Resenha: As Dez Coisas que Aprendi Sobre o Amor, da autora Sarah Butler.

11:36 26 Comments A+ a-


Alice vive fugindo, não consegue criar raízes em lugar nenhum. Até mesmo em sua casa, ela se sente uma intrusa. Ela se culpa pela morte da sua mãe, que sofreu um acidente enquanto ia buscá-la em sua aula de dança, quando criança. Alice está recém separada de Carl e não tem um bom relacionamento com a irmã mais velha, Cee, mas agora que ela soube que seu pai está morrendo, e ele tem poucos dias de vida devido a um câncer no apêndice. Por isso, ela precisa voltar para casa, por mais difícil que isso seja. Enquanto tenta se aproximar mais da sua única família e lidar com seus sentimentos conturbados, Alice começa a receber presentes na amurada da sua casa. Ela não sabe quem os coloca ali nem o que significam, mas estranhamente se sente atraída por eles, ainda que para qualquer outra pessoa pareçam apenas um punhado de lixo.

Daniel é um morador de rua que procura por sua filha desconhecida há trinta anos. Tudo que ele sabe sobre ela é o seu nome, e que a mãe dela, a mulher que ele amou a vida inteira, está morta. Ele perdeu tudo: família, trabalho, amigos. Agora, depois de sofrer um infarto, a esperança de encontrá-la é o que o motiva todos os dias a vagar pela cidade de Londres. Correndo contra o tempo, ele se vê mais obstinado do que nunca a achá-la e lhe dizer que sente muito por não ter feito parte de vida dela. Daniel não tem dinheiro nem lar, e tem medo do que a filha possa achar da sua aparência e que o rejeite, por isso.

Duas histórias totalmente diferentes, mas com uma coisa semelhante: o amor. O amor tem suas consequências, boas ou más. Mas até que ponto pode haver mais amor em uma mentira do que numa verdade?

CLIQUE AQUI e adquira Dez coisas que aprendi sobre o amor.
A capa do livro é fascinante, o cenário de Londres parece combinar perfeitamente com a letra cursiva do título, e isso já me encheu de expectativas. A diagramação é boa e simples, as letras estão num tamanho legal e as páginas amareladas, que eu adoro feat. amo!

Cada capítulo conta com uma lista de dez coisas que os personagens já fizeram ou gostariam de fazer e, embora não venha especificando a quem pertence cada lista, com o desenrolar da história e a familiarização com os personagens, fica fácil identificar quem está listando. Os capítulos são narrados intercaladamente por Alice e Daniel. Assim como as listas, a autora deixa com que o leitor perceba quem está narrando através da escrita. 

O livro conta com poucos diálogos, e os poucos que tem são confusos. Dentro do contexto existem muitas outras histórias e quando há diálogos dentro dessas histórias, fica meio difícil de acompanhar o tempo real das coisas. Há também muitas descrições de coisas e lugares, e isso particularmente não me agrada, acabou me deixando meio perdida e um pouco entediada.

Com relação aos personagens principais, preciso dizer que em momento algum simpatizei com Alice. Rebelde sem causa e super complicada, nunca sabe o que quer e tem atitudes difíceis de entender. Quanto ao Daniel, embora fosse difícil compreender seus sentimentos e sua visão das coisas, foi impossível não relacioná-lo com os moradores de rua que vimos por aí. Sempre que vejo um, agora, penso o que levou aquela pessoa a estar naquelas condições, o que elas buscam, o que pensam e que tipos de histórias teriam para nos contar, e isso eu considero um ponto positivo na leitura, pois leva o leitor a refletir sobre algumas coisas. Os personagens secundários, a meu ver, não tiveram destaque.

Embora eu tenha visto uma enxurrada de críticas positivas a respeito do livro, não me tocou da maneira que eu esperava que me tocasse. Sempre fico triste quando tenho que apresentar resenhas negativas porque queria terminar sempre uma leitura me sentindo apaixonada pela história, e isso não aconteceu dessa vez. Terminei com um milhão de dúvidas, achando que vários pontos deixaram de ser esclarecidos e sem saber se a falta de respostas se deve a uma possível continuação do livro ou se foram propositalmente deixadas pela autora como uma forma de forçar o leitor a refletir e criar o seu próprio final.

De toda forma, amor é amor, e tod@s aqui devem concordar comigo que o que sentimos pelos nossos queridos livros é amor! E como não poderia deixar de fazer, segue a lista das Dez Coisas que Aprendi sobre o Amor. Desafio vocês a listarem também. O que vocês aprenderam sobre o amor?

1. Aprendi que amar é respeitar, cuidar, querer estar junto;
2. Amar é sacrificar um pouco de si pelo outro, seja ele mãe, pai, namorado (a), cachorro, etc.
3. Amar é doar um tempo pra algo ou alguém, eu amo os livros. Logo, eles têm um tempo especial; 
4. Aprendi com o amor que "Eu te amo" está nas coisas simples, nos atos, gestos, etc;
5. Quanto mais se tem, mais se quer. Por isso, tenho tantos livros;
6. Os momentos simples são os mais especiais;
7. Há diversas formas de amar, seja briguinhas sem motivo, seja carinho excessivo, etc;
8. Amar é querer o bem. Por isso, nossos pais brigam tanto. (Risos);
9. Amar também significa fazer um team para os nossos casais preferidos ficarem juntos;
10. Aquele bilhetinho deixado por sua mãe na geladeira ou aquele quote que marcamos nos nossos livros também é amor! <3

Pisciana, 2.6, humor de 60, dramática, apaixonada por livros e animais.

Instagram: @deebritoo

26 Comentários
Comentários

26 comentários

Write comentários
24 de novembro de 2015 12:46 delete

Quando não gosto de um livro, fica super complicado pra mim tb. Rs
Beijos.
http://reinoliterariobr.blogspot.com.br

Reply
avatar
Helana Ohara
AUTHOR
24 de novembro de 2015 13:51 delete

oi8eeee.
esse livro também não me tocou da forma que eu queria. Além do mais o achei confuso em muitas partes.

Beijinhos, Helana ♥
In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

Reply
avatar
N Chanoski
AUTHOR
24 de novembro de 2015 18:10 delete

Olá, tudo bem?

Esse resenha veio em ótima hora! Ontem mesmo eu estava com o livro na mão e quase comprei na livraria... Mas como gosto sempre de ler resenhas antes, acabei deixando pra depois.

Uma pena que você ficou com esse sentimento de pontas abertas no final da história... Tomara que seja devido a uma continuação, e não por falha né? Gostei da sinceridade na resenha! Vou ver se ninguém que eu conheço tem esse livro pra me emprestar, aí eu compro mesmo só se for necessário :)

XOXO
umnovo-roteiro.blogspot.com

Reply
avatar
25 de novembro de 2015 00:54 delete

Olá linda,

O pior é quando nos sentimos ET's no meio dos "normais", porque não gostamos de um livro que a maioria gostou e deu 5 estrelas. Mas, nem sempre somos cativados pelo enredo e personagens. São muitos fatores que contribuem para nosso aval final sobre determinado livro.

Beijos!
poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

Reply
avatar
25 de novembro de 2015 08:31 delete

Esse foi um livro que não tive vontade de ler, não sei mas me parece meio que auto ajuda e forçado. Bjs

Reply
avatar
25 de novembro de 2015 11:31 delete

Esse livro me chamou atenção pelo título, mas depois de ver algumas resenhas negativas fiquei pensando se vale a pena. Provavelmente, vou lê-lo para definir minha opinião.

Beijos,
http://quotesperdidos.blogspot.com.br

Reply
avatar
Déborah
AUTHOR
26 de novembro de 2015 13:41 delete

Diana, já tive tanta expectativa sobre esse livro que agora estou meio indiferente.
A única coisa que acho mesmo bacana é a história da lista.

Lisossomos

Reply
avatar
26 de novembro de 2015 22:24 delete

Embora sua resenha não tenha sido tão positiva quanto as que li por aí, foi a que mais falou a respeito dos detalhes da história. Me interessei pela premissa, então pretendo ler em breve.
Bjs, Isa
http://pausaparaconversa.blogspot.com.br/

Reply
avatar
27 de novembro de 2015 21:02 delete

Oiiie, como tá?

Que pena que no final não ficou tão bem esclarecido né? Sabe, essa história de amor, sei não rs Acho que leria esse livro, mas só depois da imensa pilha que tenho acabar kkk mas dica anotada. Bjs

♡ Amantes da Leitura

Reply
avatar
Lumartinho
AUTHOR
28 de novembro de 2015 00:33 delete

Oi Diana!
Li os primeiros caps do livro e já gostei, não achei os dialogos confusos, mas cinquenta páginas, muitas vezes, não dizem muita coisa sobre o livro, então, eu tenho que terminar de ler ele logo pra saber se eu ficaria confusa com o diálogo!
Uma pena que o livro não te tocou como você esperava T_T
Beijos

LuMartinho | Face

Reply
avatar
28 de novembro de 2015 01:10 delete

Oi Diana,
Morri de tristeza agora :(
Estou com esse livro aqui na estante e a capa é linda demais mesmo...
Puxa mas com todos esses pontos negativos já até me desanimei.
Confuso, personagens chatos e final sem resposta...
Fórmula para o fracasso.
Que pena!!!
Mas obrigada pela sinceridade e clareza da resenha.
Ainda irei ler, mas sem nenhuma expectativa.

Abraço e Bons Livros,
Biblioteca do Coração❤

Reply
avatar
Vaness@
AUTHOR
28 de novembro de 2015 11:54 delete

Esse livro está na minha estante. Toda vez que resolvo ler acabo desistindo pode ser que ele não esteja me colando desde o começo.

Beijos, Vanessa
amamosaleitura.blogspot.com

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
30 de novembro de 2015 11:44 delete

Pois é Maisa, eu tentei! Espero que você curta o livro. Bjoss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
30 de novembro de 2015 11:45 delete

Oi Helana, tudo bem? Me sinto mais aliviado por não ter sido a única kkkk Bjosss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
30 de novembro de 2015 11:47 delete

Oi Lindona, tudo bem? Pois é! Espero que você curta mais a leitura do que eu! Bjosss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
30 de novembro de 2015 11:48 delete

é verdade Jo, acho que o momento em que se lê determinado livro influencia bastante mesmo! Bjosss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
30 de novembro de 2015 11:49 delete

Oi Dani, tudo bem? Ele não é de auto ajuda mas pede uma reflexão! Eu até tentei, mas não alcancei bem o propósito! Bjosss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
30 de novembro de 2015 11:50 delete

Oieeee, tudo bom? Pois é, leia sim! Como eu disse, as vezes o momento que você faz a leitura influencia na sua opinião sobre ele, então talvez funcione pra você! Bjosss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
30 de novembro de 2015 11:51 delete

Oi Deb, tudo bem? Eu também achei super bacana as listas! A história não rolou pra mim, mas quem sabe você não acaba curtindo? Bjossss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
30 de novembro de 2015 11:52 delete

Oi Isabella, tudo bem? Legal saber disso! Espero que você curta a história. Depois quero saber o que você achou! Bjosss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
30 de novembro de 2015 11:54 delete

Oieee, tudo bem? Sei bem o que é estar atolada nas leituras kkkkk Assim que vc ler quero saber o que achou! E boa sorte com a pilha hahaha Bjosss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
30 de novembro de 2015 11:57 delete

Oi Lu, tudo bem? Eu já não havia gostado muito da degustação. De repente se já funcionou pra você é possível que você curta sim o livro! Bjosssss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
30 de novembro de 2015 12:03 delete

Oi Nat, tudo bem? Mesmo quando faço resenha negativa sempre indico a leitura, porque de repente funciona pra outras pessoas entende? Eu li cheia de expectativas, então o bom é que você só vai se surpreender se você gostar muito do livro (e eu espero que goste pq é muito chato acabar um livro sem sentir aquele tchan)! Bjosss

Reply
avatar
Diana Brito
AUTHOR
30 de novembro de 2015 12:05 delete

KKKKKK é verdade Vanessa! Mas de repente você acaba gostando nje? Quando você ler vou querer saber o que achou! Bjos

Reply
avatar
1 de dezembro de 2015 15:05 delete

Amo livros de amorzinho <3 <3. E que capa MARAVILHOSAAAAA!
Está na minha listinha! Será que se parece um pouco com não se apega nao?

http://www.coiisadeana.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Krizia
AUTHOR
6 de dezembro de 2015 17:33 delete

Nossa... Estou apaixonada por esse livro desde a primeira vez que li a sinopse. Aí você escreve essa resenha maravilhosa e pronto... preciso desse livro tipo p/ ontem. rs

bjuhs

Blog:http://ossegredosdoslivros.blogspot.com.br/

Reply
avatar