Resenha| Por lugares incríveis, da Jennifer Niven

15:32 31 Comments A+ a-

Young adult; Ficção internacional | Editora Seguinte | Título original: All the bright places | Classificação: 5/5 | Ofertas
Créditos à imagem: Sua estante
Em Por lugares incríveis, conhecemos Violet Markey. Ela tinha uma vida perfeita, até se envolver, junto com sua irmã mais velha, Eleanor, em um acidente de carro. Violet foi a única sobrevivente. Por isso, ela se sente culpada pelo o que aconteceu. Também conheceremos Theodore Finch, a aberração da escola. Pelo menos, é assim que todos o conhecem. Ele é aquela pessoa diferente, mas julgada por todos. Ele gosta de se sentir vivo, por isso, às vezes, ele sobe na torre do sino da escola e fica observando o mundo lá de cima, além de pesquisar métodos de suicídio e se perguntar se um dia conseguirá ir adiante com isso e, consequentemente, tirar sua própria vida. 

Na torre do sino da escola, Finch só está, mais uma vez, querendo se sentir vivo, enquanto Violet tenta tirar sua própria vida - apesar de todos acharem que ela só subiu para salvá-lo. O destino pode ser engraçado. E adivinha quem tenta fazer com que a garota mude de ideia? O Finch. E ele consegue - isso não é spoiler

Após o acontecido, cada um vai para o seu lado e eles descobrem que estão juntos na aula de Geografia. Como estão prestes a se formar, muitos sairão da cidade. O professor prevendo isso, propõe um trabalho em dupla: visitar pontos turísticos de Indiana. Finch não perde a chance de fazer isso ao lado da Violet. E ela não tem outra opção a não ser aceitar o convite dele. No decorrer das visitas aos pontos turísticos, Finch encontrará em Violet a confiança para ser ele mesmo, enquanto Violet passará a viver seus dias como se fossem os últimos. Juntos, eles nos mostrarão que suicídio não é para matar a vida, mas, sim, a dor. E nos ensinarão que calar não pode ser uma opção. 

“Aprendi que existem coisas boas no mundo se você procurar por elas. Aprendi que nem todo mundo é uma decepção, inclusive eu mesmo. E que [...] 383 metros de altura pode parecer mais alto do que uma torre de sino se você estiver ao lado da pessoa certa.”

Sinceramente, não sei como começar a falar desse livro. Só posso dizer que ele é tocante, muito bom e, o melhor, ou pior, depende do ponto de vista, ele é real. Aqui, a Jennifer Niven não vai fazer você ler/ver/imaginar que tudo é perfeito. Ela vai te mostrar como é se sentir daquele jeito. Como é ser daquele jeito. E o melhor, vai te mostrar o quanto somos frágeis e sensíveis. Mas, no fim, fará você ter vontade de viver a vida ao máximo, além de nos mostrar a importância de fazer com que o outro se sinta amado. Esse livro pode parecer só mais um livro qualquer sendo resenhado por nós, mas não. Aqui, contém um pouco dos problemas enfrentados pela autora ao perder seu bisavô e o garoto que ela gostava. E não é perder naturalmente, mas perdê-los para o suicídio. 

Com os capítulos alternados entre a visão de Finch e Violet, Por lugares incríveis vai mexer com o leitor E não é pouco. Você se sente numa montanha russa de emoções e não sabe onde vai parar, mas só deseja que isso acabe logo e que tudo fique bem. Com o Finch, eu me senti angustiado com as mudanças de humor dele, com as fugas, com a confusão. E, por um momento, eu só desejei que ele ficassem bem. Já a Violet precisava superar a falta da irmã e com isso, talvez, a vontade de viver voltaria a fazer parte da vida dela. A autora conseguiu mostrar isso de uma maneira única e ela consegue nos fazer viajar por Indiana. Uma dica: durante a leitura, tentem ver imagens dos locais visitados. Isso pode enriquecer muito mais a experiência com o livro.

Apesar de parecer um romance, o foco do livro não é esse. Esse livro é um aviso. Um aviso de que alguém próximo a você pode precisar de ajuda. E o assunto foco é tratado de uma forma sensível, mas não chocante; triste, mas não de uma forma fantasiosa. Aqui, a realidade prevalece e mostra ao leitor a importância de alguém na nossa vida e choque de perdê-la para o suicídio. Então, por favor, leiam esse livro. Compartilhem. Essa leitura precisa ser disseminada, talvez, assim, problemas como o de Finch poderão ser entendidos como verdadeiros problemas e não como "carência", "falta de atenção" ou qualquer outra coisa. 

"Conheço a vida bem o suficiente para saber que não podemos acreditar que as coisas vão ser sempre iguais, não importa o quanto a gente queira. Não podemos impedir que as pessoas morram. Não podemos impedi-las de ir embora. Não podemos impedir nós mesmos de ir embora."


Conheça o projeto Setembro Amarelo, uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio.

Pernambucano, blogueiro e bailarino nas horas vagas. Para ficar mais próximos dos livros, escolheu ser revisor textual. Instagram/Twitter: @Jadsongomees

31 Comentários
Comentários

31 comentários

Write comentários
5 de setembro de 2016 17:40 delete

Oi, Jadson.
Por lugares incríveis já está na minha lista desde que soube sobre seu enredo, sempre gostei de livros que abordam temas complicados e diferentes, que nos fazem refletir melhor sobre nossa vida e como a levamos. Eu sei que vou me encantar com a narrativa, os personagens e a veracidade dos fatos narrados ali. Não vejo a hora de começar!
Beijo, http://leitoraencantada.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Manoel Alves
AUTHOR
5 de setembro de 2016 18:23 delete

OLÁ
Eu já vi milhares de resenha sobre esse livro, e sempre são bem positivas. Acho o enredo bem legal e sem dúvidase eu iria adorar, assim como você também adorou. Gosto quando os livros trás temas nesse estilo, espero poder ler o livro em breve, ele está nos meus desejados. Até mais vê
Abçs

Reply
avatar
- fecprates
AUTHOR
5 de setembro de 2016 18:42 delete

Olá
Eu gosto muito desse livro e para mim foi uma leitura bem especial. Concordo plenamente com você sobre o foco da trama, e tudo é bem sensível mesmo. E ter os capítulos alternados não poderia ser melhor. Seus comentários ficaram ótimos!
Beijos, Fer
www.segredosemlivros.com

Reply
avatar
Ivi Campos
AUTHOR
6 de setembro de 2016 08:28 delete

Este foi um dos melhores livros que eu li ano passado e ainda penso no Finch com o coração dolorido. Que livro!!! NO bate papo que a autora fez com os parceiros na Cia das Letras, ela falou sobre não romantizar a depressão, mas jamais deixar de dar atenção para isso e acredito que esta seja a mensagem do livro. Caramba, a mãe do Finch era muito relapsa!!!
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

Reply
avatar
Grazi Moraes
AUTHOR
6 de setembro de 2016 10:29 delete

Olá more...
Conheci esse livro através de uma amigo que adorooo e já fiquei curiosa pela leitura...
Sua resenha só complementou essa vontade!
Adorei seu post, muito informativa e inteligente!

Beijokas!
www.facesdeumacapa.com.br

Reply
avatar
6 de setembro de 2016 10:50 delete

Eu gostei desse livro, mas sabe quando não é um dos preferidos? Então. Vejo tanta gente soltando elogios e mais elogios para ele, até mesmo favoritando, e eu não consigo entender porque não tive esse enorme conexão com o mesmo. :( Gostei da resenha e concordo que o livro vai além do romance, é um aviso sobre a pessoa próxima a ti.

Beijos. | * Blog PS Amo Leitura *

Reply
avatar
6 de setembro de 2016 11:05 delete

Oie, o tema do livro é realmente muito importante e serve de alerta, pois adolescentes também pensam e cometem suicídio. achei bacana a autora ter inserido o conhecimento desses pontos turísticos e o apoio entre os dois personagens. Parece um livro marcante, daqueles que mexem conosco. Espero poder ler.

Reply
avatar
6 de setembro de 2016 11:58 delete

Olá
Estou louca para ler esse livro só Tenho visto elogios referentes a ele. A história em si parece ter uma carga emocional muito densa e eu amo histórias assim, gosto de saber que a autora quis nos mostrar de certo modo a realidade de alguém. Fiquei feliz em saber que a narrativa e feita pelo ponto de vista dos dois personagens, amo narração assim.Parabéns pela resenha ta super bem explicada e atissando a curiosidade do leitor.

Reply
avatar
Michele Lopez
AUTHOR
6 de setembro de 2016 15:11 delete

Olá,
Achei a premissa do livro super interessante e como os personagens se conhecem extremamente inovador.
Fico curiosa para saber quais serão as emoções que sentirei lendo tal obra, que mostra que nem tudo é perfeito, que há dores que fazem ser possível alguém querer tirar a própria vida!
Tenho visto vários elogios sobre o livro e isso aguça minha curiosidade.

http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Carla
AUTHOR
6 de setembro de 2016 20:59 delete

Oie!
Eu já li esse livro e achei a história tocante, daquelas que não consegui mais parar de ler. E a autora é super simpatica, eu a conheci na Bienal e adorei essa autora. E a história é real, tocante. Um livro cruel, ao mesmo tempo lindo.
Bjks!
Histórias sem Fim

Reply
avatar
Camila Coelho
AUTHOR
6 de setembro de 2016 21:01 delete

Oi, tudo bom!? Puxa eu não sabia que o tema abordado nesse livro é o suicídio e achei o enredo bem interessante e instigou minha vontade de ler. Eu sei como é se sentir assim...a vontade de acabar com a dor...Acho que esse livro vai me fazer muito bem e preciso ler ele logo.
Bj

Reply
avatar
7 de setembro de 2016 00:44 delete

Oi, eu sempre ouço falar nesse livro, mas ainda não tinha parado pra ler nenhuma resenha sobre ele, por isso não sabia que ele tratava de suicidio, então se eu já queria ler, agora é que eu quero mais ainda. Pois acho essa uma temática muito interessante e que vale a pena ser debatida.
Beijos

Reply
avatar
7 de setembro de 2016 10:29 delete

Oi!
Já tem um tempo que li esse livro, mas me lembro certinho do quanto me emocionei com ele. Eu já fui o Finch e isso é algo que me marcou muito enquanto eu lia. Não é um simples romance ou um simples young adult. É muito mais que isso. Fico feliz que tenha lido e gostado. :)

bj

Reply
avatar
7 de setembro de 2016 15:06 delete

Só de ler sua resenha já senti a carga emocional que o livro trás. Fiquei surpresa Finch salvar a vida dela impedindo que ela cometa suicídio. Achei incrível a mensagem que a autora quis passar e meu coração até se apertou ao ler que ela perdeu o bisavô e o garoto que ela gosta para o suicídio. Sem dúvidas esse é um dos livros que todos deveriam ler e já quero começar a leitura!
http://www.virandoamor.com/

Reply
avatar
7 de setembro de 2016 15:07 delete

Olá Jadson,
Já comecei a ler esse livro, mas não consegui. A leitura estava bem lenta e nada fluída e eu decidi parar do que forçar a leitura. Claro que quero ler o livro, pois sei que a história parece ser muito boa.
Fico contente por saber que você gostou e que indica o livro para as pessoas. Eu acho que ele é bem real e precisa ser lido para que possamos aprender muito.
Vou tentar incluir nas próximas leituras, acho que vou gostar.
Beijos,
Um Oceano de Histórias

Reply
avatar
7 de setembro de 2016 20:41 delete

Oi!
Esse livro é arrebatador! A trama realmente tem uma carga emocional bem grande e traz mensagens muito importantes que fazem a leitura ser ainda mais significativa.
Adorei a sua resenha.
Beijos!

Reply
avatar
8 de setembro de 2016 18:21 delete

Oi Jadson!
Lembro que quando lançou esse livro, todo mundo estava falando super bem dele, porém nunca tinha me interessado para pegar e ler. Pra você ver, nem sabia muito bem do que se tratava...
Agora lendo a sua resenha, fiquei encantada com ele, pois faz muito meu estilo e adoro livros que tratam desses assuntos. Já coloquei na minha lista para comprar.
Adorei a resenha, parabéns!
Bjss

http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Amanda
AUTHOR
8 de setembro de 2016 20:15 delete

Oi Jadson, tudo bem?
Esse é um dos livros que eu mais quero ler, ele está na minha wishlist faz um bom tempo e desde então estou esperando por uma oportunidade de adquirir meu exemplar.
Antes de ler a sua resenha, eu já sabia que a história teria como protagonistas personagens que pensam em suicídio, mas pensava que o enfoque maior seria no romance entre eles e não no suicídio em si, e lendo a sua resenha percebi que tinha uma ideia errada da história. No entanto, isso não diminuiu nem um pouco minha vontade de conhecer a obra, ainda mais porque a autora teve contato com pessoas especiais para ela que cometeram suicídio e acho que foi um ato corajoso da parte dela usar esse tema tão delicado no seu livro.
Adorei a sua resenha!

Beijos! ♥

Reply
avatar
Livreando
AUTHOR
9 de setembro de 2016 15:31 delete

Esse livro é um daqueles que a gente não sabe se encara logo o que está por mim e ou se prolonga mais um pouco um sofrimento inevitável. Confesso que tenho adiado bastante até, medo por ser mais um "Como eu era antes de você" na minha vida. Amei a sua resenha e toda a emoção passada por ela, parabéns!

Reply
avatar
9 de setembro de 2016 18:32 delete

Olá,

Já vi diversas resenhas positivas sobre esse livro, mas não sabia que o foco do livro não é exatamente um romance e sim talvez um conselho, ou um aviso como você mesma disse. A obra parece possuir uma grandiosidade que é impossível não ficar com vontade de começar a ler agora mesmo, mas tenho medo de ser um livro triste e me deixar com aquela ressaca literária. Ainda assim, vou comprar o meu exemplar em breve e gostei muito da sua resenha, foi bem esclarecedora.

Abraços
Cá Entre Nós

Reply
avatar
10 de setembro de 2016 14:49 delete

Oi, olha eu comprei esse livro logo no lançamento. E você não vai acreditar porquê... a capa. Isso mesmo. Esse brinquedo de tijolinhos foi um dos meus preferidos da infância e ainda tenho algumas peças. Não resisti. Porém, ainda não li... e isso é muito feio... Mas, fazer o que né? Lendo sua resenha, me aguçou a curiosidade pra lê-lo. Mas infelizmente agora tenho tantos em uma pilha imensa que ainda não sei quando conseguirei. Mas amei a dica.

;D
Nelmaliana Oliveira

Reply
avatar
Yohana Sanfer
AUTHOR
10 de setembro de 2016 23:01 delete

Olá, Jadson! Que coisa boa encontrar esse blog, essa resenha e esses quotes incríveis! Sabe quando a gente sabe que um livro tem algo de especial, passa várias vezes por ele mas nunca para pra conhecê-lo? Era o que acontecia comigo com "Por lugares incríveis". E agora estou mais que curiosa para iniciar esta leitura! Obrigada! <3

Bjs,
Yohana Sanfer
http://www.papelpalavracoracao.com.br/

Reply
avatar
Dayane Reis
AUTHOR
11 de setembro de 2016 00:06 delete

Olá. Já tinha visto esse livro e adorado a capa e o nome. Mas eu tinha uma visão diferente do que podia ser tratar a história, fiquei muito mais encantada sabe sobre o que o livro quer passar. Adorei a resenha e com certeza esse livro já entrou para minha lista de desejo. Beijos'

Reply
avatar
11 de setembro de 2016 21:25 delete

Oi, tudo bem?
Eu sempre tive curiosidade com esse livro, mas até hoje não tive oportunidade de ler e confesso que também não li muita coisa sobre a história. Bom, a sua resenha me animou muito para fazer a leitura, parece ser uma história bem emocionante mesmo e gosto quanto tudo é abordado de forma real. Além disso, os personagens parecem ser ótimos e acredito que acomoanhar eles deve trazer muita coisa para se pensar mesmo.

Beijos :*

Reply
avatar
PorredeLivros
AUTHOR
12 de setembro de 2016 10:29 delete

Olá, Ivi! Pois é. O importante mesmo é se importar com alguém que você ama e que você sabe que aquela pessoa não está bem.

Reply
avatar
PorredeLivros
AUTHOR
12 de setembro de 2016 10:33 delete

Oi, Anelise. Espero que o livro te mostre o quanto é importante não se calar. E lembre-se sempre de que você tem outras escolhas na sua vida, acho que ser feliz é uma delas. É tão bom compartilhar algo importante e conscientizar as pessoas sobre isso.

Reply
avatar
12 de setembro de 2016 14:43 delete

Oie
Então eu quero muito fazer a leitura desse livro até pouco tempo atrás eu não tinha tanta vontade assim mais assisti uma entrevista com a autora no canal Estante Quadrada e sabe quando tu sente que um autor fala para você? Foi o que senti vendo a entrevista dela fiquei com muita vontade de fazer a leitura e vou passa-lo na frente de alguns com certeza.
Adorei a resenha
Bju
Mary Reis

Reply
avatar
Diane
AUTHOR
12 de setembro de 2016 15:10 delete

Oie...
Há meses estou tentando ler esse livro, porém, sempre aparece algo que impede a leitura: alguma parceria, livro de autor, desafio... É sempre um problema rsrs...
A premissa é muito boa e acredito que será uma ótima leitura :)
Beijos

Reply
avatar
12 de setembro de 2016 19:52 delete

Histórias que envolvem o suicídio me chamam a atenção, alem de que praticamente todas são tocantes e emocionantes, o que parece ser o caso desse livro. E também consegue passar ótimas mensagens, como sobre ajudar o próximo, até a pessoa mais popular da escola, quero ler

Reply
avatar
Ju
AUTHOR
13 de setembro de 2016 14:19 delete

Não sabia que nesse livro tinha um pouco da experiência da autora de perder pessoas para o suicídio, isso deve doer tanto que não gosto nem de imaginar, mas ninguém gosta, e por isso mesmo é uma obra realmente importante de ser disseminada, para que ajude a evitar que aconteça tanto. Deve ser mesmo real e tocante, pretendo ler logo.

Reply
avatar
14 de setembro de 2016 10:33 delete

Ola Jadson li muitos elogios a esse livros, inclusive fui dos escolhidos como melhor em 2015, gosto muito da premissa dele, e podemos observar que duas pessoas que estavam perdidas sem rumo, encontraram juntas uma razão para prosseguir, esse é um de meus livros da enorme lista de leitura.

abraços

Joyce
www.livrosencantos.com

Reply
avatar