Resenha: Antes de partir desta para uma melhor, do autor Jonathan Tropper

11:49 3 Comments A+ a-


Uma  história engraçada e um pouco dramática é o tem central deste romance escrito pelo autor Jonathan Tropper. Um gênero escrito para homens, mas não exclusivamente. Eu chorei de rir. Conheça o novo lançamento da Editora Arqueiro:

Drew Silver já teve tudo que um homem pode desejar: uma família linda e uma banda de rock que ficou famosa. Porém, de sete anos para cá, a situação é outra... Após ser deixado pela sua esposa, Denise, e se afastar da sua filha, Casey, o vocalista da sua banda decidiu seguir carreira solo, e a sua única música de sucesso Rest in Pieces já não toca mais como antigamente. Hoje, Silver vive as custas dos direitos autorais de seu único sucesso que é tocado em casamentos, além de doar esperma "em nome da ciência". Morando no Versailles, em um apart hotel que abriga, em sua maioria, quarentões divorciados, Silver passa os dias enchendo a cara e olhando universitárias com a metade da sua idade na companhia de seus dois amigos Jack e Oliver.

"É difícil saber por onde começar. As coisas têm sido confusas há tantos anos que tentar identificar um ponto de partida é como tentar descobrir onde começa a sua pele. Tudo o que você vai conseguir saber é que ela envolve todo o seu corpo e que, às vezes, parece um pouco mais apertada do que você gostaria".

Como se Silver não tivesse muitos problemas para se preocupar, Denise está prestes a casar com Rich, um homem incrível que assumiu a antiga família de Silver, e Casey, agora com 18 anos, o procura para contar que está grávida. O motivo de Casey procurar o pai não é nobre: ela não quer decepcionar a mãe e quer a opinião de alguém que é acostumado a fazer burradas. 

Embora Silver não saiba o que fazer, ela aconselha o aborto. Mas no momento exato em que Casey vai começar o procedimento, ele sofre um mini-derrame! O médico que lhe dá o veredicto final é o futuro marido da sua ex-mulher, o Dr. Rich. E o Dr. é enfático: ele tem que fazer uma cirurgia imediatamente, ou morrerá. Para completar, como consequência do derrame, Silver ganhou a "habilidade" de falar tudo o que dá na telha. (Imaginem as situações? Morri de rir só de imaginar!)

Decidido a não fazer a cirurgia, Silver foge do hospital com seus amigos e opta pelo suicídio passivo. Durante sua sobrevida, ele pretende ser um pai melhor, um homem melhor e se apaixonar novamente. Para quem passou a vida inteira cometendo erros, talvez, essa seja a decisão mais difícil que se pode tomar.

Antes de partir desta para uma melhor faz parte do gênero lad-lit que é pouco conhecido aqui no Brasil mas consiste basicamente em falar sobre todas as coisas "triviais" do ponto de vista masculino. O lad-it é um subgênero do Chick-lit. 

Primeiramente, vamos dar os créditos à Editora Arqueiro pela diagramação perfeita de sempre. As páginas amareladas, o tamanho da fonte, a revisão perfeita. A capa é sensacional. Simples, chamativa e reflete exatamente a vida do personagem principal do livro. Voltemos a história... Esse autor é maravilhoso e já teve uma de suas obras adaptada para o cinema (Como falar com um viúvo). Talvez seja por isso que eu consigo imaginar perfeitamente o Adam Sandler fazendo o papel do Silver e me imaginar embolando de rir. 

O Silver é maravilhoso, ele é carente, engraçado e muito "crianção". Ao mesmo tempo que você sente raiva por algumas atitudes, você cria simpatia com ele desde o início. Na verdade, você cria uma simpatia indescritível com todos os personagens secundários do livro. Sinceramente, não sei de qual dos amigos de Silver eu mais gostei, se foi o Jack ou Oliver. 

A história é envolvente e leve, e faz com que você não queira parar de ler o livro e ao mesmo tempo odiar o fato de que, inevitavelmente, ele acabará. Embora seja cômica, a história traz situações difíceis do cotidiano como, por exemplo, traição, gravidez na adolescência e fracasso pessoal. Antes de partir desta para uma melhor, é, sem sombra de dúvidas, um dos melhores livros que eu li nos últimos tempos, me fez rir bastante e me envolver totalmente com a história. Mais que recomendado, deveria ser uma leitura obrigatória. 

Perfil do blog Porre de Livros. Se gosta de ler, você está no lugar certo. 

Acompanhe-nos em nossas redes sociais: 
Twitter: @_raypereira / Instagram: @PorreDeLivros / Facebook: Porre de Livros

3 Comentários
Comentários

3 comentários

Write comentários
24 de agosto de 2015 13:48 delete

Oie, adorei sua resenha, me deixou ainda mais curiosa para ler este livro e também Como falar com um viúvo que é do mesmo autor. Preciso providenciar o meu, rs. Beijos
http://dicasdaisacereser.blogspot.com.br/

Reply
avatar
25 de agosto de 2015 09:58 delete

Adorei a premissa do livro e acredito que dê para rir bastante. Sem falar que adoro personagens que vivem fazendo burradas. Com certeza vou conferir a obra.

Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto. Serão dois vencedores.

Reply
avatar
27 de agosto de 2015 17:10 delete

Olá, adorei a sua resenha estava procurando algum livro engraçado, e esse vai pra lista.
Pela sua descrição, realmente parece um filme do Adam Sandler, hehe

Reply
avatar