Resenha| Aonde quer que eu vá, de Beatriz Cortes

16:55 3 Comments A+ a-

Romance, Literatura nacional | Editora Novo Século | Classificação: 5/5 | Ofertas
Nossa protagonista chama-se Ester, tem 20 anos e é apaixonada por esportes, especialmente pela ginástica olímpica. Prestes a realizar seu grande sonho, que é participar das olimpíadas de Sydney 2000, a vida de Ester basicamente resume-se em: treinar, comer e tentar dormir, pois ao passo em que as competições se aproximam, sua treinadora, Alexandra, se torna mais rígida e acaba cobrando o impossível de suas atletas. Ester tem 2 melhores amigas na equipe: Isabela e Gabriela. Isabela irá disputar nas barras assimétricas, e Gabriela iria disputar no solo, mas devido ao acidente que sofreu em um dos treinos finais, acabou ficando de foras das olimpíadas, sendo substituída por Ester. 

Depois dessa reviravolta do destino, Ester terá que representar o Brasil em duas categorias: trave e solo. Nossa atleta acaba ficando sobrecarregada com tudo que está acontecendo em sua vida e com medo da possibilidade de decepcionar o Brasil. Tudo isso aliado ao fato de que terá que viajar sozinha para os jogos olímpicos lá do outro lado do mundo, pois seus pais terão que ficar para cuidar de sua avó materna que acabou ficando doente. 

É chegado o grande dia da viagem para Sydney, Ester vai acompanhada de Isabela e sua mãe, juntamente com o restante da equipe. Logo na primeira noite hospedadas no luxuoso hotel preparado especialmente para as equipes, Isabela e Ester são convidadas para uma festa que irá rolar só para os atletas na vila olímpica. Embora Ester esteja apreensiva e nervosa com a aproximação das competições, é vencida pelo cansaço e acaba indo curtir a noite com as outras meninas. 

Na companhia de Isabela e de outras meninas, Ester chega à grande festa. Logo que chegam, Isabela encontra um gatinho e acaba passando toda a noite com ele, enquanto Ester fica sentada na mesa observando o movimento e admirando o luxo e a beleza do local da festa. Algum tempo depois, ela percebe que um rapaz a observa e eles acabam trocando olhares. O rapaz então se aproxima e eles começam um papo animado durante toda a noite. Afastam-se um pouco da multidão para um lugar mais isolado e, finalmente, acabam dançando a primeira música brasileira tocada na noite “Aonde quer que eu vá”, dos Paralamas do Sucesso. 

Apesar do clima mágico e da vontade de ficar mais com o rapaz chamado Bruno, ela percebe que precisa voltar para o quarto, pois o dia seguinte irá ser puxado com todos os treinos e cobranças que a Alexandra irá fazer. Era preciso estar focada, afinal estava lá para representar o Brasil e não queria decepcionar ninguém depois de tudo o que viveu para chegar até ali. Mas as coisas nem sempre saem como o planejado, pois Ester acabou tendo que se esconder de Alexandra no quarto de Bruno, apenas dormiu e nada mais aconteceu. No dia seguinte, ela levantou-se cedo e voltou para o seu quarto antes que ele pudesse notar. Essa seria a última vez que os dois se veriam antes do fim das olimpíadas. Apesar do pouco tempo que passaram juntos, não sabem exatamente o porquê, mas sabem que querem outros momentos juntos iguais a esse. 

As olimpíadas chegam ao fim. Alexandra coloca ainda mais pressão nos treinos, e Ester se torna a única esperança de trazer a medalha de ouro para o Brasil. Apesar de amar o que faz, ela começa a se sentir mal com toda essa pressão, e o que era um sonho acabou tornando-se um pesadelo, mas também com aprendizados e um reencontro inesperado. 

O livro nos traz lições valiosas e também nos faz conhecer vários lugares incríveis com o tanto de detalhes que a autora faz sobre eles. Um belo trabalho! O livro é lindo, gente! Não tem como não se apaixonar, sério mesmo. Além do mais, esse livro é um golpe baixíssimo para quem é emotivo(a). Recomendadíssimo para os amantes e apaixonados por romances que trazem superação, destino, reencontros, recomeços, esperança. São vários os temas debatidos na trama. Mas lembrem-se que é preciso uns lencinhos para acompanhar a leitura, hein? Ah, vocês devem estar se perguntando se eles acabam juntos, não é? Isso vocês só poderão descobrir se lerem o livro.

Pernambucano, blogueiro e bailarino nas horas vagas. Para ficar mais próximos dos livros, escolheu ser revisor textual. Instagram/Twitter: @Jadsongomees

3 Comentários
Comentários

3 comentários

Write comentários
Ju
AUTHOR
24 de agosto de 2016 12:34 delete

Ah, adoro livros assim, em que precisamos de lencinhos no decorrer da leitura... Hahaha... Se trouxerem lições valiosas, melhor ainda. Curto muito enredos que falam de coisas como superação, reencontro, esperança... Fiquei com vontade de ler.

Reply
avatar
Bhya
AUTHOR
4 de setembro de 2016 00:04 delete

Que resenha linda! Fico feliz que tenha gostado <3

Reply
avatar
PorredeLivros
AUTHOR
5 de setembro de 2016 16:04 delete

Oi, Bhya. Que legal saber que autoras estão acompanhando as resenhas da gente. Eu fico feliz em saber que tenha gostado de nossa resenha. Parabéns e sucesso!

Reply
avatar