Top 5: Filmes protagonizados por animais

11:43 1 Comments A+ a-

Admita: você já chorou vendo algum filme ou lendo algum livro que fala sobre animais de estimação, ou até tentou disfarçar as lágrimas em alguma passagem triste ou emocionante. Não se preocupe, estamos todos no mesmo barco. Porém, aqui, podemos chorar à vontade, porque a lista de filmes que separei para vocês está de parar o coração. Para quem não sabe, dia 09 de setembro é dia do médico veterinário, e quem tem um bichinho de estimação sabe o quanto esses 'serumaninhos' são parte da família. Por isso, os veterinários também não poderiam deixar de fazer parte da nossa vida, afinal de contas é a eles que recorremos quando levamos algum susto dos nossos filhotes. Pensando nisso, hoje, o post é mais que especial para todos aqueles que, assim como eu, ama os animais. Tudo pronto? Pipoca e lencinhos? Vamos lá então...


1. CÃO VERMELHO (2011)
Red Dog é baseado na história real de um cachorro que cruzou a Austrália em busca de seu dono. Desde que seu segundo dono John Grant morreu, Tally Ho (o nome original do cão) passa a "pedir caronas" pelo deserto australiano em busca do seu dono. Conhecido e adorado pela comunidade, o cão vermelho toca o coração de quem o conhece, e comigo não foi diferente. Embora o filme tenha uma pegada engraçada e descontraída, também é bem emocionante. Queria compartilhar com vocês que eu chorei baldes. É lindo!

"Ele é um cachorro especial".
2. CAVALO DE GUERRA (2011)
Ted é um ex-herói de guerra, bebum, com problemas de saúde e financeiros, que luta para sobreviver com sua esposa Rose e seu filho Albert numa fazenda alugada. Quando compra um cavalo que não serve para arar as suas terras, Ted acredita que fez um péssimo negócio. O que ele não sabia era que seu filho estabeleceria com o animal uma conexão jamais imaginada. Batizado de Joey pelo jovem, os dois começam seus treinamentos e desenvolvem aptidões, mas a 1ª Guerra Mundial chega e a cavalaria britânica o leva embora. Nos campos de batalha, durante anos, Joey mostra toda a sua força e determinação, passando por diversas situações de perigo e donos diferentes, mas o destino reservava para ele um final surpreendente. O filme é baseado no livro para crianças de mesmo nome, do autor Michael Morpurgo. É um filme longo, mas é super envolvente. O diretor é Spielberg então vocês podem imaginar, não é? Filmaço! O mais triste é acabar o filme e não poder dar um abraço no Joey porque ele é simplesmente lindo.

"A guerra toma tudo de todos".
3. SEMPRE AO SEU LADO (2009)
Parker é um professor universitário que, voltando do trabalho, encontra na estação de trem um filhote de cachorro da raça akita. Sem ter coragem de deixá-lo na estação, ele o leva para casa mesmo sabendo que Cate, sua esposa, não ia gostar nada de ter um cachorro em casa. Aos poucos, Parker e até mesmo Cate se afeiçoam ao filhote, que tem o nome Hachi escrito na coleira, em japonês. Hachi cresce e passa a acompanhar Parker até a estação de trem todos os dias, e voltando ao local no horário em que ele está voltando. Até que um acontecimento muda sua vida para sempre. Acho que muitos já viram esse filme (eu particularmente não veria de novo), e o que mais assusta comove é que ele é baseado em fatos reais. O verdadeiro Hachikō morreu em 1935. Uma foto de sua estátua na estação de trem de Shibuya é a última imagem mostrada antes dos créditos finais. É um dos filmes mais lindos que já vi porque retrata mais do que lealdade, retrata o amor verdadeiro na sua forma mais pura. Filme pra fazer qualquer coração gelado virar piscininha!

4. BABE, O PORQUINHO ATRAPALHADO (1995)
Acho que esse filme fez parte da infância de todo mundo que nasceu nos anos 80 e 90, não é? Quem nunca viu Babe? E quem não se apaixonou por ele e pediu um porquinho para a mãe depois? Pois é. Babe conta a história da fazenda do Sr. Hoggett. Em como era um lugar quase perfeito, até nascer Babe, um leitãozinho lindo que pensa que é um cachorro.E acaba convencendo o fazendeiro, que o inscreve no Campeonato Nacional de Cães Pastores, com consequências imprevisíveis.É linda a relação que o dono da fazenda, super carrancudo, cria com o porquinho, e como ele é uma fofura com os outros animais da fazenda. Tem como não amar esse filme? Garanto que assistir agora vai ser muito mais proveitoso do que quando a gente era criança. O filme foi indicado ao Oscar em várias categorias, e acabou ganhando o de melhor efeitos visuais. Em 1998 teve a continuação: Babe na cidade, que não chega nem perto de ser bom quanto o primeiro filme.

Bá, Carneiro, Ovelha? Ok, pode entrar!
5, FREE WILLY (1993)
Tomando como exemplo Babe, o porquinho, eu repito aqui uma coisa: muitos filmes a gente vê quando criança e depois acha que é velho ou que é bobo. Quando assistimos novamente depois de alguns anos de maturidade, conseguimos perceber o quão profundo alguns filmes podem ser. Free Willy é um desses filmes que fala de um sentimento profundo entre uma baleia e um garoto, mas que também mostra que algumas crianças, na verdade, só precisam de uma chance, e isso a gente não entende quanto tem 8 anos, não é? Então. vale super a pena embarcar novamente nesse clássico.

Jesse é um menino que perdeu os pais muito cedo e morou em muitos orfanatos antes de passar a viver nas ruas. Ele e seu amigo Perry são flagrados pelo policial Dwight pixando um parque local, e apesar da situação, o agente simpatiza como garoto e o apresenta para Glen e Annie, que o adotarão. Parte da punição por sua pequena infração envolve limpar a sujeira que ele fez no parque e é lá que Jesse conhece Willy, uma orca que está sendo treinada para ser a atração especial do local. No entanto, Willy não responde bem ao adestramento. Ela foi roubada de sua família por um pescador mercenário e ainda está traumatizada. Jesse e Willy desenvolvem uma estreita ligação emocional. Só que o dono do parque não está satisfeito com o desempenho de Willy, e Jesse fará de tudo para salvar a sua amiga e devolvê-la ao oceano. Free Willy devido ao grande sucesso teve uma sequência: Free Willy 2 e 3, mas, como geralmente é de se esperar, o primeiro filme sempre é o queridinho.

Vai, Willy!!!!
Bom, gente, eu espero que vocês tenham curtido as dicas, e vale também algumas menções honrosas como Marley & eu, Beethoven, Lessie e tantos outros filmes que nos emocionaram. Parabéns para todos os doutores nossos de cada dia.

Pisciana, 2.6, humor de 60, dramática, apaixonada por livros e animais.

Instagram: @deebritoo

1 Comentários
Comentários

1 comentários:

Write comentários
Micaeli Alves
AUTHOR
9 de setembro de 2016 14:07 delete

Adorei a lista, dela eu só assisti dois.

Visite: http://carpediemmica.blogspot.com.br/

Reply
avatar