Resenha: Segredos de uma noite de verão, de Lisa Kleypas

11:20 8 Comments A+ a-

Romance de época | 288 páginas | Editora Arqueiro | Classificação: 5/5 | Ofertas
Annabelle Peyton pertence a alta sociedade londrina e tem uma beleza de tirar o fôlego, mas sua família está passando por dificuldades financeiras. Depois da morte do pai, acostumou-se a viver de aparências com vestidos remendados e pedras falsas coladas em supostas jóias. Sem dinheiro para pagar o dote, era difícil arrumar um marido, e prestes a terminar mais uma temporada de caça sem sequer ser chamada pra dançar, ela teme completar seus 25 anos sem um casamento, onde teria que se contentar em ser amante de algum velho rico que lhe provesse o sustento da família.

"Annabelle estava cansada dos constantes esforços para enganar a todos, quando parecia que era de conhecimento público que viviam à beira de um desastre"

Simon Hunt é o tipo de homem que nenhuma dama respeitável desejaria ao seu lado, mas é o único que se aproxima de Annabelle nos eventos. Vindo de uma família humilde e filho de um açougueiro, ele teve que conquistar sua atual fortuna a duras penas e mediante muito esforço. Simon é um industrial, que possui uma visão bem a frente do seu tempo, e possui um ótimo tino para ganhar dinheiro, e, por isso, ainda que a contragosto e por conveniência e interesse, vez ou outra é chamado para participar das festas da alta sociedade. Desde o dia em que se conheceram numa apresentação de teatro, e após lhe roubar um beijo, Hunt não conseguiu esquecer Anabelle. Durante dois anos vinha sendo rejeitado por ela, mas com a idade limite chegando para a moça, Simon tinha certeza de que a teria como sua amante.

Em um dos bailes promovidos pela aristocracia, Anabelle conhece mais três solteironas que passam as noites como ela: sentadas num canto, esperando serem tiradas para dançar. Daisy, Lilian Bowman e Evangeline Jenner estão na mesma situação por diferentes motivos: Daisy e Lilian são irmãs, filhas de um empresário muito rico, mas além de não possuírem nenhum título de nobreza, têm péssimos modos; Evie é órfã e vive com a tia megera, e apesar de ter boas condições e não possuir um título, a pobrezinha é gaga. Juntas, elas fazem um pacto: bolar um plano e fazer com que cada uma arrume um bom partido desavisado, seguindo a ordem da mais velha (que nesse caso era Anabelle) para a mais nova.

"Precisamos fazer um pacto para ajudar umas às outras a encontrar um marido. Se os homens não vierem atrás de nós, iremos atrás deles. O processo se mostrará muito mais eficaz se juntarmos forças, em vez de avançar individualmente."

A primeira providência tomada pelo grupo foi conseguir um convite para Annabelle participar da festa de final da temporada, na casa de Marcus, o Conde de Westcliff, em Hampshire, onde ela teria mais oportunidade de fisgar um bom partido. A parte difícil são as opções de solteiros disponíveis. O único que parecia ser viável era o Lorde Kendall, que além de tímido já possuía mil e uma pretendentes. Ainda assim, elas teriam tirado de letra, uma vez que a jovem parece despertar as atenções do nobre. O grande problema é que Simon também vai participar dessa temporada e, embora ele não pretenda se candidatar ao cargo de marido, parece que os seus planos vão de encontro com o das garotas, e ele vai fazer tudo o que estiver ao seu alcance para atrapalhar Annabelle na caça ao marido...

Segredos de uma noite de verão é o primeiro livro da série de livros As Quatro Estações do Amor. Annabelle é uma das solteironas que dá nome à série wallflowers (em inglês, é uma expressão que surgiu devido aos bailes para designar as garotas sem par ou que ainda não haviam sido convidadas a dançar e costumavam ficar encostadas nas paredes, assim como uma planta). Os próximos livros serão sobre as outras três encalhadas, mas nesse primeiro livro já conseguimos saber quem será o próximo casal.

A capa do livro é linda, a diagramação é simples e não encontrei erros na revisão e tradução. A história tem como pano de fundo a cidade de Londres durante a primeira etapa da Revolução Industrial, onde a sociedade era predominantemente aristocrata e preconceituosa. Naquela época, um título era muito mais importante que dinheiro, e quem não possuísse títulos, ainda que fosse rico, não era bem aceito. 

Embora a gente sempre associe romances de época a clichés, eu tenho que confessar que a autora superou as minhas expectativas e me conquistou desde a primeira página. Os personagens são cativantes e bem desenvolvidos. O que dizer de Simon Hunt? Ele é perfeito, carismático e engraçado! As meninas são um deleite, você as ama logo de cara, e cada uma possui um traço de personalidade marcante. Annabelle me fez um pouco de raiva em alguns momentos, mas no decorrer da história você acaba entendendo algumas atitudes dela. E não podemos esquecer que estamos em 1841.

Simon sabe como tirar Annabelle do sério, mas está na cara o quanto eles se desejam. Ele acreditava que ela jamais o aceitaria,  e ela não podia se entregar porque achava que ele a desejava apenas como amante. Já perceberam a série de mal entendidos que essa história rendeu? Super indico o livro, a história é leve ,divertida e com pitadas sutis de erotismo! Gostou da combinação? Então, boa Leitura!

Pisciana, 2.6, humor de 60, dramática, apaixonada por livros e animais.

Instagram: @deebritoo

8 Comentários
Comentários

8 comentários

Write comentários
Daniele C.S.
AUTHOR
2 de maio de 2016 15:25 delete

Eu nunca li nada dessa autora, mas algumas coisas na sua resenha me chamaram a atenção, sempre gosto de acompanhar como a mulher é retratada em diferentes épocas. Para o homem as coisas não mudam muito, né?

Reply
avatar
2 de maio de 2016 22:39 delete

Eu não curto muito romances de época não, mas é por questão de gosto mesmo. E sobre os clichês eu acho isso já meio redundante, pois hoje em dia estamos imersos em um mercado editorial com milhares de opções que nem tem como fugir dos clichês, sempre tem um ali enfiado na história mais linda que for. E olha esse livro parece ser bem legal, apesar de não curtir muito, mas já deixarei anotado por ser uma leitura leve (adoroooooooooo).

Reply
avatar
3 de maio de 2016 01:28 delete

Oi Diana, sua linda, tudo bem?
Ele é danado, não a queria como esposa, como assim??? Tomara que ela faça ele sofrer até ele admitir que a ama e no final case com ela, risos... Eu sou louca para ler essa série, adoro os romances épicos, e não me importo nem um pouco com os clichês. As capas dessa série em especial, são lindas. Sua resenha ficou ótima!!!
beijinhos.
cila.
http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
3 de maio de 2016 10:17 delete

Oi Dani! Pois é menina, mulher sofre né? Acho que se eu vivesse nessa época ia ser igual a Lilian, mas isso é coisa pra próxima resenha que vai sair semana que vem hahahahahah. Vale a pena conferir essa série viu? Bjosss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
3 de maio de 2016 10:26 delete

Oi lindão,tudo bom? Confesso que romances de época nunca me encheram a vista mas não é que eu tô gostando dessa série? Peguei despretensiosamente mas acabou ganhando meu coração! Só li os dois primeiros (logo mais tem a resenha do segundo) e achei as meninas sensacionais pq elas são muito destemidas pra época. Sobre os clichés eu confesso que alguns não me incomodam, mas alguns são uoh né? Convenhamos! Acredito que você vá gostar sim, são bem divertidos! Bjosssssss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
3 de maio de 2016 10:34 delete

Oi lindona, tudo bom? O Simon é um fofo!Se ela não casar com ele quem casa sou eu viu? kkkkkkkk Leia que você vai amar! Também acho as capas desses livros lindas e tô apaixonada por eles! Pra um romance de época eu achei que ia me deparar com mais clichés, mas achei bem satisfatória a leitura! E cá para nós, as vezes um clichezinho até que é bom né? Leia que vc vai adorar! Bjossss

Reply
avatar
Micaela Gomes
AUTHOR
5 de maio de 2016 22:50 delete

ooi!
Não paro de ouvir comentários positivos sobre a obra se bem que eu compraria só pela capa (não me julgue) quero muito ler pois adoro um romance de época, sou daquelas que gostam de um clichê acho que gostaria desse também.

lendocomela.blogspot.com

Reply
avatar
Anna Gabby
AUTHOR
6 de maio de 2016 10:02 delete

Oi, Diana! Eu amo esse livro! kkkk Bem, foi meu primeiro contato com a escrita da Lisa e ele é tão bonito ao mostrar como o romance deles foi crescendo. Também tive lá minhas vontades de dar uns tapas em um ou outro personagem, mas ainda gosto do livro.
Bjus
Anna - Letras & Versos

Reply
avatar