Resenha| Híbrida, de Mari Scotti

13:29 10 Comments A+ a-

Fantasia; Literatura Nacional | 304 páginas | Novo Século Classificação: 5/5 Ofertas
Elizabeth III, a rainha dos vampiros, foi sequestrada. Na ausência da rainha, grupos de vampiros começam a se rebelar cada vez mais e desobedecer as regras estabelecidas pela Coroa. Agora, prestes a completar cem anos do seu desaparecimento, um nov@ líder precisa assumir as rédeas segundo a tradição, mas, seu guardião e marido, Milosh, ainda não entregou os pontos. Mantendo conversas telepáticas com Elizabeth, ele ainda nutre a esperança de encontrá-la com vida. Para isso, ele contará com a ajuda de Heydi, uma poderosa mestiça, que irá colaborar (será?) com o arriscado plano do homem-vampiro que sempre amou.

"Desde o princípio, os filhos da noite acostumaram-se a agir em desacordo com a sociedade; eram vistos como libertinos, desonrosos, arruaceiros. Homens de baixa estirpe. Agiam assim por não temerem a morte nem a retaliação da sociedade humana, por serem infinitamente mais fortes e seus predadores."

Ellene mora com seus pais e irmãos adotivos numa vila em São Paulo que abriga uma comunidade de lobisomens. Ela sempre se sentiu estranha, pelo fato de ainda não ter tido a sua primeira transformação apesar da idade (18 anos) e por ter desenvolvido dons diferentes do restante dos lobos. Cada vez mais insatisfeita com as poucas informações dadas pelos seus pais sobre a sua origem, e aterrorizada com um pesadelo que tem desde a infância, ela pede ao seu melhor amigo, Tomás, que a ajude a encontrar respostas, mas ela terá que ser forte para conviver com o que está prestes a descobrir.

"Você sabe como sou diferente de vocês. Como estou longe de me tornar um... Lobo... Como vocês — sussurrou a última frase com uma pontada de tristeza na voz — Talvez meu metabolismo também seja lento para o amor..."

Enquanto conhece e se aproxima cada vez mais de Nicolae, um antigo vampiro, em busca do joalheiro que confeccionou um dos únicos objetos deixados por sua mãe, um medalhão com uma foto dentro, Ellene irá perceber que a sua ligação com Milosh vai além dos sonhos, e ele descobrirá que Elizabeth não era a única com quem se comunicava telepaticamente. Os caminhos que levarão os dois a conseguir as respostas que tanto procuram vão colocá-los frente a frente, e envolvê-los numa rede de mentiras e traições.

Híbrida é o primeiro livro da série Neblina e escuridão da autora Mari Scotti. Narrado em terceira pessoa, a história gira em torno dos personagens Milosh e Ellene. A trama é muito bem desenvolvida, e não deixa dúvidas sobre absolutamente nada. Todos os costumes, dons e particularidades são muito bem  explanados pela autora. A revisão e a diagramação estão perfeitas, a Novo Século está de parabéns! A capa, enigmática e sombria, faz referência à personagem principal, Ellene.

Os personagens, tanto os principais quanto os secundários, foram bem construídos e têm personalidade própria. Ellene é ingênua, mas ao mesmo tempo corajosa e determinada, Milosh é encantador (me recuso a falar mais sobre ele, leiam e se apaixonem), Tomás foi o único personagem que me fez lembrar da saga crepúsculo, até pela relação de amizade feat. amor platônico dele com Elle. A propósito, eu preciso dizer que, embora não tenha nada contra crepúsculo, toda aquela febre de vampiros brilhantes acabou me saturando um pouco e quando comecei a ler os agradecimentos e vi que a autora havia se inspirado na saga para escrever esse livro, agi com certo preconceito e achei que ia me deparar com uma cópia. Me enganei completamente! A história é bem original ao seu modo, e as "subtramas" que a autora criou nos prende do início ao fim, fazendo com que a leitura flua rápida e prazerosamente. 

O segundo livro da série, O guardião, já foi lançado, e eu não vejo a hora de continuar a leitura para descobrir as próximas novidades do mundo vampiresco. Alguém aí já leu? Quem não leu corre para comprar mas vai de dia, que a continuação da série promete! Leitura recomendadíssima!

Um beijo de vampiro pr'cês!

Pisciana, 2.6, humor de 60, dramática, apaixonada por livros e animais.

Instagram: @deebritoo

10 Comentários
Comentários

10 comentários

Write comentários
12 de julho de 2016 21:40 delete

Oi Diana!
Parabéns pela sua resenha, ficou super convidativa, mas livros de fantasia não fazem parte do meu repertório literário e também não sou muito fã de "dentuços". Mas tenho uma amiga que ama, inclusive hj estávamos comentando sobre isso, ela tentando me convencer a ler um sobre dentuços rsrsrs Aposto que ela vai adorar!
http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

Reply
avatar
12 de julho de 2016 23:22 delete

Oiii Diana, como vai?
Garota eu fiquei imensamente louca depois dessa sua resenha, porque a obra de certo modo despertou muito meu interesse. Gosto muito de vampiros e esse suspense todo que envolve a obra. Parabéns pela resenha, dica anotada.
Beijinhos

Reply
avatar
14 de julho de 2016 14:11 delete

Oi Diana.

Eu também gostei de ler Híbrida, mas não demore ler O Guardião porque eu achei ele melhor que o primeiro livro. Eu concordo com você a Elle é ingênua e vai amadurecer muito. A capa desta edição nova, está mais sombria do que a anterior e desperta interesse. Parabéns pela resenha.

Bjos

Reply
avatar
Sammysam Rosa
AUTHOR
15 de julho de 2016 10:33 delete

Adoro Hibrida, quando li, eu também estava bem saturada dos vampiros, mas a trama que a Mari criou é tão boa e a escrita dela tão envolvente que me apaixonei pelo livro, estou louca para ler Guardião, espero gostar ainda mais dessa série.

Reply
avatar
D e s s a
AUTHOR
15 de julho de 2016 22:24 delete

Teve uma época que eu também estava saturada desse tipo de livro, mas agora que a moda passou gosto de ler de vez em quando histórias de vampiros, ainda mais dessas que parecem ser ótimas. Só leio elogios quanto essa série da autora, então estou mais que ansiosa para conferir também. E ah, a capa nova é muito linda!
beijos
www.apenasumvicio.com

Reply
avatar
16 de julho de 2016 13:23 delete

Diana, que feliz em ver essa resenha aqui! Eu sou fã de carteirinha dessa série, já li os dois livros lançados e fui beta do terceiro (que tenho que dizer que está ótimooooooo e vai surpreender muita gente!). Milosh é realmente apaixonante. Eu também associei o Tom a Crepúsculo, mesmo que a Mari já tenha divulgado diversas imagens com as pessoas que ela imagina para os personagens, eu não consigo deixar de imaginar o Taylor Lautner no papel! hahah Leia Guardião logo, você não vai se arrepender!

Reply
avatar
PorredeLivros
AUTHOR
18 de julho de 2016 15:49 delete

Oi, Sophia. Ela vai, sim. Lê você também. Vai que goste... Fica a dica.

Reply
avatar
PorredeLivros
AUTHOR
18 de julho de 2016 15:50 delete

Oi, Morgana. Obrigado. Se você ler, volta aqui e conta o que achasse o livro. ;)

Reply
avatar
PorredeLivros
AUTHOR
18 de julho de 2016 15:51 delete

Oi, meu deus! Você já leu, né? Eu quero muito ler a continuação. Espero gostar tanto quanto você!

Reply
avatar
Anna Gabby
AUTHOR
21 de julho de 2016 09:33 delete

Oie, Diana!
Simplesmente eu desejo muito ler Híbrida, principalmente agora após o lançamento da 2ª ed. Mas terei que adiar a leitura, tenho a outra série (ou seria trilogia?) da Mari para ler. Você já conhece Insônia?
Beijinhos
Anna - Letras & Versos

Reply
avatar