maio de 2017 10:02 delete

Oi, esse filme apresenta uma temática bastante interessante. Gostei que ele faz uma crítica a sociedade racista, um tema em evidência atualmente. Ansioso para ver o filme no cinema, espero gostar. Abraço!

Reply
avatar
Ivi Campos
AUTHOR
9 de maio de 2017 13:18 delete

Fiquei tensa com as suas considerações e com certeza é um filme muito legal. Quero assistir o mais rápido possível
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

Reply
avatar
Carol Mendes
AUTHOR
9 de maio de 2017 14:24 delete

Não conhecia o filme, mas se é um filme que dá tapa na cara da sociedade, com certeza já entra na minha lista!
Esses dias tava assistindo aquela série Dear white people que também aborda o racismo, então tô na vibe desse tema, ainda mais sabendo que é bem envolvente com suspense na medida certas!

Virando Amor

Reply
avatar
Nayara Borges
AUTHOR
10 de maio de 2017 10:24 delete

Olá!
Eu já tinha visto o trailer desse filme, mas sério, jurava que era um lançamento da Netflix e não do cinema, acho que vou passar a acreditar na minha mãe quando ela diz: "você está assistindo Netflix demais" hahaha. O que mais me chama atenção nesse filme é a questão do racismo em um filme de suspense. Eu achei muito original, porque não vemos muitas produções desse gênero que traga negros em papel principal, isso é um máximo. Eu com certeza vou tirar um tempo pra ir assistir, quero muito ver!
Beijos,
Nay
Traveling Between Pages

Reply
avatar
10 de maio de 2017 17:04 delete

Olá!! :)

Eu não conhecia este livro, nunca tinha ouvido falar nem me lembro de assistir ao trailer sequer... Mas ainda bem que gostaste!!

E ótimo quando o elenco nos agrada, assim como a mensagem e critica que contem! So e pena que o final seja assim apressado...

Boas leituras!! ;)
no-conforto-dos-livros.webnode.com

Reply
avatar
Felipe Cunha
AUTHOR
11 de maio de 2017 19:28 delete

Oi, tudo bom?
Já estou sabendo desse filme há algum tempo e estou com muita vontade de assistir. Adorei o trailer e a premissa é muito boa, carregada de críticas, pelo que já notei. Fora que anda recebendo ótimas críticas. Adorei seu post.
Até mais o/

Reply
avatar
Wesley Italo
AUTHOR
12 de maio de 2017 11:13 delete

Não conhecia o fulme, mas já percebo que o filme tem um enredo muito bom. Eu gosto bastante de ver e/ou ler coisas relacionadas ao racismo , algo que infelizmente ainda é tão presente em nossos dias. Adorei saber que o filme além de ser "um tapa cara da sociedade" (amo filmes assim ❤️) ainda mescla diversos gêneros cinematográficos. Certamente será um filme que gostarei de assistir. Beijos do Wes ^^

Reply
avatar
Carla
AUTHOR
13 de maio de 2017 13:48 delete

Oie!
Nossa, não conhecia esse filme!
Sério, fiquei bem curiosa para saber o que a familia esconde, e acho que vou ficar bem nervosa assistindo rsrs Eu costumo assistir filmes de ação e romance, então será bem diferente do que estou acostumado a assistir.
Bjks!
Histórias sem Fim

Reply
avatar
13 de maio de 2017 14:16 delete

oi, tudo bem? Não conhecia a obra, aliás nunca havia ouvido falar antes. A temática é extremamente interessante. Gosto de obras, filmes ou livros que abordem esse tipo de tema. Acho muito interessante e importante isso. Eu adorei o seu trocadilho, mas tem uma lista gigante de filmes pra ver esse ano, que tá difícil acrescentar qualquer outro. Mas a dica é realmente muito boa.

;D
Nelmaliana Oliveira

Reply
avatar
13 de maio de 2017 16:18 delete

Olá Jadson!
Ainda não conhecia esse título, mas que história fantástica é essa? Gostei muito das suas impressões e achei a crítica social fascinante. Também gostei muito do elenco.
Vou super anotar a dica e espero ter a oportunidade de assistir em breve.
Beijos

Reply
avatar
14 de maio de 2017 20:47 delete

Olá!
Eu cheguei a ver o trailer do filme e achei a ideia muito inteligente, mas eu sou muito medrosa pra qualquer pitada de suspense ou terror em filmes hahahah não pretendo assistir por causa disso, mas adorei ler suas impressões, muito bem escritas!!
Beijos,

Luana

Reply
avatar
Ramon
AUTHOR
21 de maio de 2017 20:51 delete

Parece ser legal o filme não conhecia mas vou procurar

Reply
avatar