Resenha: Caixa de pássaros, do autor Josh Malerman.

10:28 22 Comments A+ a-

Suspense; Thriller psicológico | Editora Intrínseca | Classificação: 4/5 | Ofertas
Malorie mora com a sua irmã mais velha, Shannon, e acaba de descobrir que está grávida de um cara com quem só saiu uma vez. Ao mesmo tempo notícias sobre um estranho surto de violência, que a imprensa passa a chamar de "Relatório Rússia", começa a se espalhar pelo mundo. Aparentemente, após ver algo que ninguém faz ideia do que seja, as pessoas enlouquecem e acabam se matando. Ninguém que viu "a coisa" ficou vivo para dizer o que era. A princípio, os casos isolados pelo mundo fizeram com que Malorie não desse tanta importância ao fato. No entanto, o medo tomou conta de todos. Em pouco tempo todos os humanos começaram a sair de casa de olhos vendados, além de colocarem proteções nas janelas. Shannon morre misteriosamente. Malorie começa a perceber que há algo estranho e sério. Muito sério. 

"É um blecaute, pensa Malorie. O mundo, o exterior, está sendo desligado. Ninguém tem respostas. Ninguém sabe o que está acontecendo. As pessoas estão vendo alguma coisa que as leva a machucar os outros. A machucar a si mesmas. As pessoas estão morrendo."
Desesperada, grávida e sozinha, ela decide procurar ajuda num anúncio que vira no jornal. Lá, ela conhece Tom, Jules e o seu border collie e fiel companheiro Victor, Don, Felix e Cheryl. Eles moram juntos há alguns meses na casa que, por sorte, ainda tem energia. O único lugar que eles verão pelos próximos anos é o interior da casa, pois para realizar todas as tarefas eles precisam estar vendados, essa é a única forma de se manterem a salvo diante do inimigo oculto que espreita para roubar-lhes a sanidade, que eles chamam de  "criaturas".

Quase cinco anos depois, Malorie se vê obrigada a sair de casa para um lugar mais seguro onde possa criar seus filhos, Garoto e Menina. Para isso precisa remar as cegas por trinta quilômetros pelo rio que passa por trás da casa, sem saber o que podem encontrar no meio do caminho. As crianças nunca viram nada. Desde muito novas, foram treinadas apenas para ouvir todo e qualquer som. É através da audição das crianças e a coragem de Malorie que eles terão que lutar juntos para completar a viagem, ou morrer tentando.

"O rio é um anfiteatro, pensa Malorie enquanto rema. Mas também é um túmulo."

Se vocês acham que a pior coisa que poderia acontecer à humanidade seria um apocalipse zumbi, vocês estão redondamente enganados. Aqui nessa história, os devoradores de carne humana vão parecer brincadeira de criança perto do que vocês estão prestes a ler. Então comecem com a seguinte reflexão: O que você faria se não soubesse do que está fugindo? E se você não pudesse ao menos ver o que está acontecendo no mundo a sua volta?

**Hoje, a resenha é diferente. Caixa de pássaros, romance de estréia do autor Josh Malerman, será resenhado por 2 colunista do blog: Diana de Brito e Jadson Gomes. 

A palavra certa para descrever essa obra é: angustiante. Você não sabe o que está lá fora, não sabe o que vai acontecer em seguida, e está sempre a espera de alguma tragédia (que normalmente não demora pra acontecer). Johs Marlerman consegue não só prender o leitor, mas mexe com o emocional dele. Digo isso por experiência própria. Durante a leitura, ficamos tão apreensivos e com medo quanto os personagens. E a experiência é única. 

Embora nós tenhamos vistos muitos leitores questionarem sobre as personalidades de cada um dos personagens, nós reconhecemos o estilo de cada um deles (e gostamos). Só não podemos esquecer que o foco é a Malorie. Vamos falar sobre o Tom: ele é um fofo! Aquele cara atencioso, hiper ativo e inteligente que sempre é bom se ter por perto no meio de um apocalipse. Além de ser um personagem bastante corajoso e muito compreensivo. A forma como Malorie fala dele e o enxerga faz com que o leitor também acabe se apegando demais a ele. Don pode parecer insuportável à primeira vista, mas conseguimos entender os posicionamentos dele em certas ocasiões. Ele pode até passar a imagem de egoísta, mas muitas vezes foi racional e, no fundo, não sabia lidar bem com a situação. Agora, Gary é um maldito! Odiei ele desde o primeiro contato, e odiei ainda mais a forma como ele "deixa" a história. Ele é aquele personagem feito para odiarmos. O garoto e a menina, embora tenham um papel fundamental na trama, não tiveram tanto destaque e, em alguns aspectos, achamos as habilidades deles um pouco fora do comum. 

O livro é narrado em terceira pessoa e intercala os capítulos entre o passado e o presente da vida de Malorie, a protagonista. A medida em que vamos torcendo para que ela e as crianças cheguem, aonde quer que seja, em segurança, vamos conhecendo como tudo começou, como ela foi parar na casa, como conheceu aquelas pessoas e, para nós, definitivamente, esse foi o ponto alto da leitura: saber como as coisas tomaram aquelas proporções e chegaram até ali. Porém - no entanto, todavia - acabamos a leitura um pouco frustrados. Porque acho que o autor deixou para "avisar" que teria continuação muito em cima do final. Não, isso não apagou tudo que eu sentimos durante as 272 páginas que lemos, mas poderia ter sido melhor? Sim, poderia! Continuo indicando a leitura porque acho mesmo que vale super a pena, embora as opiniões dos leitores sejam bem divergentes. Então, não esperem sustos e medo de dormir com a luz apagada. Aqui, o escuro é essencial para manter-se vivo.

 Num mundo onde não podemos abrir os olhos, uma venda não é tudo que temos para nos defender?"

Pisciana, 2.6, humor de 60, dramática, apaixonada por livros e animais.

Instagram: @deebritoo

22 Comentários
Comentários

22 comentários

Write comentários
1 de setembro de 2016 12:05 delete

Olá!!
Adorei a resenha, ficou super completinha <3
Esse livro está na minha lista há tanto tempo que eu me esqueci dele. Nunca li nada do gênero, então esse seria uma boa aposta para entrar nesse mundo.

Beijão
Leitora Cretina

Reply
avatar
1 de setembro de 2016 16:06 delete Este comentário foi removido pelo autor.
avatar
1 de setembro de 2016 16:07 delete

Como sofri quando li esse livro, que angustia danada! Eu estava perdida e com medo, literalmente, me senti na pele dos personagem e não sabia o que estava por vir ali na frente, que sensação louca! A unica ressalva que faço é que eu esperava um pouquinho mais do final, porem adorei a leitura, li durante a noite e me senti tão ambientada! Adorei a resenha.

Reply
avatar
- fecprates
AUTHOR
1 de setembro de 2016 16:35 delete

Olá
Adorei sua postagem! Eu tenho muita vontade de ler esse livro, especialmente porque leio ótimos comentários a respeito. A resenha ficou ótima e me deixou bem motivada para adquirir um exemplar.
Beijos, Fer
www.segredosemlivros.com

Reply
avatar
Ivi Campos
AUTHOR
2 de setembro de 2016 07:59 delete

Já li todo tipo de opinião sobre esse livro e ainda não me decidi se lerei ou não. Não curto muito o gênero, porem estou sem assunto na roda, porque apesar de ter sido lançado a tempos, ainda continua sendo a pauta das conversas entre os leitores. Enfim, talvez eu leia em breve.
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

Reply
avatar
Camila Coelho
AUTHOR
2 de setembro de 2016 08:17 delete

Oi, eu já li esse livro é me senti como você: angustiada e apreensiva durante toda a leitura principalmente por causa das crianças e da forma rígida que foram criadas para sobreviver. É um trilher psicológico sensacional. A única coisa que não curti muito é não ter nenhuma explicação sobre o que era aquilo que eles não podiam ver. Mas entendi que o foco do livro não era esse.
Bjs

Reply
avatar
Michele Lopez
AUTHOR
2 de setembro de 2016 11:03 delete

Olá,
Embora não seja o meu gênero favorito, estou com muita vontade de adentrar nesse mundo de escuridão e me aventurar.
Não sei se me sentirei bem ou também angustiada como você. Acho que sentiria claustrofobia rsrs
Que bom que indica o livro, isso me anima ainda mais.

http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Manoel Alves
AUTHOR
2 de setembro de 2016 18:56 delete

Olá
Eu sou louco para ele esse livro, mas nunca consigo ele com preço bom na net, e quando ele tá acessível, eu estou usem ideário rsrs. Gosto quando a história te prende e te deixa bem apreensivo com os próximos passos que o autor decidiu para a sua obra. Acho que eu irei amar Caixa de Pássaros, e vejo pela sua resenha que ele é muito bom. Espero ler e saber logo o que provoca isso nas pessoas, até mais vê amore
Abcs

Reply
avatar
2 de setembro de 2016 21:14 delete

Então já ouvi muito sobre esse livro eu quero muito ler esse livro fiz a compra mais ainda não o peguei para fazer leitura vejo muita gente comentando sobre o final "nada a ver" e isso me deixou com um pouco de medo de começar ainda não sabiam que esse livro teria continuação enfim se for verdade creio que muitas pessoas terão a resposta que muitos esperam.
Adorei a resenha em dupla
Bju
Mary Reis

Reply
avatar
3 de setembro de 2016 00:03 delete

Olá!
Ainda não li esse livro mas estou com muita vontade, me lembrou um pouco Ensaio Sobre a Cegueira. Adoro thrillers onde não sabemos o que vai acontecer depois e não sabia que deixou aberto para uma continuação, então me deixou mais curiosa ainda.
Beijos.
https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

Reply
avatar
3 de setembro de 2016 13:55 delete

Olá!
Ainda não li esse livro e estou sempre adiando a leitura, não sei bem o motivo, pois sei que vou curtir a obra. Acho muito fascinante essa questão de não saber do que fugir, apenas que tem que fugir, é angustiante, como vocês disseram. Não sei ao certo o que esperar sobre a obra, mas as expectativas são altas.
Não sabia que a obra poderia ter uma continuação e fiquei animada!
Beijos,
Um Oceano de Histórias

Reply
avatar
3 de setembro de 2016 21:02 delete

Eu ainda não li esse livro mas desde que ele foi lançado é que eu morro de curiosidade com ele. Tenho certeza que vou mesmo me sentir angustiada durante a leitura e não vejo a hora de matar a minha curiosidade porque acho que vou gostar muito pois a trama me agrada bastante.

Reply
avatar
Heloísa
AUTHOR
3 de setembro de 2016 23:00 delete

Olá,
Nossa, eu estou querendo ler esse livro. Todo esse suspense do relatório Rússia, mais a situação complicada da personagem gestante deve envolver o leitor desde o início da trama. ele já está na minha lista há um tempo, mas acho que vou precisar colocá-lo na frente. Gostei da resenha "dupla".
Abraços, Helô

Reply
avatar
Carol Mendes
AUTHOR
4 de setembro de 2016 11:24 delete

Nossa, amei sua resenha dupla!
Já queria ler esse livro, mas agora fiquei mais curiosa! Eu adoro livros do gênero, e não ligo de não dar medo, e mesmo você não tendo gostado muito do final, ainda quero conhecer.
Obrigada pela dica!

Virando Amor

Reply
avatar
Tiffannyk
AUTHOR
4 de setembro de 2016 20:06 delete

Quero ler esse livro agora mesmo!!! É simplesmente o meu tipo de livro.
Fui prendendo a respiração enquanto ia lendo a resenha, já louca pra ler como eles fizeram por 5 anos, pq ela tem de sair, quem são as criaturas, aaaahhh... Preciso ler agora haha


Paraíso Literário

Reply
avatar
4 de setembro de 2016 22:53 delete

Sua resenha ficou ótima! Adorei saber teu ponto de vista sobre esse livro, que está sendo super comentado atualmente e muita gente recomenda. Eu quero muito ler e espero fazer isso em breve, mas vou com as expectativas um pouco mais baixas, para não me decepcionar.
Beijos!

Reply
avatar
5 de setembro de 2016 19:05 delete

Só pelo título, a obra já me chamou atenção. Parece algo bem intrigante e envolvente... Ao ler a resenha percebi que trata-se de um mistério com pretextos psicológicos. Vou me aprofundar mais sobre a obra e sobre o autor a fim de ter certeza se o adicionarei na minha lista de desejados! Obrigado por compartilhar sua experiência conosco!
Sucesso!
Filipe Penasso - Pena Pensante

Reply
avatar
6 de setembro de 2016 20:24 delete

Oi, tudo bem?
Desde que esse livro foi lançado só vejo bons comentários e por isso tinha uma certa curiosidade, mas acabei esquecendo com o tempo. Agora lendo sua resenha fiquei animada novamente, realmente deve ser aterrorizante acompanhar essa história. Eu acho muito interessante essa coisa deles vendarem os olhos e fiquei curiosa para saber como tudo se desenrolar. Além disso os personagens parecem ser ótimo mesmo. Enfim, espero um dia ler a obra e gostar tanto quanto vocês.

Beijos :*

Reply
avatar
7 de setembro de 2016 01:56 delete

Oi!

Menina, estou para ler esse livro essa semana, mas já estou morrendo de medo. Sou cagona demais para essas coisas.
Essa sua resenha já me deixou angustiada o suficiente, mas também me deu um pouquinho mais de coragem para ler o livro logo. Não sei se quero conhecer essas criaturas, mas .... vamos lá!
Obrigada pela resenha ótima que você fez.

Ingrid Cristina
Plataforma 9 3/4

Reply
avatar
8 de setembro de 2016 17:43 delete

Peguei o livro emprestado, mas ainda não o li. Tenho uma amiga que detestou o final e isso chegou a balançar comigo, mesmo assim, ainda vou ler com certeza e de preferência este mês;
Bjs!

Reply
avatar
9 de setembro de 2016 11:09 delete

Faz um tempo que estou querendo ler esse livro, acho a história angustiante também, fugir de algo ruim, que você não sabe o que é, e com a escrita parece que somos inseridos perfeitamente nas cenas, sentindo na pele o medo da personagem.

Reply
avatar
Licavargas
AUTHOR
10 de setembro de 2016 20:49 delete

Mais uma resenha e mais uma vez eu fico me perguntando porque é que eu ainda não li esse livro?
Cada vez fico mais e mais empolgada, mas também ainda fico preocupada porque não curto muito terror e o livro parece ter algo meio sombrio, ainda mais com essa de ficar angustiada e esperando a tragédia acontecer - e ela não demorar para acontecer... já me dá uma certa agonia e fico com medo de ter algo que não me deixe dormir depois...rs
Mesmo assim, quero ler o livro - já até o comprei, só falta a coragem :)
Beijinhos,
Lica
Amores e Livros

Reply
avatar