Resenha Premiada| Sway, de Kat Spears

10:54 42 Comments A+ a-

Young Adult | Editora Globo Alt | Classificação: 5/5 | Ofertas
Créditos: Diário de Suki
Jesse Alderman é conhecido por todos como Sway (uma gíria americana para as pessoas que arrumam 'coisas' para as outras). Ele está em seu último ano do colegial e tem passado por uma série de infortúnios que o fizeram se fechar para o sentimentalismo, mas todo seu universo parece ser destruído quando Ken, um playboy do seu colégio, requisita seus serviços para conseguir sair com Bridget. Essa garota nada representa para Jesse, apenas mais uma forma de fazer um dinheiro, então ele aceita a tarefa e passa a espionar Bridget, mas nada poderia dar mais errado do que essa aproximação de Jesse. Durante sua espionagem, ele termina amigo de Bridget, uma garota doce que 'vai amá-lo, mesmo que ele não queira'. O problema é que Jesse não se acha digno de tal amor, e os seus conflitos e demônios pessoais vêm à tona com força suficiente para afastar Bridget de vez.

"A escola ficava de olho em mim - queria se certificar de que eu não era uma dessas bombas-relógio que apareceriam durante o almoço um dia com um sobretudo preto e uma arma para apagar alguns moleques populares."

Quero começar a resenha deste livro já pedindo para você ir até a livraria mais próxima e adquirir um exemplar de Sway. Tenho amado esses YAs que trazem temas polêmicos para o mainstream e que debatem sobre coisas que normalmente são apenas ignoradas e jogadas de lado. Porém, ao mesmo tempo, fico cansada de ter aqueles livros que nos fazem chorar horrores e nos deixam órfãos por meses a fio. A Kat Spears, a autora, mostrou que podemos refletir sem precisar morrer com isso. Em Sway, como já contei acima, conhecemos o Jesse, um personagem que perdeu a mãe recentemente por suicídio e seu pai está no caminho para se matar também, de tanto beber. Ele tem que lidar com a dor do luto, o descaso do seu pai e os anos infernais que o colegial representam. Ele está totalmente perdido e com as emoções todas mascaradas, e apesar de conhecer os segredos, desejos e anseios de todos ao seu redor, as pessoas muito mal o conhece.

"A verdadeira riqueza é medida em segredos, segredos dos outros e os meus próprios. Segredos são poder. [...] As pessoas não se importam em mentir, trapacear, roubar... desde que consigam algo que queiram ou precisam, sempre estão dispostos a justificar isso."

Em várias passagens do livro, Jesse descreve o quanto ele consegue ler as pessoas e quanto todas são previsíveis para ele, e apesar de achar isso fascinante, o leitor percebe o quanto isso cobra de Jesse, o quanto ele precisa se distanciar dos sentimentos para enxergar apenas as ações friamente. E é com toda essa frieza que ele encontra Bridget e seu irmão, Pete, e apesar de Jesse ter Joey, sua melhor amiga, são Bridget e Pete que começam a mostrá-lo que nem sempre sentir é algo ruim.

"Naquele breve toque, eu senti o frio do ar noturno em sua pele, sua maciez. Se Bridget fosse outra menina, eu teria tomado sua mão e a feito ter certeza de que a queria. Mas Bridget não era outra menina. Ela era a menina."

O livro todo é narrado por Jesse, e é ainda mais interessante por isso, porque sinto que as narrativas femininas às vezes exageram nos detalhes. A narrativa de Jesse é totalmente simplista e direta, ele vai contando mais ou menos como se tornou o Sway e aos poucos vai contando ao leitor os motivos de ele está tão 'ferrado'. À princípio, a narrativa pode parecer chata, porque a autora não se foca tanto no romance, ela se foca muito mais nos demônios do Jesse, mas, quando você pega o ritmo da leitura, ela vai com tudo e não dá mais para parar. O negativismo do personagem é algo que enreda o leitor de tal forma que temos a sensação de que que ele tem razão quando fala que não merece ser feliz, os sentimentos ficam a flor da pele durante toda a leitura.

"No mundo real a Bela não se apaixona pela fera e vive feliz para sempre. No mundo real, a fera transa com a Bela. A Fera quebra o coração da Bela. A Bela entra num comportamento autodestrutivo como dormir demais nas aulas da faculdade, aumentando assim o impacto emocional negativo provocado pela Fera. Era uma história triste."

Não falei muito da Bridget porque, de verdade, a achei uma mera coadjuvante nesta trama. Verdade seja dita, o amor que o Jesse sente por ela é lindo e puro, muito inocente, mas o irmão da Bridget pareceu, para mim, exercer um papel maior na recuperação do Jesse. Bridget foi a luz que começou a puxar o Jesse de sua zona de depressão, isso é verdade, mas o papel dela foi pequeno perante  tantos outros personagens. Mesmo assim, achei o romance entre o casal muito fofo e nada forçado, tudo aconteceu no momento certo e da forma certa, apesar de ter começado tudo errado.

"E mesmo que eu pensasse que nunca estaria com ela, desde que a tinha segurado em meus braços depois da nossa briga, eu sabia que nunca iria amar outra menina da forma como amava Bridget."

Durante a leitura, peguei alguns erros de revisão, mas nada que seja desesperador, a diagramação está muito boa com uma fonte legal para a leitura e em bom tamanho. O papel polinizado (amarelo), me ajudou muito a não parar de ler o livro durante a noite/madrugada.

Em conclusão, Sway é um livro Young Adult delícia de ler e que traz um assunto que precisa ser abordado com maior clareza. Adorei o livro e claro que classifiquei-o com 5 estrelas, mas não indico para aqueles que querem só mais um romance bobo e de suspirar. Sway é mais um drama com fundo de romance, mesmo assim não deixa de maravilhoso.

Participe do sorteio e tenha a chance de levar para casa o exemplar de Sway.

Jornalista, taurina, viciada em livros, filmes, seriado e em conhecer novos lugares. Adora estudar inglês e acha que essa deveria ter sido sua língua mãe.

42 Comentários
Comentários

42 comentários

Write comentários
9 de novembro de 2016 13:01 delete

Estou completamente apaixonada nessa capa! E só de saber que é YA, eu fico mais apaixonada ainda.

Beijos. | * Blog PS Amo Leitura *

Reply
avatar
Fabiana Oenning
AUTHOR
9 de novembro de 2016 13:07 delete

Olá.
Eu adorei sua resenha. Narrativas femininas são sempre ótimas, sempre cheia de detalhes. Talvez pelo foco no começo não ser o romance e sim os problemas de Jess, acho que torna a narrativa ainda melhor! Eu amo YA e romance, mas há coisas que são mais interessantes serem relatadas.

Já quero! Beijos.

Reply
avatar
9 de novembro de 2016 14:18 delete

Eu adoro YA!! Eu adoro esse tema tbm, meio dramático, suicídio, conflitos na adolescência. Confesso que os livros que me fazem chorar são os livros que eu carrego no coração a vida toda, se esse vai ser um deles, eu não sei, mas estou morrendo de vontade de ler, estou vendo muitas pessoas falando bem.
Achei legal ter um livro YA narrado somente pelo protagonista masculino, já que o romance não é tão afundado, não vejo necessidade de ficar sabendo muito da história pela visão de Bridget. Sobre os erros de revisão, eu tenho toc! Tem uns que não entendo como deixaram passar. Tem uns que não dá mesmo! Rs... tenho pavor! Quero muuuuuuito esse livrooooo socorrooooooo. Já vou add logo no meu skoob!! Bjuuuu!

Reply
avatar
9 de novembro de 2016 14:43 delete

Parece-me ser uma história que prende a atenção da gente. Gosto de enredos assim. Gostei da capa e torço por Jesse. Parabéns pela resenha.

Reply
avatar
Milena Soares
AUTHOR
9 de novembro de 2016 14:57 delete

Estou doida pra ler esse livro, curto muito um drama com fundo de romance, parece ser bem emocionante e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história que parece mesmo ser maravilhosa.

Reply
avatar
9 de novembro de 2016 16:33 delete

Oi! Amei a resenha e gosto de YAs, ainda mais sendo narrados por homens, coisa que quase nunca vemos por aqui. Conheci o livro ontem e já estou louca para conhecer Jesse. Acho muito legal quando o autor não aborda tanto o romance e sim o desenvolvimento de um dos personagens. Amei!
Leitora Encantada

Reply
avatar
Lana Silva
AUTHOR
9 de novembro de 2016 17:17 delete

Realmente sua resenha e encantadora, e claro o livro me pareceu ser incrível, e por isso me interessei por essa leitura. O personagem vai passar por altos e baixos, principalmente o luto, a forma como ele lida com essa situação me pareceu deixar a história envolvente e cativante, quero muito ler esse livro logo.

Reply
avatar
Mi Ferreira
AUTHOR
9 de novembro de 2016 17:44 delete

Louca para ler um romance YA mais intenso assim, que me tire um pouco da minha zona de conforto por romances doces e leves. A ideia da autora escrever o livro com narração do personagem masculino, também é algo que não costumo encontrar muito nesse estilo de livro YA, e é claro esse diferencial me deixou bastante curiosa para ler...além disso, a resenha me deixou com gostinho de quero mais *-* sem dúvida promete um livro com enredo muito interessante!!! Já vou add a minha lista de futuras leituras! Obrigada pela dica bjs

Reply
avatar
9 de novembro de 2016 18:50 delete

Olá!
Não conhecia o livro, mas já fiquei muito interessada. A premissa demonstra uma leitura inteligente e reflexiva. Espero ter a oportunidade de ler!
Sua resenha está muito bem elaborada. Obrigada.
Abraços.

Reply
avatar
9 de novembro de 2016 20:33 delete

Eu adorei sua resenha.Não conhecia o livro, mas já fiquei muito interessada. A temática do livro parece ser aquelas que prendem sua atenção

Reply
avatar
9 de novembro de 2016 21:15 delete

Gosto muito desse tipo de livro, mas tem uns que fazem a gente sofrer tanto né! Gostei desse por não parecer ter muito disso...
E o personagem parece ser tão cheio de problemas...também gostei de um foco maior nos demônios dele do que em romance. Muito romance me deixa até cansada nesse tipo de história. Acho bom quando pegam um tema forte e vão fazendo coisas com os personagens, que faça você pensar e refletir encima daquelas coisas, que faça você entender o que estão passando e coisas assim. Fica mais marcante. Mais real.
Acho que iria gostar desse livro.

Reply
avatar
10 de novembro de 2016 14:02 delete

Gostei da resenha. São considerações que te prendem desde o começo da narrativa. Espero poder ter a oportunidade de deliciar-me com a leitura da Obra.

Reply
avatar
12 de novembro de 2016 10:54 delete

Pela resenha o livro parece ser interessante e envolvente. Eu gostei de seu um drama narrado pelo personagem masculino e falar sobre um romance diferente, assim mostra o outro lado da moeda. Já estou louca para ler e sobre os erros eu relevo...Enfim amei a resenha mostra muito sobre o livro e nos faz querer ler correndo. Bjao!!

Reply
avatar
Unknown
AUTHOR
13 de novembro de 2016 22:22 delete

amei cara, esse livro me fez abrir a mente para varias coisas e com certeza vou guardar para sempre na minha mente já que li ele emprestado

Reply
avatar
14 de novembro de 2016 15:20 delete

Esse livro parece ser encantador e muito lindo.
Algo para a gente refletir sobre o mundo e sobre a vida.
Amei demais o enredo do livro e sua resenha.

Reply
avatar
May Souza
AUTHOR
14 de novembro de 2016 15:28 delete

Já tinha ouvido um burburinho a respeito desse livro, mas não sabia de que se tratava. Conheci um pouco mais depois da sua resenha, e parece uma história interessante. Me lembrou um pouco o livro Por lugares incríveis, achei o Jesse um pouco parecido com o Finch. Mas acho que tenho que ler pra saber se é mesmo. :*

Reply
avatar
ALINE ALMEIDA
AUTHOR
16 de novembro de 2016 12:05 delete

Adoro livros que abordam esse tipo de conflito..
Tinha visto uma e outra resenha negativas quanto a ele, mas sua resenha me despertou grande interesse, e agora quero ler para tirar minhas próprias impressões

Reply
avatar
16 de novembro de 2016 13:47 delete

Achei interessante essa aproximação dele fo que deveria ser seu "trabalho"... Qro muito ler

Reply
avatar
Aline Santos
AUTHOR
17 de novembro de 2016 12:48 delete

Olá!
Fazia tempo q qria ler uma resenha do livro, tô pra pegar ele á um tempinho, mas preferi esperar...
Adorei a resenha, o enredo parece ser bem bacana tbm, não tenho mais dúvidas!
Bjs!

Reply
avatar
17 de novembro de 2016 22:59 delete

Adoro livros que abordam esse tipo de conflito..
Tinha visto uma e outra resenha negativas quanto a ele, mas sua resenha me despertou grande interesse, e agora quero ler para tirar minhas próprias impressões

Reply
avatar
18 de novembro de 2016 11:08 delete

Sway ( não conhecia esta gíria)!! O livro parece conter uma estória intensa, Jesse carrega uma carga emocional negativa muito grande sobre si, achar que não merece a felicidade, se fechar para os sentimentos bons!! Ainda bem que ele conhece Bridget e seu irmão e passa a ver a vida, as coisas com outro olhar. Penso que este livro fará os leitores refletirem sobre o que de fato vale a pena na vida, e a amizade contribui muito para isto!!

Reply
avatar
18 de novembro de 2016 15:01 delete

Gosto muito de livros que falam sobre temas dolorosos e polêmicos e esse parece ser muito bom e emocionante!
Poxa, que vida difícil a do Jesse, e ter de lidar com o luto, é uma das piores provas que podemos passar na vida.
Fiquei muito curiosa sobre o que acontecerá como ele e se sera realmente feliz e poderá recomeçar completamente, deixando os "fantasmas" de lado.
bjoss

Reply
avatar
Sueli Cobbos
AUTHOR
18 de novembro de 2016 20:10 delete

Parece ser uma história triste, principalmente por que o personagem vai ter que lidar com luto, o que já é muito pesado. Mas ao mesmo tempo ele terá ajuda para superar a depressão e isso mostra o que uma boa amizade pode fazer. Quero muito ler.

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
18 de novembro de 2016 22:31 delete

Noooooossa esse livro parece deve ser MARAVILHOSO!! SOCORRO PRECIDO LER!!

-Fagner de Souza Usson

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
18 de novembro de 2016 22:35 delete

Parece uma história bem emocionante, triste, mas que envolve, já estou agoniado para ler esse livro, primeiramente por a capa chsmar minha atenção.

-Fagner de Souza Usson

Reply
avatar
Joao livros
AUTHOR
18 de novembro de 2016 22:43 delete

Gosto muito de livros que tem espionagem! É muito bom!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
19 de novembro de 2016 13:45 delete

Eu simplismente estou apaixonada pela resenha!(imagina pelo livro..)
Senti que essa não é mais uma daquelas historinhas bobas...é fascinante e parece que prende o leitor.
Já estou amando o Jesse e esse enredo todo. Espero muito ler essa história.
Boa sorte a todos.

-Mithalle Villas Boas

Reply
avatar
Mendhes Cello
AUTHOR
19 de novembro de 2016 16:18 delete

Adorei a resenha e através dela me despertou a vontade em conhecer essa obra. Parece ser uma leitura gostosa de se fazer. O tema de suícidio que o livro aborda é um assunto que me interessa muito.

Reply
avatar
19 de novembro de 2016 17:00 delete

Ai meu Deus! Sério, estou com essa imensa vontade à dias... de sair correndo pra uma livraria pra comprar esse livro HAHA.
Parece ser uma história super delicinha <3 amo esse gênero e tenho certeza que vou curtir demais essa leitura.
Sua resenha me deixou ainda mais curiosa. Mal vejo a hora de conhecer essa obra.
Esse drama e romance envolvidos torna o livro ainda mais interessante.
Beijos,
Caroline Garcia

Reply
avatar
Sofia Noronha
AUTHOR
20 de novembro de 2016 02:44 delete

Comecei a ler YAs esse mês com Um Caso Perdido e fiquei simplesmente encantada pelo gênero! Acabei já querendo não só continuação como também outros livros do gênero. Sway me parece ser uma ótima opção. Quero muito conhecer melhor sobre o Jesse e "viver" todos esses momentos com ele. Esta na minha lista de desejados e espero adquiri-lo ainda esse ano.
Realmente, livros com páginas amareladas facilitam muito a leitura.
Beijos!!

Reply
avatar
20 de novembro de 2016 17:52 delete

Não gosto de livros para jovens, mas até que esse tem uma trama interessante. Traz temas fortes, que nem sempre são abordados nem em livros de adultos: suicídio, alcoolismo, pessoas que não lidam bem com sentimentos.
E gostei dessa gíria Sway pois combina bem com o jeitinho brasileiro de ser

Reply
avatar
20 de novembro de 2016 19:06 delete

O que falar desse livroo ja quero conseguir um jeito dê lê-lo pois adoro quando o livro nos faz entrar no meio do conteúdo, romance, suspense, ação tudo em um só lugar ja queroooo

Reply
avatar
Carla Santos
AUTHOR
20 de novembro de 2016 21:13 delete

Boa noite
Amei sua resenha! Amo livros que abordam os problemas reais que não são mostrados em outros livros, parece ser um livro cativante e não te deixa parar de ler. SUPER ANCIOSA PRA PODER LER TÔ NA EXPECTATIVA

Reply
avatar
20 de novembro de 2016 21:41 delete

Super amei a capa do livro.
Já irei adicionar na minha lista, o conteúdo do livro chamou muito a minha atenção.

Reply
avatar
izabelly Fray
AUTHOR
21 de novembro de 2016 01:48 delete

Nossa adorei a resenha.
E a capa do livro😍
To louca pra ler ele

Reply
avatar
Unknown
AUTHOR
21 de novembro de 2016 10:20 delete

Nossa adorei demais!!!! Mal posso esperar pelo livro!! Espero ganhar, Quero muito esse livro pra mim❤ kkkkkk. Amei tudo! Não sei como consegui me apaixonar pelo livro sendo que só vi um pouquinho dele, kkkk, amei a capa😍
Parabéns Ray, tu parece ser uma escritora de mão cheia❤ Espero ler vários livros seus❤

Reply
avatar
Unknown
AUTHOR
21 de novembro de 2016 11:58 delete

adorei!!
uma leitura diferente de todos os livros que já li, tem o seu romance, seu drama e o jeito que tudo se desenrola deixa tudo mais emocionante e empolgante... e também retrata um pouco do que acontece na vida real (o lance de se fechar, ou sofrer devido coisas da família)
Se já amei o livro? SIM
Se quero devorar o mais rápido possível? SEM DÚVIDA

Reply
avatar
Luanna Gonçalves
AUTHOR
21 de novembro de 2016 22:03 delete

Esse YA ta na minha WishList a muito tempo!! Adorei a Resenha, e essa capa ta maravilhosa����

Reply
avatar
Ari Forte
AUTHOR
21 de novembro de 2016 22:38 delete Este comentário foi removido pelo autor.
avatar
Nicoli Lira
AUTHOR
21 de novembro de 2016 22:40 delete

Amei a resenha! Espetacular!! Adoro livros com romance e com drama, espero ganhar, estou super ansiosa. A capa, o nome do livro, o conteúdo visto pela resenha simplesmente surpreendente������

Reply
avatar
Ari Forte
AUTHOR
21 de novembro de 2016 22:41 delete

Meu deus, como eu amei a trama desse livro. Há tempos estou procurando um livro que não foque apenas no romance, 95% dos que eu li esse ano têm somente como foco o romance denso e marcado por cicatrizes. Tenho certeza que Sway vai me tirar do "mundo feliz dos romances superficiais" e trará uma nová perspectiva de um young adult dramático e contado na visão do homem (coisa que não é muito vista nos livros de hoje). Obrigada pela resenha a qual me deixou com mais vontade de ler este livro.

Reply
avatar
Sueme Pacheco
AUTHOR
27 de novembro de 2016 20:13 delete

A editora arrasa com os lançamentos. E com esse livro aconteceu o mesmo. Gostei da resenha. Amo demais romances e com drama é melhor ainda. Vou anotar sua dica.

Reply
avatar