Resenha| Gigantes adormecidos (Themis Files #1), de Sylvain Neuvel

09:06 14 Comments A+ a-

Ficção científica, Ficção internacional | Editora Suma de Letras | Classificação: 4,5/5 | Ofertas 
Em Gigantes Adormecidos, conhecemos Rose, uma garota de 11 anos que havia ganhado uma bicicleta de presente do seu pai. Muito animada com o novo presente e pronta para se divertir, ela resolve começar a pedalar. Porém, quando ela menos espera, cai em um buraco enorme, dentro dele há apenas uma gigantesca mão de metal. E a pergunta que fica é: o que diabos aquilo estava fazendo ali? Só para ter uma noção, a mão encontrada era mais ou menos do tamanho da casa de Rose, ou seja, impossível alguém perder aquilo.

Hoje, Rose Franklin é Phd e uma cientista sênior. No entanto, após tantos anos, ela não esqueceu do que havia visto. Por isso, com a ajuda de um desconhecido - em nenhum momento do livro é dito quem é essa pessoa - ela começa a estudar a mão. Outras partes do corpo vão sendo encontradas em diversas partes do mundo. Numa missão, Kara Resnik e Ryan Mitchell encontram um antebraço. Por isso, eles são convidados para participar do projeto para ajudar na investigação desses estranhos objetos.

Mesmo com a perspicácia de Rose e a ajuda de Kara e Ryan, o projeto ainda precisava de alguém que conseguisse traduzir códigos encontrados nas partes daquele imenso corpo de metal. Por isso, Vicent Couture, um universitário em ascensão, foi designado para essa difícil tarefa. Juntos, eles montarão algo que parece ser um robô alienígena gigante que, segundo eles, pode ser tão antigo quanto a raça humana. Com o robô montado, eles terão que aprender a manuseá-lo e perceberão o imenso poder de destruição daquela máquina. A pergunta que fica é: esse robô seria para promover a paz ou causar uma destruição em massa? E se ele for parar em mãos erradas? Com todas essas dúvidas, a equipe ainda terá que enfrentar as próprias diferenças para, assim, tentar ter um bom desempenho com a máquina

Apresentando a história ao leitor na forma de entrevista, Neuvel consegue fazer com que esse livro ainda tenha uma pegada diferente. De início, você acha estranho a forma como o autor começa a trama, mas, no decorrer da leitura, o leitor percebe que o diferente pode ser legal. No entanto, por ser escrito na forma de pergunta-resposta, o enredo parece ser lento. Porém, não é algo que atrapalhe a leitura. E, de fato, não atrapalha, afinal, quando você consegue se apegar aos personagens, o enredo flui de vez. E o melhor é que conseguimos conhecer determinadas situações a partir dos olhares dos personagens principais. E, como vocês já devem saber, eu gosto muito quando a história altera a perspectiva de quem narra. Outro fator que considero importante foi a forma como o autor apresentou os personagens. Tive a impressão de que, de fato, eles eram reais, pois nas entrevistas podíamos perceber e sentir os medos, as paixões e os desejos deles.

O livro é dividido em partes, e a cada parte o leitor acaba desejando que tudo aquilo acabe logo. Aqui, não temos só uma boa história do gênero ficção cientifica, mas também temos uma boa dose de suspense. E acho isso muito, mais muito legal. Gosto bastante quando o(s) autor(es) mesclam diversos gêneros e garantem uma experiência única ao leitor.

Gigantes adormecidos é o primeiro livro de uma série. Então, tem mais sobre a história vindo por aí. Provavelmente, ano que vem poderemos ler a continuação. O que nos resta é aguardar e ler. Recomendo o livro para quem curte uma boa história com personagens bem reais.  

Pernambucano, blogueiro e bailarino nas horas vagas. Para ficar mais próximos dos livros, escolheu ser revisor textual. Instagram/Twitter: @Jadsongomees

14 Comentários
Comentários

14 comentários

Write comentários
Jéssica Cruz
AUTHOR
28 de agosto de 2016 16:15 delete

Olá, tudo bem?
A premissa pareceu-me interessante mas como você disse que o formato do livro é diferente (em entrevista certo?) eu com certeza não gostaria, porque nem quando é em formato de e-mails eu gosto. Mas gostei de ler a resenha porque a história me deixou curiosa.
Beijinhos
www.fofocas-literarias.blogspot.pt

Reply
avatar
28 de agosto de 2016 17:49 delete

Oii, tudo bem?
Eu ainda não conhecia esse livro, mas fiquei bem empolgada com a premissa, pois se trata de robôs, que é uma coisa que eu gosto muito. Eu fiquei bem interessada na parte de suspense da historia, espero que o autor tenha conseguido criar uma desfecho legal, e que a continuação seja empolgante :)

Reply
avatar
28 de agosto de 2016 17:54 delete

Oi, tudo bem?
Então, eu não conhecia o livro, mas achei diferente, e fico me perguntando se iria gostar desse tipo de narração pergunta-resposta. O livro parece ser bem interessante, e fiquei curiosa em como eles conseguiram encontrar todas as partes do rodo e com qual finalidade ele teria sido criado e por quem. Vou anotar a dica aqui haha

Reply
avatar
28 de agosto de 2016 21:15 delete

Oi Jadson! Tudo bem?
Adorei sua resenha e também conhecer esse livro que ainda não conhecia. Confesso que fiquei super curiosa para ler e é bem provavel que leia, mas como é uma série, prefiro esperar sair pelo menos mais um volume antes de iniciar a leitura, pois odeio ficar na expectativa da espera! rsrsr
Bj

Reply
avatar
29 de agosto de 2016 01:54 delete

Oi Jadson!
Eu nunca tinha ouvido falar do livro e apesar de ficção científica não ser dos gêneros que mais leio, mas fiquei curiosa para ler esse.
Gosto da parte da ficção científica que trata do problema que robôs podem trazer.
E achei bem diferente o tipo de narrativa. Imagino que no começo seja um pouco difícil pegar o ritmo, mas deve ser interessante e diferente.
Adorei a resenha.
Bjss

http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

Reply
avatar
29 de agosto de 2016 08:02 delete

Gente, lembrei eu quando cai de bicicleta, pena que não tinha mão, só umas pedras mesmo, hahaha. Brincadeira a parte, adorei a resenha, e bem legal essa narração do autor de colocar em forma de entrevista, nunca tive essa experiência, e isso foi a única coisa que aguçou minha vontade de ler. Tenho receio de ler séries, me cansa um pouco, e quando é séries que não foram lançadas todas no Brasil, me desanima, já que comecei algumas e não pude terminar, devido a editora não lançar o resto.=[
O Pequeno Leitor

Reply
avatar
29 de agosto de 2016 08:50 delete

Olá!
Nossa, fiquei super curiosa por essa obra, muito diferente de tudo o que já vi! Só me desanimou um pouco ela ser escrita em forma de entrevista, para você não atrapalhou nada mas para mim eu não tenho certeza :( Mas com certeza vou adicionar na minha lista de leituras.
Beijos.
https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

Reply
avatar
Grazi Moraes
AUTHOR
29 de agosto de 2016 10:42 delete

Olá amoreca... de cara já curti a capa... que linda ^.^
E a história parece não ser diferente... já me senti junto com Rose nessa investigação ... imagine quando ler o livro de fato.
Curiosa pra ler... ainda mais por saber que se trata de uma série.
Beijokas!
www.facesdeumacapa.com.br

Reply
avatar
Dryh Meira
AUTHOR
29 de agosto de 2016 21:46 delete

Oiee Jadson ^^
Eu acho a capa deste livro incrivelmente linda, mas não quero lê-lo...hehe' a premissa não me chama a atenção, mesmo tendo visto que bastante gente (inclusive você) gostou da história, dos personagens e da obra em si. Parece legal para quem curte o gênero, mas não é o meu caso. Espero que os próximos livros também sejam bons :)
MilkMilks ♥
http://shakedepalavras.blogspot.com.br

Reply
avatar
30 de agosto de 2016 15:51 delete

Olá, tudo bem?
não sou uma amante da ficção científica, não curto muito livros do gênero, porém, esse conseguiu me chamar muito a atenção, achei muito interessante de a menininha que caiu no buraco e achar a mão crescer e tentar descobrir qual era a finalidade. Com certeza vou deixar anotadinho aqui o nome do livro porque eu quero muito ler!
Adorei sua resenha.

garotareading.blogspot.com.br

Reply
avatar
PorredeLivros
AUTHOR
1 de setembro de 2016 09:26 delete

Oi, Carol. Espero, de verdade, que isso não atrapalhe a leitura. E, talvez, você até goste do estilo do autor. :)

Reply
avatar
Nati Rabelo
AUTHOR
2 de setembro de 2016 00:41 delete

Oi Jadson!
Nossa, achei a história bem diferente! E fiquei bem curiosa pra saber pra que serve esse robô gigante. Mas fiquei um pouco receosa com isso de entrevistas. O livro é todo assim? Porque se for, os livros nesse formato que eu li não me trazem boas lembranças pois não gostei muito disso. Mas se for só em algumas partes, menos mal rs.
Beijo

Reply
avatar
PorredeLivros
AUTHOR
2 de setembro de 2016 09:55 delete

Oi, o livro é praticamente todo em formato de entrevista, sim. Poucas partes tem alguma descrição sobre uma missão ou algo. :/

Reply
avatar
3 de setembro de 2016 13:56 delete

Espero Em breve ler, parece algo diferente não vi nem li algo assim em que o livro é escrito com perguntas e respostas não sei ao certo se isso me agrada pois como disse nunca li nada assim antes, e isso me intriga bastante.

Reply
avatar