Resenha| Ligações, de Rainbow Rowell

13:18 2 Comments A+ a-



Em Ligações, conheceremos a Georgie McCool. Ela é uma escritora de seriados de comédia, uma workaholic assumidíssima e mãe de 2 garotinhas. Além disso, ela também é uma daquelas pessoas que corre atrás dos seus sonhos e, mesmo que realizá-los, signifique ter paciência e esperar, desistir deles nunca é uma opção. Georgie é casada com Neal, e ambos sabem que o casamento não anda "muito bem das pernas". E isso fica evidente quando, de forma inesperada, Georgie recebe uma proposta irrecusável.

O grande problema é que para aceitar essa proposta, ela deixará de passar o Natal junto com sua família e, como já era esperado, o Neal ficou muito chateado  - ele sempre estava chateado com a Georgie, na realidade -, por isso ele resolve passar a festividade na casa de sua mãe e leva as suas filhas, deixando, assim, a Georgie sozinha e pensando que talvez seu casamento tenha acabado. Sem saber o que fazer e evitando a solidão, ela começa a passar seus dias, depois do trabalho, na casa de sua mãe e em um desses dias, ela encontra um telefone antigo e resolve usá-lo para ligar para Neal, seu ex/atual marido - ela não sabia ao certo. Ela consegue falar com Neal, mas com um Neal de 15 anos atrás, um cara que era o seu namorado. Será que as conversas, o contato com a pessoa que ela se apaixonou há 15 anos e as mudanças que serão percebidas com esse contato irão afetar o relacionamento deles no presente?

Esse livro é um romance com uma pitada de fantasia. E, para mim, esse é o diferencial do livro. Quando leio romances, sempre procuro algo que fuja desse mar de clichês que encontramos nas livrarias. Por isso, achei que o livro da Rainbow Rowell conseguisse isso. Talvez, ela tenha tentado trazer algo totalmente novo, mas, ao meu ver, não foi totalmente novo e nem superou minhas expectativas, mas preciso admitir que é um bom livro.

Pela premissa da história, acabei imaginando algo, mas o que encontrei foi uma personagem que em alguns momentos pensou em desistir de seus sonhos para agradar seu marido ou para dar um up no casamento, que já estava em crise. Foi preciso que o seu marido e as crianças viajassem para Georgie entender que o seu "trabalho" de mãe e esposa estava sendo deixado de lado sempre, inúmeras vezes, inclusive. E o Neal? Ele é um daqueles caras que não sabe o que quer fazer da vida e resolve ficar em casa, enquanto sua esposa trabalha. Achei isso bacana, mas pela escolha que fez, ele, no minimo, deveria entender que a Georgie precisava trabalhar naquela data do ano. Pelo fato de ela deixar sempre sua vida pessoal de lado, o leitor até tenta entender as atitudes de Neal, mas sumir e não atender ligações não é a melhor forma de resolver algo. Ele também poderia ter achado que a escolha de sua esposa tenha sido a gota d'água, mas ainda acho que tinha outras formas de demonstrar isso.

A pitada de fantasia é o que mantem o leitor até o fim da história. Os diálogos entre a Georgie e o Neal do passado são divertidos e espirituosos. E o que a autora conseguiu mostrar foi o seguinte: o Neal sempre - foca no sempre - arrumava um jeito de resolver as coisas, e a Georgie era um pouco acomodada. Também conseguimos ver o quanto um relacionamento muda no decorrer do tempo e o quanto é preciso sempre mostrar ao outro que você se importa e que está feliz com essa pessoa, independente da pressão do trabalho ou de sua própria pressão em ser uma boa mãe e esposa.

Ligações não ganhou 5 estrelas, mas me fez pensar muito que as coisas dão errado e querer mudar o passado ou pôr a culpa em alguém não vai resolver, para isso você precisará mudar o presente, o tempo em que vive e correr para não perder algo ou alguém. Apesar de qualquer coisa dita anteriormente, o livro da Rainbow Rowel é uma leitura que recomendo, pois é uma leitura divertida e com uma reflexão bem bacana.

Foto: Leitora encantada

Pernambucano, blogueiro e bailarino nas horas vagas. Para ficar mais próximos dos livros, escolheu ser revisor textual. Instagram/Twitter: @Jadsongomees

2 Comentários
Comentários

2 comentários

Write comentários
Helana Ohara
AUTHOR
27 de março de 2017 16:10 delete

Rainbow é maravilhosa, ela é muito semelhante a Cecelia Ahern em algumas histórias, escreve uns romances bonitos e sai um pouco do clichê.
Estou lendo Ligações e na metade dele já posso dizer que adorei a Georgie , achei ela tão forte ♥

Reply
avatar
29 de março de 2017 07:06 delete

Oi Jadson.

Eu já havia lido algumas resenhas sobre este livro , mas até o momento não tinha despertado interesse como foi agora lendo sua resenha. Tudo indica que é um romance que pode tirar aproveito porque os personagens não são monótonos. Vou adicionar na minha lista de desejados.

Bjos

Reply
avatar