Porre de Cinema| Em 'Z: A Cidade Perdida' mostra uma Amazônia bastante desconhecida

10:53 0 Comments A+ a-


Baseado num livro de David GrannZ - A cidade perdida se passa no século XX e é baseado na história real do explorador Percy Fawcett (Charlie Hunnam, de Rei Arthur). Ele viaja até a Amazônia em busca de evidências que comprove a existência de uma civilização avançada que habita a região. Apesar de conseguir algumas provas, Percy é ridicularizado perante a sociedade londrina e volta sempre para seu ponto inicial em busca mais e mais dessa civilização. Porém, sua determinação em se provar certo pode o levar para caminhos que ele não espera.

Esse longa é um daqueles que eu não esperava muita coisa, confesso, mas acontece que a trama é tão interessante que nem percebi as 2h30min passando. Cada vez que Percy e seu fiel escudeiro Henry Costin (Robert Pattinson, Crepúsculo) se propõe voltar para a floresta somos impulsionados para uma série de aventuras onde não sabemos qual será o final. Talvez, esse seja o segredo do longa prender tanto, tudo o que temos são questionamentos e medos acerca dos personagens.

A maior parte do filme se passa na floresta e a verdade é que o filme ficou devendo uma parte muito importante: a cultura local. Achei que os índios e povos das regiões da Amazônia foram mal retratados e a floresta em si ficou parecendo que não tem dono. Apesar da tentativa de situar o telespectador, para nós que vivemos no Brasil a conversa é outra, pois estão em nosso território. O fato é que o filme focou bastante na história do Percy e nas dificuldades em lidar com a sociedade "superior" de Londres e a falta de aceitação de que povos "não brancos" possam os superar em qualquer coisa mostra o ego frágil deles.

Charlie Hunnam, como  Percy Fawcett
Quero abrir um parênteses aqui para a atuação de Sienna Miller, que interpreta Nina, a esposa de Percy, inclusive a personagem é uma mulher extraordinária, muito à frente de seu tempo e superinteligente, apesar de todo o preconceito da sociedade. As atuações de Charlie Hunnam e Robert Pattinson são boas, em algumas cenas são muito boas, mas não vai além disso.

No geral, como não li o livro Z - A Cidade perdida, não posso falar até onde o roteiro foi fiel a história, mas posso dizer que é um filme que vale as horas de duração. No mínimo, você vai sair entendendo um pouco mais sobre descobrimentos e sobre como a Amazônia é muito além do que um monte de árvores para serem exploradas. Minha nota pro filme é 4 estrelas.

Jornalista, taurina, viciada em livros, filmes, seriado e em conhecer novos lugares. Adora estudar inglês e acha que essa deveria ter sido sua língua mãe.

0 Comentários
Comentários