Resenha: Labirinto de espelhos, da autora Bárbara Negrão

11:13 2 Comments A+ a-



Em Labirinto  de espelhos, da autora Bárbara Negrão, vamos relembrar algumas histórias bastantes famosas, como, por exemplo, A saga Crepúsculo, e vamos nos deliciar com uma história 100% brasileira. Conheça esse maravilhoso romance vampiresco teen:  

Eva é a típica garota da cidade do interior, bastante atrapalhada e totalmente inexperiente no quesito: relações amorosas. Sua vida se resume basicamente às suas amigas no colégio, ao seu trabalho em um supermercado e à sua mãe. Wilian é um vampiro que tem sonhos estranhos com uma garota que ele não conhece, mas, por incrível que pareça, ele consegue captar todos os sentimentos dela. Vampiros não sonham nem sentem emoções humanas, mas aquela garota o proporcionava algo que estava esquecido dentro dele há muito tempo. Embora ele não saiba se ela é ou não real, ele fará qualquer coisa para descobrir!

"Eu a vi crescer e se transformar em uma linda mulher. Não sabia se ela realmente existia. Por muito tempo a procurei em diversos lugares pelo mundo. Mas não a encontrei. Nunca consegui entender o motivo de tudo isso acontecer. No começo considerava um presente e ao mesmo tempo um castigo. Podia vê-la, estar com ela, mas não podia tocá-la. Eu era um reles observador da sua vida."

Quando seu melhor amigo Noah se declara repentinamente e deixa a pequena cidade onde moravam, Eva fica desolada.Com a semana do início das aulas se aproximando, ela só pensa em como lidar com os questionamentos das pessoas sobre o que aconteceu nas férias e o que levou Noah a tomar aquela decisão. Para a sua sorte, o assunto no colégio é sobre o novato lindo e  misterioso chamado Willian Delamare! (Tcharán!) Willian aos poucos se aproxima da Eva, que se apaixona por ele perdidamente e começa a perceber estranhas habilidades, fazendo com que ela o cobre respostas. Respostas que talvez não sejam a forma mais segura de começar um relacionamento...  

Labirinto de Espelhos traz uma proposta que já está meio saturada tanto nos livros quanto nas telinhas: vampiros! É normal, ao iniciar uma leitura como esta, que se tenha algum preconceito sobre um enredo que parece já ser preestabelecido por outros autores. É preciso originalidade! O livro parece ter fortes influências por parte de Crepúsculo (ZZzzz) e Diários de um vampiro, e comparações nesse sentido são inevitáveis, porém, alguns traços inéditos fizeram diferença no universo criado pela autora. 

Na sinopse do livro não fica claro que o livro trata sobre vampiros, embora fique explícito no primeiro capítulo. A história não gira cem por cento em torno de um casal apaixonado. Existem personagens secundários, como o irmão de Willian, Edgar, e as amigas de Eva que foram bem aproveitados no enredo. A leitura traz traços de ficção leve, e eu a classificaria como um romance sobrenatural teen. 

Os primeiros capítulos são narrados por Willian, porém os capítulos que seguem são predominantemente narrados sob a perspectiva de Eva.  A diagramação é bem simples. A capa é enigmática e não deixa transparecer a ligação com o tema abordado, e o título faz referência a uma passagem do livro. 

No decorrer do livro observei diversos erros de ortografia, mas que não comprometem o entendimento da leitura. Porém, me incomodei bastante. Acho que a editora precisa revisá-lo novamente (#FicaADica). A história parece bem americanizada, mas não fica claro onde se passa  a trama. Outra coisa que me chamou a atenção é que as orações são, em sua maioria, curtas. No decorrer do livro é perceptível que as orações não são separadas por vírgula, e, sim, finalizadas com ponto, de forma enfática. Soube que Labirinto de espelhos é uma trilogia e torço para que os próximos livros respondam as dúvidas que ficaram na minha cabeça. Será que... E se...

Considero a leitura satisfatória e parabenizo a Editora Novo Século por apostar e valorizar a literatura brasileira, e a autora por ter a coragem de apostar num tema já bastante secundado.

SINOPSE: Quando a estudante Eva Lins conhece o misterioso e sedutor Willian não imagina quais segredos ele podia esconder por trás de tanta beleza. Que ele é perigoso, ela pôde ver em seus olhos desde a primeira vez que se encontram, porém, a vontade de estar junto a ele é maior do que qualquer pressentimento que a jovem possa ter. Chocada pelas revelações, e ao mesmo tempo atraída e fascinada por todo o mundo novo que envolve Willian, Eva não se deixa intimidar e se entrega à história que promete ser a mais emocionante de toda sua vida, sem imaginar que mais mistérios estão para serem revelados.

Pernambucano, blogueiro e bailarino nas horas vagas. Para ficar mais próximos dos livros, escolheu ser revisor textual. Instagram/Twitter: @Jadsongomees

2 Comentários
Comentários

2 comentários

Write comentários
17 de agosto de 2015 21:56 delete

Vish, que chatinho ser bem o básico de outros livros de vampiros. Maas se te agradou é o que importa :DD

xx Carol
http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
Tem resenha nova no blog de "Scarlets", vem conferir!

Reply
avatar