Resenha: Cidade Banida, do autor Ricardo Ragazzo

12:44 25 Comments A+ a-


O que você faria se  tivesse que arriscar a vida das pessoas que mais ama para salvar a terra? Embarque numa aventura surpreendente em Cidade Banida, do autor Ricardo Ragazzo. A Editora Planeta arrasou neste lançamento. Só digo isso! 

Terra. Em um ano indefinido. 99% da população foi dizimada pelas guerras. Os animais, plantas e pessoas sobreviventes foram transformados. No caso dos humanos, alguns desenvolveram poderes psíquicos, como, por exemplo, comunicar-se através da mente e prever o futuro. Pessoas com esses tipos de poderes são chamadas de cógnitos. A maior parte da população vive cercada pelos muros da luxuosa cidade de Prima Capitale e pela rigidez das leis impostas pelo Supremo Decano. Uma dessas leis, a mais importante, impunha que os casais tivessem apenas um filho que ao nascer fosse submetido a um cógnito para descobrir se, até completar a maioridade, a criança cometeria algum crime. Em caso afirmativo, a criança receberia o veto. Isso a faria propriedade do governo com um único destino: a morte.

"Mágica, assim como coincidência, é uma palavra inventada para explicar aquilo que não entendemos. Alguns de nós somos diferentes da maioria, mais evoluídos. Capazes de utilizar o cérebro de uma forma mais eficaz e produtiva".

Quando Seppi Devone nasce e recebe o veredicto do veto, a sua mãe, Appia, decide lutar pela vida da filha, e contando com a ajuda de um amigo inesperado e misterioso, elas conseguem fugir da cidade, deixando para trás uma vida de luxo e regalias. Longe do perigo (ou não) e se passando por um garoto, Seppi vive feliz ao lado da sua mãe e amigos.  

"Sonhar e conquistar são verbos separados por apenas uma coisa: atitude".

Seppi carrega consigo uma marca de uma borboleta marrom no ombro, o que faz com que algumas pessoas acreditem que ela tem o poder de derrubar o governo e libertar Prima Capitale de toda tirania imposta pelos governadores. Até que um dia, toda a verdade que ela conhece é mudada. Em poucas horas, Seppi deve tomar a difícil decisão de deixar tudo para trás e seguir a sua missão, ou arriscar a vida da pessoa que mais ama, porém, a verdade que Seppi está prestes a conhecer, pode não ser tão verdade assim....

"E uma pergunta rondava a minha cabeça: Qual era a diferença entre a verdade e a mentira? Simples. Só a segunda pode ser misericordiosa" .

O livro é narrado, em sua maior parte, sob a visão de Seppi. A diagramação é boa, as páginas são amareladas, a fonte é no tamanho ideal. A capa, um cenário meio apocalíptico e tem TUDO a ver com livro. A escrita do autor (gente, a escrita do autor) é dinâmica e envolvente, e nada deixa a desejar em momento nenhum. Por isso, já quero outros livros desse autor! <3

Confesso que distopia não é o meu gênero preferido, então como era de se imaginar, iniciei a leitura com um certo "preconceito". E se tem uma coisa que dizima preconceitos, essa coisa é a leitura. Já nas primeiras páginas me surpreendi com um mini glossário de animais, frutas e outros termos "estranhos" que seriam utilizados no livro. E algumas vezes me vi voltando para o início para reler as definições. É impressionante a vastidão de cenários e personagens criados pelo autor. São mínimos detalhes, que faz com que o leitor consiga imaginar perfeitamente a imagem de cada personagem (e ame ou odeie  também) e a situação que eles estão passando.

Cidade Banida tem aventuras do início ao fim. FIM, maldito fim que nos deixa loucos querendo saber mais. E aí? Como é que pode? Mentira, né? Pois é, caros leitores, preparem-se para muitas surpresas e emoções... Vamos pedir ao Ser Superior da imaginação e inspiração que ilumine o autor e faça com que ele publique o próximo livro o quanto antes (sim, é uma duologia). Já espero ansiosamente... Como já disse lá no inicio da resenha: Editora Planeta, assim meu coração "num guenta"!

CLIQUE AQUI e adquira Cidade Banida, de Ricardo Ragazzo
SINOPSE: No futuro, a Terra foi assolada por inúmeras guerras, o que dizimou 99% da população humana e transformou sua vida ani­mal e vegetal. Boa parte dos seres humanos acabou confinada dentro dos muros de Prima Capitale, regida pelas draconianas regras do Supremo Decano. Por causa da rigidez do governo, todos os bebês nascidos no lugar precisam passar pelo crivo dos chamados cognitos, seres com poderes psíquicos capazes de prever o futuro. Caso, nesta visão, seja revelado que o novo cidadão cometerá um crime, sua sentença é a morte. Seppi Devone foi um desses bebês vetados. No entanto, sua mãe, Appia, consegue fugir com ela, livrando-a da cruel senten­ça. Elas vivem incógnitas numa comunidade no meio da mata e Appia cria sua filha como um garoto. Mas, quando Seppi completa 15 anos, o destino bate à sua por­ta e a garota terá de enfrentá-lo. Afinal, a adolescente é a única esperança que muitos oprimidos têm de se livrar do mal a que são submetidos pelo Supremo Decano. Irá ela abraçar essa sua missão?

Pisciana, 2.6, humor de 60, dramática, apaixonada por livros e animais.

Instagram: @deebritoo

25 Comentários
Comentários

25 comentários

Write comentários
26 de agosto de 2015 13:45 delete

Oiii boa tarde.
Então ótimo trabalho, gostei da resenha, talvez seja um livro que eu leia quem sabe.

Beijos.

Reply
avatar
K Riquelme
AUTHOR
26 de agosto de 2015 15:46 delete

Gente que resenha foda, parabéns! Adorei a forma como comentou sobre o livro, sem dar muitos spoilers, apesar de amar spoiler.
Fiquei curiosa em relação a ele, confesso que não sou fã de distopias também, mas pelo visto essa vale muito a pena, vou conferir.
Seguindo pra acompanhar mais, vi que tem mais resenhas da Planeta e tu é parceira da Aleph! Que show!
http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
Xoxo

Reply
avatar
Brenda Motta
AUTHOR
26 de agosto de 2015 16:29 delete

Eu já tinha visto esse livro, mais a resenha está muito bom, ainda não li o livro, mais me deixou curiosa.
Capa é linda chama muito a atenção.
Estou acompanhando para não perder nada, sucesso

Spoiler Mania

Reply
avatar
Dani V
AUTHOR
26 de agosto de 2015 20:24 delete

Já tinha visto esse livro bem por cima e tinha ficado com vontade de ler, sua resenha só reforçou essa vontade.

www.poyozodance.blogspot.com.br

Reply
avatar
27 de agosto de 2015 00:43 delete

Quando comecei a ler sua resenha, achei a proposta do livro bem comum, mas, acabei me interessando ao longo da leitura. Especialmente por conta desse glossário, que eu achei super original.
Diferente de você, eu amo distopias.
O problema é que ás vezes elas se repetem muito.
Adorei sua resenha, despertou minha curiosidade. =)
Beijos!!

Priscila Gatti,
http://www.lostgirlygirl.com/

Reply
avatar
27 de agosto de 2015 08:59 delete

Olá,
Eu já vi algo a respeito desse autor e algum lugar, mas não me recordo onde. Gostei da premissa do livro, achei super bacana, mas confesso que não leria simplesmente porque não faz meu estilo de leitura, sabe? Não bateu aquele interesse.
Beijos.
Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

Reply
avatar
27 de agosto de 2015 10:05 delete

Olá!
Eu nunca li um livro do Ricardo, mas amei a sua resenha.
A história parece ser fantástica e fiquei muito curiosa para conhecer os personagens.
Assim que puder vou ler.
Beijinhos!
http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

Reply
avatar
27 de agosto de 2015 12:22 delete

Oiii!

Eu não sou muito fã de distopias, é aquela mania de achar que sempre é tudo muito parecido hoje em dia e gostei de saber do enredo desse livro. Conheci o autor em um evento e ele é muito simpatico.
Gente, que aflição eu tenho de livros que tem o final tão aberto assim gente HUSAHUSAHU e quando não se tem a continuação como faz?
HSUAHSUAHSU

Deixei anotadinho aqui para ler em breve.


Beijinhos,
www.entrechocolatesemusicas.com

Reply
avatar
Ju LiteRata
AUTHOR
27 de agosto de 2015 16:20 delete

Oi Diana, ainda não li o livro mas já solicitei para a editora depois de ler tantas resenhas positivas. Confesso que não li seu breve resumo pq não quero saber muito sobre a história e descobrir por mim mesma, a única coisa que sei é que é uma distopia e diferente de você para mim isso basta. espero que o autor seja tão bom quanto estão falando, pq estou cansada de escritas ruins rsrs

Reply
avatar
27 de agosto de 2015 16:30 delete

Olá!

Que capa é essa??? OMG já quero ler! Adoro distopias e claro que essa não pode ficar de fora da minha lista. Fico feliz em saber que há escritores brasileiros investindo nesse gênero e escrevendo obras de qualidade que não perdem em nada para os internacionais!

resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

Reply
avatar
27 de agosto de 2015 19:04 delete

Olá, eu já tinha ouvido falar muito bem desse livro, eu não sou muito chegada em distopias mas confesso que essa chamou bastante minha atenção, fiquei bem curiosa para saber mais da história!

Beijos

http://www.oteoremadaleitura.com/

Reply
avatar
Daiane
AUTHOR
27 de agosto de 2015 22:09 delete

Olá, tudo bem?
Amei a premissa do livro, muito interessante. Leria com certeza se tivesse a oportunidade. Parabéns pela resenha.

Beijos,

Dai | www.cheirodelivronacional.com.br

Reply
avatar
Ju
AUTHOR
28 de agosto de 2015 01:01 delete

Ao contrário de você, sou absolutamente louca por distopias, e tinha uma expectativa enorme quando peguei o livro para ler... e fico feliz em dizer que elas foram superadas! Amei todo o universo criado pelo Ricardo, e não conseguia parar de ler o livro de jeito nenhum. Espero que o segundo livro da duologia saia logo, porque estou mega curiosa para conhecer o desfecho da história.

Beijo!

Ju
Entre Palcos e Livros

Reply
avatar
28 de agosto de 2015 10:00 delete

Oie, tudo bem? Ainda não conhecia esse título, mas gostei bastante do enredo. É uma decisão bastante difícil, ainda mais quando se trata de salvar o mundo não é mesmo? Sua resenha ficou ótima. Beijos, Érika

~www.queroseralice.com.br~

Reply
avatar
28 de agosto de 2015 11:02 delete

Oi!
Primeiro de tudo, parabéns pela resenha. Muito bem escrita e sem nenhum spoiler. Alguns autores nacionais estão dando um show com suas ótimas histórias, e esse parece ter entrado para esse time. É uma história que eu leria com certeza.
Beijos

http://tudoqueeuli.blogspot.com

Reply
avatar
28 de agosto de 2015 13:07 delete

Ola Diana lindona eu amo distopias e já li muitos elogios a esse livro, amei essa premissa e a mãe que luta pela filha perfeito. Com relação aos termos utilizados podemos estranhar no começo mas logo nos habituamos e nos sentimos parte da história. Dica mais que anotada . beijos

Joyce
www.livrosencantos.com

Reply
avatar
28 de agosto de 2015 14:46 delete

Olha eu sinceramente tenho que confessar que achei a capa desse livro MARAVILHOSA.
Foi uma das coisas que mais me chamaram atenção sabe?
Depois tenho visto várias resenhas de pessoas falando muito bem. Mas eu estou com receio de ser um livro muito violento e pesado. Quero muito ler, mas seilá, estou com receio. Eu estou lendo livros mais leves atualmente, mas mesmo assim eu gosto de uma distopia. Se não for tão pesado assim acho que até me arrisco, mas não sei. Eu adorei a sua resenha, mas tem esse meu porém.

http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/resenha-memoria-falsa.html

Reply
avatar
Alice Duarte
AUTHOR
28 de agosto de 2015 15:07 delete

Oii Ray

Já ouvi falar muito e como sou fã de distopias ele já está na minha lista de desejados. O fato de ser uma dualogia me deixa ainda mais animada já que não vai ter a típica enrolação das trilogias. Sua resenha ficou ótima e é bom saber que a escrita do autor prende a gente, pq não li ainda nenhum livro dele

Beijokas

naprateleiradealice.blogspot.com.ar

Reply
avatar
29 de agosto de 2015 06:54 delete

Oi Diana, sua linda, tudo bem
Você me ganhou no início com uma pergunta: O que você faria se tivesse que arriscar a vida das pessoas que mais ama para salvar a terra? Minha cabeça foi a mil, porque para mim, todas as vidas possuem o mesmo valor, então, não acredito que pessoas devam ser sacrificadas visando o bem de um coletivo. É diferente se algém por si só quiser se sacrificar para salvar outra pessoa, isso é amor, é doação, é ideal, são valores. Agora, fazer algo consciente de que os que ama morrerão, não aceito!!!!!! Não sei até que ponto isso será discutido no livro, mas não vejo a hora de descobrir. Adorei a resenha!!!!!!
beijinhos.
cila.

http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Glaucia
AUTHOR
29 de agosto de 2015 07:33 delete

Oi Diana, essa é a segunda resenha que leio falando tão bem desse livro e da escrita do Ricardo. Fiquei feliz em saber que mesmo não curtindo o gênero, a história foi capaz de acabar com seu preconceito e ainda surpreender. Esse livro já está na minha lista de desejados e pretendo fazer essa leitura o mais breve possível.

Bjs, Glaucia.
www.maisquelivros.com

Reply
avatar
Jéssica Melo
AUTHOR
29 de agosto de 2015 14:26 delete

Olá Diana, esse livro parece ser muito bom, adoro historias que trazem uma população que sofre com um governo autoritário e pelos seus comentários o autor parece ter uma ótima escrita <3 Vou esperar o segundo livro ser lançado para não ter que esperar muito quando ler o primeiro.

Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

Reply
avatar
andreza moura
AUTHOR
30 de agosto de 2015 12:57 delete

Parece interessante e que delicia ser nacional, mas confesso sentir uma pontinha de medo de ser o mesmo do mesmo... Não sei, ainda guardo algumas restrições, mas vou aguardar, ler mais resenhas sobre ele, antes de decidir ler ou não a trama.

LETRAS COM CAFEÍNA

Reply
avatar
Nina Tavares
AUTHOR
31 de agosto de 2015 09:43 delete

Olá!
Não conhecia esse livro mas fiquei encantada com ele. A capa é linda e a história parece ser imperdível, meio distópica, do jeito que gosto. Quero ler com certeza!

B-jusssss!
http://www.quemlesabeporque.com/

Reply
avatar
1 de setembro de 2015 07:13 delete

A história desse livro parece incrível, gosto muito da escrita do Ragazzo, e leria esse livro só por ser dele e por ser uma distopia.. rsrsr

Reply
avatar
29 de setembro de 2015 23:41 delete

Oie, tudo bom?
Adorei o que você falou sobre a inspiração para o autor com o próximo livro. Eu sou a louca das distopias e recebi esse livro da Planeta. Sua resenha me empolgou e fiquei com vontade de ler o meu exemplar. Já tive uma experiência negativa com o Ricardo e espero que dessa vez a leitura consiga me cativar mais.
Beijos,
http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

Reply
avatar