Resenha: Achados e Perdidos, de Stephen King

12:43 47 Comments A+ a-

Suspense; Policial; Literatura Estrangeira | Editora Suma de Letras | Classificação 5/5 | Ofertas |
Créditos: Gaveta alternativa
1978. Morris Bellamy é obcecado pelo protagonista de uma trilogia chamada Jimmy Gold, escrita pelo consagrado autor John Rothstein. Desde que leu o terceiro e último livro da série, ele não aceita o final dado ao seu personagem preferido. Quando Morrie descobre que Rothstein ainda escreve em sua isolada casa no interior da cidade, ele passa a alimentar esperanças de que ele tenha "consertado" a vida de Jimmy e dado um novo rumo à vida do peronagem. E ele estava certo, não estava? Mas as coisas saem um pouco do controle, e mesmo de posse de todos os manuscritos de Rothstein, ele precisa se certificar de que não vai ser descoberto, então coloca os cadernos em um baú e os enterra numa trilha próxima a sua casa. Mas Morrie não ia ter tempo de ler o conteúdo dos cadernos, pois passaria os próximos 35 anos em uma prisão, tendo como objetivo, um dia, colocar as mãos naquele tesouro novamente.

"- Você não precisava matá-lo. Não devia ter matado. Não estava no plano. Por que você fez isso?  Porque ele me fez sentir burro. Porque xingou minha mãe, e só eu posso fazer isso. Porque me chamou de garoto. Porque precisava ser punido por transformar Jimmy Gold em um deles. E, principalmente, porque ninguém com esse tipo de talento tem o direito de escondê-lo do mundo."

1978. Uma Mercedes investe sobre um grupo de pessoas que formavam uma fila na feira anual de empregos. Tom Saubers é atingido e fica gravemente ferido, talvez tenha sequelas para o resto da vida.

2010. A família Saubers enfrenta uma grande dificuldade financeira e se vê obrigada a mudar para Northfield, para a mesma casa onde 32 anos atrás morou Morris Bellamy. Tom e Linda discutem diariamente sobre as condições da família e estão à beira do divórcio, o que deixa seus filhos, Peter e Tina, bastante preocupados. Certo dia, com o fim do inverno se aproximando e a neve derretendo, Peter encontra um baú enterrado numa trilha próxima a sua casa com bastante dinheiro e muitos cadernos. E, então, tudo muda.

2014. Morris Bellamy finalmente consegue a condicional. Agora, ele poderá ler os manuscritos que tanto sonhou. Ou não.

“Essas lágrimas, percebe Peter mesmo agora, principalmente agora, porque a vida deles está na balança, marcam o poder do faz de conta.”

É com enorme prazer e ansiedade que eu trago para vocês, hoje, a resenha de Achados e Perdidos, segundo livro da Trilogia Bill Hodges. Para quem não lembra/leu a resenha do primeiro livro, Mr. Mercedes, você pode encontrar/relembrar CLICANDO AQUI. Vocês sabem do meu amor por Stephen King, certo? Então, é claro que eu não poderia deixar de conferir a continuação da saga do ex-detetive Hodges. A propósito, o terceiro e último livro dessa trilogia, O Último Turno, já foi lançado pela Suma de Letras e logo mais teremos a resenha do desfecho dessa história surpreendente (já estou com saudades do Tio Bill).

Achados e Perdidos já começa dando ao leitor aquela sensação de estar de volta ao universo 'Kinguiano'. Se por um lado, Mr. Mercedes nos apresenta um assino implacável e muita carnificina, aqui temos um cara bem mais doente. Um fanático que está disposto a fazer qualquer coisa para ver o seu personagem favorito ter o final que ELE gostaria que tivesse. Cuidado King, eu me identifiquei muito com o Morris, ~rindo alto~. A história segue a linha do clássico Misery, também do autor, porém, aqui, não existe uma releitura de forma alguma. A Annie, de Misery,  é bem diferente do Morris, porém as duas histórias falam, como bem disse o Publishers Weekly, sobre a linha tênue que separa fãs de fanáticos.

"Essa merda não quer dizer merda nenhuma - Jhimmy Gold."

Ao contrário de Brady (o assassino do Mercedes), Morris não pensa muito antes de executar um plano, ele tem acessos de raiva, age por impulso e acaba cometendo vários erros. Vi alguns leitores reclamando que nesse livro a coisa demorou um pouco mais para engatar, mas eu achei que foi necessário para explicar a relação de todos os personagens, tanto do primeiro quanto desse segundo livro. E sabem do que mais? Estou até agora sem entender como ele consegue encaixar as coisas tão perfeitamente, sem deixar nenhuma pontinha solta. Definitivamente, a transição de uma história para a outra não deixou nada a desejar, e apostaria todos os meus livros que esse segundo volume vai se encaixar perfeitamente no terceiro da trilogia. Para quem acha que o Brady simplesmente desapareceu, ou já estava com saudades ~tipo eu~, informo que ele aparece rapidamente em algumas passagens, mas fica bem evidente que no próximo livro ele estará de volta e com tudo. ~Essa é a hora que pulo de alegria~.

A ligação dos personagens é bem explicada e muito interessante. Assim como em todos os livros de King, tudo tem um porquê e para quê. A narrativa feita em terceira pessoa, nesse caso, funciona, porque, mesmo sendo um narrador observador, conseguimos conhecer a fundo todos os sentimentos dos personagens, inclusive as aspirações do assassino (que é por quem eu mais me interesso). Chega um momento que você quase entende os motivos dele para fazer o que fez. Peter Saubers também foi um personagem muito bem explorado. Inteligente e racional, o menino conseguiu me arrancar tanto suspiros quanto palavrões no decorrer da leitura. A diagramação e a revisão estão de parabéns, como sempre, e a capa como vocês já devem ter percebido, faz referência aos benditos livros de Rothstein.

A história é dividida em quatro partes: 1) a primeira faz referência aos acontecimentos que vão interligar a vida dos personagens Morris e Peter; 2) a segunda traz de volta o nosso queridinho Bill Hodges e sua ajudante improvável Holly Gibney,  que tiveram uma mudança INCRÍVEL de Mr. Mercedes para cá, e o nosso "Tayrone Feelgood", o Jerome.  Agora, Bill leva uma vida saudável e tem um escritório de investigação junto com Holly. Jerome está na faculdade, mas sempre volta para visitar a família e os velhos amigos, e dar uma mãozinha quando eles precisam; 3) a terceira parte (e para mim a mais tensa) mostra como o Peter está encrencado e como ele vai TENTAR sair dessa com a ajuda, é claro, de ninguém menos que o trio parada dura e 4) a última parte conta um pouco do depois de tudo e de como ficou a vida de cada personagem ~que sobreviveu~.

Se você gostou de Misery - Louca Obsessão -, e/ou não sabe viver sem um livro de suspense ou policial, não pode deixar de ter essa trilogia na sua estante. King novamente nos faz imergir num mundo de terror e paranoia de tirar o fôlego. E se ao terminar essa leitura você achar que agora tudo faz sentido, lembre-se de que O Último Turno vem aí!

Pisciana, 2.6, humor de 60, dramática, apaixonada por livros e animais.

Instagram: @deebritoo

47 Comentários
Comentários

47 comentários

Write comentários
F
AUTHOR
28 de novembro de 2016 16:43 delete

Olá
Eu gosto muito do autor, e do genero, por isso pretendo fazer essa leitura sim. Na verdade, já preciso me adiantar e ler Mr. Mercedes. Achei interessante essa divisão das partes, o que, acredito, torna tudo mais compreensível. Fiquei bem curiosa quanto ao desenvolvimento. Adorei poder conferir suas impressões a respeito, o que me deixou ainda mais motivada.
Beijos, Fer
www.segredosemlivros.com

Reply
avatar
29 de novembro de 2016 00:10 delete

Eu tenho muita vontade de ler liros desse autor, li apenas O Iluminado há uns dez anos e nunca me esqueci da história, lembro de cada detalhe. mas eu confesso que tenho medo, não curto esse gênero e poucas obras me despertam interesse, mas os livros desse autor... todos me deixam super curiosa. Gostei muito de ver um pouco mais sobre a trama aqui na sua resenha e de poder conferir sua impressão sobre a obra.

Reply
avatar
Manoel Alves
AUTHOR
29 de novembro de 2016 01:01 delete

Olá
Pode me julgar rsrs, mas eu nunca li nada do King, e não foi por falta de oportunidade,,pois eu tenho Mísery em casa, só não achei que seria o momento certo ler agora kkk e faço só adir mais e mais. Eu conheço essa série nova e achei a proposta de Mr. Mercedes bem bacana, e esse segundo livro parece ser bem legal tanto quanto o primeiro. Eu sou fã em um suspense policial e isso o livro já ganha uma vantagem. Até mais ver
Bjs

Reply
avatar
Ivi Campos
AUTHOR
29 de novembro de 2016 07:54 delete

Não li muitos livros do King, mas todos que eu li, eu gostei bastante. Este livro aqui está na minha lista de leituras e espero apreciar também. O que desanima mesmo é ser uma trilogia, mas quero encarar mesmo assim!!!
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
29 de novembro de 2016 14:36 delete

Oi Fer!!! Que bom que você gostou! Se é fã do gênero vai adorar a leitura! Bjosss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
29 de novembro de 2016 14:37 delete

Oi Beatriz! Fique tranquila que essa trilogia (pelo menos até agora) não vai te fazer exceder a conta de luz kkkkkk O Iluminado? Você iniciou com o pé direito hein? Espero que você goste! Bjoss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
29 de novembro de 2016 14:39 delete

Oi Manoel! Estou aceitando doações viu? kkkkkkk E com relação a essa trilogia, se você curte suspense policial com certeza vai gostar! Bjosss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
29 de novembro de 2016 14:40 delete

Oi Ivi!!! Não desanima não mulher! Focoooo kkkk essa trilogia é maravilhosa. Bjosss

Reply
avatar
29 de novembro de 2016 15:45 delete

Eu vou falar uma coisa que você pode me xingar kkkk Acredita que não gosto do King. Nenhum livro dele que já tentei, olhe que tentei váriossssssssssss. Nenhum! Nenhum funciona para mim . Eu ainda não li esse, será que rola? Beijos

Reply
avatar
29 de novembro de 2016 18:57 delete

Olá!! :)

Eu não conhecia este livro mas quero ler um livro do autor faz um tempao!! :) ahah Ele e mesmo mutio elogiado e quero conhecer um pouco do género também!! :)

Bem, adoro que as ligações entre os personagens sejam assim tao boas e interessantes e que a divisão esteja bem feita também!! :)

Boas leituras!! ;)
no-conforto-dos-livros.webnode.com

Reply
avatar
30 de novembro de 2016 11:55 delete

Oie,
Esse ano li meu primeiro livro do King e simplesmente adorei!
Ainda não tive tempo de encaixar uma nova leitura dele no meu cronograma, mas 1027 promete muito king!
Já tinha lido várias resenhas sobre Mr Mercedes e quero ler o quanto antes! Gostei da resenha por não conter spoilers e me possibilitar a leitura sem nenhuma surpresa.
Beijos
Blog Relicário de Papel

Reply
avatar
1 de dezembro de 2016 00:58 delete

Olá Diana!
Sou fã dos livros do KING também, e só em saber que tem algo similar com Misery, já quero ler MUITO!
Beijos!
Blog Faces em Livros

Reply
avatar
1 de dezembro de 2016 13:27 delete

Olá!
Nunca li nada do autor e morro de vontade, então achei sensacional essa obra ser totalmente ligada a outras, além de ter personagens que são referências para nós. Eu adoro que todos os livros do King tem um porquê de serem daquela maneira e fiquei bem curiosa por esse também.
Beijos.

Reply
avatar
1 de dezembro de 2016 16:09 delete

Olá,

Eu amo os livros do King e só li Mr. Mercedes até o momento, mas fiquei super intrigada aqui com esse Morris, adorei o fato dele ter esses acessos de raiva e agir por impulso, sem dúvidas é uma característica muito diferenciada do outro assassino e é ótimo poder ver essas diferentes personalidades. Gostei muito das suas considerações da obra e quero para ontem esse livro.

Abraços,
Cá Entre Nós

Reply
avatar
2 de dezembro de 2016 11:10 delete

oie, parece realmente um livro cheio de ação e de suspense. confesso que quando vi resenhas do primeiro livro achei meio sem graça, mas vendo esse segundo dá vontade de ler. gostei de saber que o autor faz as coisas bem interligadas, isso é sempre maravilhoso.

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
2 de dezembro de 2016 11:11 delete

Meu Deussssss!!!! Para tuuuudoooo hahauhuahaua gente tô passadaaaa!!! Mas acontece né? Eu aceito mas não entendo kkkkk sou parcial demais pra entender isso. Tentar não custa né? Orando por você kkkkk Bjosssssss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
2 de dezembro de 2016 11:12 delete

Olha aí uma boa oportunidade! Essa trilogia é sensacional. Espero que você goste! Bjosssss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
2 de dezembro de 2016 11:13 delete

Oi Jes!!! Pois é, eu fico revoltada quando encontro spoilers, por isso tenho tanto cuidado em não solar nenhum :) Que bom que cê gostou do King... Espero que em 2017 minha vida literária tbm seja regada a ele <3 Espero que goste da leitura! Bjosssss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
2 de dezembro de 2016 11:14 delete

Oi Pri! Que legal, mais uma fã para se juntar a mim! Não deixa de ler, você vai amar! Bjossss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
2 de dezembro de 2016 11:15 delete

Espero que você curta essa trilogia porque sinceramente, ela é demais!!!! Bjossss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
2 de dezembro de 2016 11:15 delete

Oieee! Se você gostou do primeiro livro com certeza vai adorar o segundo! Boa leitura. Bjosssss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
2 de dezembro de 2016 11:18 delete

Oi Tamara!!! A história do primeiro e do segundo são um pouco interligadas então quem leu o primeiro vai sacar melhor algumas referências, mas acredito que possa ser lido separado sim. O problema é que o terceiro tem a ver com o primeiro... Porque não tenta a trilogia completa?? Cê vai gostar menina! Bjossss

Reply
avatar
2 de dezembro de 2016 14:20 delete

Oi!

Como amante do King, eu quero muito ler a continuação de Mrs. Mercedes. Mas os livros estão muito caros, então tenho que esperar uma promo boa para comprar. Adorei sua resenha, fiquei bem mais curiosa com o livro que só ganha elogios!

bjs!

Reply
avatar
2 de dezembro de 2016 20:10 delete

Olá Diana,
Estou louca para ler essa trilogia, mas, meu Deus, como estou pobre para comprar livros!
Fiquei mega curiosa para saber se o protagonista consegue voltar e ler os manuscritos e o que os manuscritos mostram. Essa divisão da obra parece ser perfeita - como tudo que o King faz.
Tenho Misery em casa e acho que vou dar uma chance a ele antes de comprar a trilogia, pois já quero.
Beijos,
Um Oceano de Histórias

Reply
avatar
Leandro Brito
AUTHOR
2 de dezembro de 2016 21:50 delete

Oi, tudo bem?
Ela há muito tempo, tem dois atores que sempre quis ler mais sempre retardava a leitura, uma era a escritora Agatha Christie e outro o King. Já consegui ler dois livros da Christie, eu simplesmente adorei os livros dela. Agora que fazer um esforço para ler alguma coisa do King e já sei por quais livros começa, ou seja, por essa trilogia. Adorei a história e esse segundo livro parece ser incrível, não deve ter sido atoa que você deu cinco estrela para eles. Eu fiquei curioso para ler a primeira resenha, vou lá conhecer. Ao mesmo tempo, fiquei curioso para saber os caminha do último livro. Obrigado pela dica. Achei incrível o livro. Já quero ler a trilogia.
Abraço!

meuniversolb.wixsite.com/meuniverso

Reply
avatar
Carla
AUTHOR
2 de dezembro de 2016 22:56 delete

Oie!
Acredita que não li nada do Stephen King?
Sério, até tenho alguns livros dele aqui em casa, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Na verdade, não tive coragem de ler rsrsrs
Vou anotar essa dica, com certeza, vou querer ler.
Bjks!
Histórias sem Fim

Reply
avatar
3 de dezembro de 2016 15:28 delete

Oi Diana!
Eu AMO livros de terror, suspense e policial - são os meus gêneros favoritos, mas por incrível que pareça, só li um único livro do Stephen King que foi "Carrie, A Estranha" e não gostei muito. Talvez porque eu já conhecia a história, por causa do filme.
Quando o primeiro livro dessa trilogia foi lançado, muitas pessoas estavam falando super bem dele e com os outros dois livros não foi diferente. No entanto, eu não fazia ideia do que se tratava...
Agora lendo a sua resenha, fiquei interessadíssima! Que leitor não gostaria de ver um final melhor para o personagem que tanto gosta, rsrs?
Adorei a sua resenha, parabéns!
Bjss

http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/2016/11/um-livro-ok-o-grande-gatsby.html

Reply
avatar
Criiiis ♥
AUTHOR
4 de dezembro de 2016 12:39 delete

Oiii!!
Nunca li nada do autor justamente por não gostar muito do tipo de livro que ele escreve. Pelo que eu vi, não se trata de um livro único e sim uma trilogia. Vou indicar para amigos que gostam do autor. Por mais que eu tenha achado interessante a história desse livro ser parecida com "Misery", não tenho muita coragem para ler.
Beijos

Reply
avatar
4 de dezembro de 2016 17:04 delete

Oi querida,
Se eu te disser que nunca li nada do autor. Sempre tive vontade, mas ficava com receio da escrita King. Dizem que ele sabe escrever um ótimo terror/suspense/mistério.

Esse livro já passou pelas minhas mãos mas nunca parei para ler, e nem para saber sobre o que se tratava.
Despois de ler a sua resenha, eu vou dar uma chance a leitura.

Beijoss, Enjoy Books

Reply
avatar
5 de dezembro de 2016 08:59 delete

Olá, tudo bom?
Eu, como a ignorante que sou, não sabia que King escrevia suspense policial/mistério. Para mim eram só livros de terror ><" rs Curti saber dessa série e estou simplesmente louca para conhecer essa série do autor e sua escrita. Curti essa abordagem do tema fã x fanático e fiquei curiosa para saber se esse fanático vai conseguir ler esses manuscritos. Enfim! Adorei sua resenha, sugestão mais que anotada!!

Beijos!!

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
5 de dezembro de 2016 10:00 delete

Oie Ane! Não teve promo dele na black?? :( poxaaaaaa, que pena! Espero que você resolva logo essa pendência, bjosssss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
5 de dezembro de 2016 10:04 delete

Oi Bruna! Misery *infelizmente* ainda não tenho, só vi o filme! Achei que ia ter promo da trilogia na black e os fãs (como nós) iríamos lavar a burra kkkkk mas o que importa é sempre ter um livro do King na manga né? Espero que você leia o quanto antes, já tô louca pra saber como termina. Bjossssss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
5 de dezembro de 2016 10:06 delete

Oi LEANDROOO! Que bom que você gostou da resenha, fico feliz de ter contribuído para mais um leitor se tornar fã (assim espero) do King! Bjossss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
5 de dezembro de 2016 10:07 delete

Oi Carla! Querendo ser uma boa menina no natal desse ano, te mando meu endereço inbox pois em se tratando do King estou sempre aceitando doações hauhauhauhaua Tá bom de criar coragem e ler, não vai se arrepender! Bjossss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
5 de dezembro de 2016 10:09 delete

Oi Carol! Pois é, quem não se identificar com o Morris que atire a primeira pedra kkkkkkkk Eu te aconselho a dar uma segunda chance ao King,não é a toa que ele carrega o título de pai do terror <3 Bjossss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
5 de dezembro de 2016 10:13 delete

Oi Crissss! Esse livro na verdade não segue a linha de terror fantástico do King, é mais um suspense! Cria coragem e sai da caverna molier! hahahaha Bjossss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
5 de dezembro de 2016 10:16 delete

Oi Alice, que bom que te fiz mudar de ideia! Quem sabe se você gostar desse que não é de terror, cria coragem pra ler um mais assustador? Bjosssss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
5 de dezembro de 2016 10:22 delete

Oi Polly! Molier, a maioria dos livros do King são terror sim!Não sei se é porque eu curto MUITO o gênero,mas é difícil eu ficar assustada com um livro mesmo sendo dele. Vou até ficar calada porque recebi um essa semana que dizem ser um dos mais assustadores dele kkkkkkkkk Obrigada, fico feliz em saber que "te converti". Bjosssss

Reply
avatar
Lilian Huzyk
AUTHOR
5 de dezembro de 2016 11:36 delete

Eu sei que o rei King é perfeito e seus livros são sempre incríveis, mas admito que não senti uma ligação com esse livro, parece que faltou alguma coisa que me fizesse ficar 'ohmy preciso ler!!' se é que me entende. Talvez seja a falta de uma sinopse mais impactante ou até mesmo a capa, mas não leria esse livro, por falta de interesse mesmo. Adorei sua resenha!

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
5 de dezembro de 2016 12:10 delete

Oi Lilian! Se você gosta dos livros do King eu te digo: Não deixe de ler esse livro! Talvez a capa e a sinopse não sejam essas coisas todas em comparação com outras, mas a história é sensacional! Bjossss

Reply
avatar
5 de dezembro de 2016 12:57 delete

Nunca li nada do King, mas ele parece ser um autor excelente pelos comentários que leio sobre. Tenho o primeiro livro dessa trilogia e não vejo a hora de ter oportunidade de lê-lo. Aliás, fico feliz que alguns personagens tenham sido realmente desenvolvidos de forma inteligente, o suspense no livro parece ser bem legal e instigante. Fiquei bastante curiosa.
Um abraço!

http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/
Participe dos SORTEIOS de Natal que estão rolando lá no blog!

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
5 de dezembro de 2016 13:38 delete

Oi Eduardaaaa! Eita, que legal!!!!! Espero que você curta a leitura! Depois quero saber o que vc achou hein? Bjossss

Reply
avatar
6 de dezembro de 2016 00:59 delete

Oi, Diana

Há muito tempo que não leio nada do King, o último livro que li foi Desespero, há mais de cinco anos, e pra te falar a verdade nem lembro direito da história. Eu não sei se é a falta de costume em ler livros do autor, mas acho o enredo dessa trilogia meio complexo com todos esses saltos temporais e essas divisões...
Mas esse mês eu já voltarei a ler livros dele, vou ler Cujo, vamos ver como vai ser essa reaproximação...aí dependendo de como for eu decido se vale a pena começar a trilogia! \o/

Beijo

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
6 de dezembro de 2016 10:05 delete

Oi Tamires!!! Também estou com o Cujo para ler <3 E sobre a trilogia, ao mesmo tempo que é complexa é muito bem explicada,não restam pontas soltas e não há dificuldades em entender, acho que vc iria gostar! Bjosssss

Reply
avatar
6 de dezembro de 2016 23:19 delete

Olá,

Possuo um enorme desejo de ler algo do autor, só que esse livro não me chamou a atenção, até li uma resenhas para saber mais sobre a história, mas não conseguiu me cativar. Acredito que os fãs do autor amaram, como nunca li nada dele, passo a dica, por agora!

Beijos,
entreoculoselivros.blogspot.com.br

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
7 de dezembro de 2016 00:11 delete

Oi Thay. Que pena! Torcendo para que você escolha algo do seu agrado. Se mudar de ideia me conta suas impressões,ok? Bjosssss

Reply
avatar
Dryh Meira
AUTHOR
7 de dezembro de 2016 20:40 delete

Oiee Diana ^^
É incrível como alguns autores conseguem explicar tudo direitinho e colocar um motivo por trás de tudo, né? Eu ainda não li nada do Stephen, mas, sinceramente, não tenho muita curiosidade....a verdade é que eu não gosto dos gêneros que ele escreve, então sempre dou uma fugidinha...haha' mas juro que um dia lerei algum livro dele, e espero gostar...e, quem sabe, me arrepender por não tê-lo feito antes *-*
MilkMilks ♥
Milkshake de Palavras

Reply
avatar