Resenha| Mau começo (Desventuras em série #1), de Lemony Snicket

10:15 21 Comments A+ a-

Ficção, Ficção internacional | Editora Seguinte | Classificação: 5/5 | Ofertas
"Se vocês se interessam por história com um final feliz, é melhor ler algum outro livro." É assim que Lemony Snicket inicia a série de livros que falarão sobre a vida não tão feliz e bastante sofrida dos irmãos Baudelaire. Violet, Klaus e Sunny Baudelaire são crianças inteligentes, encantadoras e felizes, até receberem a notícia de que seus pais faleceram num terrível incêndio. A partir daí, a infelicidade deles havia começado. 

Os irmãos, que agora são órfãos, passaram a morar com um parente distante, tão distante que nunca nem chegaram a ouvir falar sobre ele: o conde Olaf. Sabe quando temos uma impressão acerca de alguém ou de algo, e essa impressão pode mudar ao longo do tempo? Pois, pronto, os irmãos Baudelaire e nós, leitores, não tivemos uma boa primeira impressão do Conde Olaf e parece que o tempo não ia mudar isso, pois o novo tutor das crianças, de fato, era uma pessoa horrível e tinha uma casa deprimente. 

"[...] as crianças sabiam, como tenho certeza de que vocês também sabem, que por pior que seja o ambiente a nossa volta, ele pode ser suportado, desde que as pessoas que nele se encontram sejam interessantes e gentis. O conde Olaf não era uma coisa nem outra."

E o pior: qual motivo de tanta maldade? É, não sabemos, só que ele não é uma pessoa tão boa assim. E antes que possam perguntar: mas porque ele aceitou a guarda das 3 crianças? Respondo a vocês: os irmãos Baudelaire tinham uma fortuna guardada que só poderia ser usada quando Violet completasse a maioridade ou quando ela casasse com alguém. Dessa forma, o Conde Olaf junto com sua gangue de artistas ~não tão artistas assim~ prepararam um plano para roubar a fortuna das crianças. E a pergunta que fica é: será que essa pessoa horrível conseguirá roubar a fortuna dos irmãos Baudelaire?

Mau começo é o primeiro livro de Desventuras em série. Muito provavelmente vocês já devem ter ouvido falar ou assistido ao filme, mas posso dizer que o livro tem um diferencial muito, mais muito bacana em relação a adaptação. Lemony Snicket tem uma escrita muito, mais muito irônica, fazendo com que a leitura seja divertida e rápida. O autor cria uma proximidade entre o narrador, a história e o leitor, e acho que esse é o principal diferencial do livro. 

Os irmãos Baudelaire são incríveis, cada um tem sua particularidade. A Violet é uma inventora, quando ela prende seus cabelos, já podemos nos preparar porque ela vai aprontar algo; Já o Klaus é um leitor voraz, o legal desse personagem é que ele fica dando significado de palavras conhecidas ou não tão conhecidas assim, ele nos representa, eu sei, me senti representado também. Afinal, quando crescer,  também quero poder ler todos os livros possíveis e imagináveis que ver em qualquer estante; E Sunny é a menor dos irmãos, a criança, ela ama morder, e parece bem inútil essa particularidade dela, mas isso vai salvá-los de algumas encrencas. E o conde Olaf? Ele é mal? Sim. Horrível? Também, mas ~porém, todavia~ eu amo vilões, por isso gosto do conde Olaf. Ele poderia ser um vilão ruim e sem muito QI, certo? Certo. Porém, sabe aquele vilão inteligente e cativante? Pois, pronto, digamos que o conde Olaf seja assim.

Esse primeiro livro é referente a praticamente toda a história do filme, lembrando que o filme ainda possui partes dos outros primeiros livros da série. Então, você pode pensar: eu já conheço a história. Sim, de fato, você a conhece, mas, só salientando, a escrita do Snicket vai dar um up à história que você já conhecia. Se nesse primeiro livro, a série já ganhou meu coração, não quero perder tempo para ler os próximos. 

Pernambucano, blogueiro e bailarino nas horas vagas. Para ficar mais próximos dos livros, escolheu ser revisor textual. Instagram/Twitter: @Jadsongomees

21 Comentários
Comentários

21 comentários

Write comentários
10 de janeiro de 2017 10:48 delete

Oi, Jadson! Eu sou apaixonada por essa série, já li muitas vezes mas infelizmente alguns livros faltaram e Mau Começo foi um desses. Eu queria entender melhor como que eles ficam nas mãos do Conde Olaf, e o incêndio etc. Claro que no decorrer da história a gente entende muito mais sobre o enredo, mas se você ler os outros você vai perceber que tudo fica mais confuso kkk espero que goste da série!
Beijo, Leitora Encantada

Reply
avatar
Cássia
AUTHOR
10 de janeiro de 2017 13:10 delete

Olhei o filme várias vezes na sessão da tarde hahaha

Mas sei que o livro certamente é mais rico em conteúdo, sempre é né?

Estou louca para a estreia da série na Netflix!

Blog aboutbooksandmore.blogspot.com.br

Reply
avatar
Heitor Botti
AUTHOR
11 de janeiro de 2017 13:49 delete

Olá!

Gosto as vezes de história sem finais felizes, acho que esse livro seria uma boa! Ainda não vi o filme e nem sabia que ele existia, provavelmente vou comprar Desventuras em Série quando tiver alguma promoção.

shakedepalavras.blogspot.com

Reply
avatar
Just Breathe
AUTHOR
11 de janeiro de 2017 23:44 delete

Já assisti ao filme, e adorei, mas não li os livros, todas as opiniões que leio sobre os eles são sempre positivas, e a sua não foi diferente, uma história divertida apesar de tudo, minha vontade de ler os livros só aumenta.
Parabéns pela resenha.
Beijos!!!

http://follow-and-breath.blogspot.com.br/

Reply
avatar
12 de janeiro de 2017 10:12 delete

Oi, Miriã. Nos outros livros a gente pode perceber que tem muito mais mistério do que diz no primeiro livro. Estou amando a série.

Reply
avatar
12 de janeiro de 2017 10:12 delete

Cássia, estamos assim também, por isso estamos lendo a série. :)

Reply
avatar
12 de janeiro de 2017 10:13 delete

Oi, Heitor, sério que você não conhecia? Nem tinha ouvido falar, pois super te recomendo essa leitura. Acho que você vai se divertir muito.

Reply
avatar
12 de janeiro de 2017 10:14 delete

Oi, leia, sim. E com certeza: é diversão na certa. A história é leve e engraçada, apesar das infelicidades dos personagens.

Reply
avatar
14 de janeiro de 2017 23:42 delete

Eu já conhecia o filme e os livros, mas só fiquei sabendo do que se tratava ontem hahaha. A história não me chamou muito a atenção, e por ter tantos livros é possível que eu não leia.
Mas aquele box do Submarino é tão lindo que enche os olhos hahaha. Beijos!

ourbravenewblog.weebly.com

Reply
avatar
15 de janeiro de 2017 17:10 delete

Oi Jadson, tudo bem?
Estou louca para ler essa série. Essa frase que você citou é muito peculiar. Nunca vi nenhum autor fazendo nada parecido. Como uma sonhadora, adoro finais felizes. Mas sou muito curiosa, o autor ao invés de me afastar me fez querer correr para ele. E os títulos dos livros??? Super diferentes. Estou encantada com ele. Realmente, já vi que os meninos irão passar por muitas dificuldades, mas acredito que eles juntos, unidos, irão vencer todas elas. Estou louca para me aventurar com eles. Adorei sua resenha!!!
beijinhos.
cila.
http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Michele Lopez
AUTHOR
16 de janeiro de 2017 09:10 delete

Olá,
Já assisti ao filme e tenho que dizer que gostei bastante. Mas discordo em dizer que eu já conheço a trama porque sempre o livro é bem mais completo que uma adaptação por mais que ela seja bem feita.
Espero que nos próximos volumes essa maldade seja explicada para que possamos entender melhor o personagem!
Fico feliz que tenha gostado e mal posso esperar para conferir suas impressões sobre os outros volumes.

http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

Reply
avatar
16 de janeiro de 2017 12:06 delete

Oi, que pena, mas a história é boa, esquece que é uma série e "se joga". hahaha

Reply
avatar
16 de janeiro de 2017 14:56 delete

Olá, tudo bem?

Eu comecei a acompanhar agora a série e acabei os dois primeiros episódios que tem base no primeiro livro. Eu simplesmente adorei, mas infelizmente não tenho dindim o suficiente para poder comprar todos os livros, rs.

Beijos

Reply
avatar
Nati Rabelo
AUTHOR
16 de janeiro de 2017 18:43 delete

Oi Jadson!
Acredita que nunca li nem assisti ao filme? Mas é uma história que desperta sim minha curiosidade, ainda mais pela forma que o autor parece conduzir o livro. Como provavelmente não vai dar pra comprar o livro por agora, vou tentar assistir o filme pelo menos rs.
Beijo

Reply
avatar
LiteraKaos
AUTHOR
17 de janeiro de 2017 00:53 delete

Acho que sou a unica ET que não conhece ou ouviu falar em desventura em série!
huahuahuahua
Sua resenha me ajudou a conhecer um pouquinho, mas vou pesquisar um pouco mais meso assim, só pra parar de ser estranha da turma! huahuahua

Ana
https://literakaos.wordpress.com/

Reply
avatar
Karla Samira
AUTHOR
17 de janeiro de 2017 10:50 delete

Olá! Bom que você já diz logo que o final não é feliz! Assim já lemos preparados para isso. Realmente, órfãos irem morar com um parente distante é muito complicado. Ainda mais quando se trata de um parente mal. Adoro quando o livro e o filme têm pontos em comum e outros diferentes! Se a leitura é irônica, divertida e, principalmente, rápida, tem chances de entrar para minha lista.
Beijos!
Karla Samira
http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Andressa Lima
AUTHOR
18 de janeiro de 2017 18:02 delete

Já ouvi falar bastante dos livros e já cheguei a ver trechos do filme. No entanto, Desventuras em Série não fez parte da minha infância ou adolescência, de modo que agora, depois dos 20, acho difícil criar empatia com a história.
Mas todo mundo está falando tanto, que confesso que vezes ou outra dá vontade de espiar o lançamento na Netflix rsrsr.
Andressa Lima do Blog da Also

Reply
avatar
24 de janeiro de 2017 10:21 delete

Vamos nos aventurar juntos, Vem, Cila! :)

Reply
avatar
24 de janeiro de 2017 10:23 delete

O universo é ótimo, e a história é bem divertida, acho que você vai gostar. :)

Reply
avatar
24 de janeiro de 2017 10:24 delete

Andressa, sinto informar, mas a empatia vai ter, sim, hahaha. É uma leitura bem gostosa e, independente da idade, o leitor se diverte. :)

Reply
avatar
26 de janeiro de 2017 21:16 delete

Oi, Jadson!
Realmente, ignorei muito a série literária justamente por ter visto a adaptação e, inclusive, não ter me envolvido tanto assim com o enredo ou sequer com os irmãos Baudelaire. É um enredo extenso e deve ser mesmo divertido e ágil acompanhar as desventuras deles para escaparem das armações do tio, mas não é uma trama que me chame a atenção para a leitura, ainda que esteja até curiosa com a série da Netflix agora. Mas, enfim, quem sabe um dia não mudo de ideia e resolvo ler? Por hora, parabéns pela resenha e espero que continue a gostar dos próximos volumes tanto quanto gostou deste primeiro!
Beijos!

♥ Sâmmy ♥
♥ SammySacional.blogspot.com.br/ ♥

Reply
avatar