Eu indico| Por que você precisa assistir 'Gilmore Girls'?

13:13 1 Comments A+ a-


Lorelai Gilmore fez algumas escolhas erradas em sua vida, mas tem feito o melhor que pode para educar a sua filha Rory e colocá-la na faculdade. Lorelai teve Rory com apenas dezesseis anos, e isso causou muitos problemas por causa do conservadorismo de seus pais, Richard e Emily Gilmore. Eles, então, decidiram que Lorelai teria de se casar com o pai de Rory e, devido a imensas discussões, Lorelai decide fugir de casa, emancipar-se e criar Rory sozinha. Sozinha e sem ter para onde ir, Lorelai encontra refúgio na pequena cidade de Stars Hollow, interior de Connecticut, onde o povoado é tudo, menos comum. 

Agora, com uma filha adolescente, Lorelai é gerente de uma pousada em Stars Hollow e sonha em ter sua própria pousada, sonho compartilhando com sua melhor amiga, Sookie. Além disso, Rory sonha em ser uma grande jornalista e estudar em Harvard, mas para isso ela precisará de uma pequena ajuda financeira. Por isso, sua mãe volta à casa de seus pais para tentar realizar o sonho da filha, mas os avós da menina só aceitam a proposta com uma condição: até o término do ensino médio, as duas terão que ir jantar com eles todas às sextas-feiras. E depois de 16 anos, Lorelai se aproxima dos pais, Rory conhece os avós e a partir daqui a história de Gilmore Girls começa com muito humor, muito drama e muitas referências à cultura pop.

Por que você precisa assistir Gilmore Girls (tradução: tal mãe, tal filha)?

1) Tem feminismo, sim!
Quer tomar uma xícara de café enquanto falamos sobre feminismo?
Antes que vocês possam ter dúvidas sobre a presença do discurso feminista na série, adiando o motivo de Rory ter o mesmo nome da mãe: "Ela conta que ainda estava deitada no hospital, pensando em como os homens dão seus nomes a seus filhos, e por que as mulheres não poderiam fazer o mesmo. Então ela diz que seu feminismo simplesmente assumiu o controle."

Porém, não é só nessa fala especifica que o discurso feminista aparece, temos o discurso presente em toda a construção da série, mesmo quando o assunto nem era citado ainda. Lorelai, a mãe de Rory, prefere ser uma mãe solteira e independente, mesmo sabendo que seus pais possuíam uma fortuna e, consequentemente, poderiam dar apoio tanto  ela quando a filha. Porém, a ajuda dos pais iria vir com algumas obrigações, como, por exemplo, o casamento indesejado, obrigações do gênero, como ser a mulher do lar, enquanto os negócios ficava responsáveis pelo homem. Outro fator que marca a presença desse discurso é a personagem principal não se contentar em ser gerente de uma pousada, mas querer ter a sua própria, querer ser a mulher de negócios da família.

Se enganou quem pensa que o discurso só permeia a relação de Rory com sua mãe Lorelai. Vemos na série, Lane, a melhor amiga de Rory, que tem uma vida dupla. Não se preocupem que ela não faz nada de errado, só esconde de sua mãe conservadora e super-hiper-mega religiosa o fato de querer ser baterista de uma banda de rock, além dos ensaios com os integrantes da banda. Outra personagem é a melhor amiga de Lorela, a Sookie. Ela cozinha, mas não para o marido, ela é chef de cozinha, é workaholic e extremamente perfeccionista. Aqui, você com certeza vai encontrar personagens femininas complexas moral, intelectual, emocional e psicologicamente.

2) Qual é  foco principal da série mesmo?

Temos uma mãe solteira, cuidando da filha adolescente. Pais conservadores. Vamos conhecer a vida das personagens principais e os relacionamentos amorosos durante 7 temporadas. Não, por favor. No decorrer de 7 temporadas, vamos conhecer a vida das duas garotas Gilmore, a complicada relação com os pais. Vamos, sim, ter um pouco de romance, mas teremos muitos dramas, muitos momentos maravilhosos e muitos diálogos regados à referência da cultura pop, política, artistas da época, livros. Definitivamente, vamos ser um(a) Gilmore! 

3) Personagens reais
Pode faltar tudo, menos café e livros
Mais reais, impossível. Em Gilmore Girls, vemos personagens reais. Vemos isso quando a Rory busca incansavelmente seu sonho, apesar de saber que vai ser difícil chegar lá, ou com Lorelai que não desiste de construir sua pousada. Aqui, vemos também a ótima relação de mãe e filha, sem esquecer de tudo nunca é perfeito e por vários motivos ~sem spoilers, sim~ acabam gerando conflitos. Outra coisa que é bastante, digamos, "palpável", são as fases da vida da Rory, que no inicio da série tem 16 anos. Conhecemos os namoradinhos e os dramas da vida adolescente, o primeiro beijo, o primeiro amor, a primeira relação sexual. No entanto, também vemos os dramas enfrentados por Lorelai, como, por exemplo, o receio da filha ter sua primeira relação, o medo de Rory se apegar a algum affair que não dará certo a longo prazo. Isso são só alguns assuntos citados, afinal são 7 ~maravilhosas~ temporadas e, consequentemente, vários assuntos abordados.

4) Sejam bem-vindos

É uma cidade fictícia? Sim. Porém, não parece. Vocês precisam saber que Star Hollow: 1) é uma cidade pequena; 2) lá, todos se conhecem, mas isso não deixa a cidade monótona de nenhuma maneira, muito pelo contrário; 3) tem vários eventos, como, por exemplo, o mais longo concurso de dança, festivais de inverno e verão, obras de artes sendo recriadas pelos moradores; 3) tem os mais inimagináveis empregos que o ~diferentão~ Kirk inventa para garantir uma grana; 4) tem reuniões com os moradores para decidir tudo e qualquer coisa; 5) tem moradores excêntricos e engraçados, fofoqueiros, chatos e tudo o que você imaginar. Inclusive, a série até cria como Stars Hollow foi fundada. Ou seja, poderia ser uma cidade no interior normal, como qualquer outra. 

5) E ainda tem revival!

E quando pensamos que tinha acabado na sétima temporada, veio a Netflix e fez um revival de 4 episódios. Detalhe: não esquecendo da essência dos personagem e nem do enredo da série. Não sabemos o que falar, só sentir.

Gilmore Girls trata de mãe e filhas companheiras e amigas, que moram em um lugar inusitado e têm uma jornada de sete anos numa série cheia de comédia, drama e referências pop. Assim como disse a revista Capitolina, você chora, ri, sente raiva e mais um turbilhão de emoções com as Gilmore e todo mundo que as cercam.

Pernambucano, blogueiro e bailarino nas horas vagas. Para ficar mais próximos dos livros, escolheu ser revisor textual. Instagram/Twitter: @Jadsongomees

1 Comentários
Comentários

1 comentários:

Write comentários
5 de fevereiro de 2017 11:54 delete

ADOREI os motivos. Comecei mês passado assistir e já finalizei as cinco temporadas! É um seriado incrível mesmo! Não me arrependo <3

Beijos, * Blog PS Amo Leitura *

Reply
avatar