[Resenha] Manhã de Núpcias - Lisa Kleypas

12:59 6 Comments A+ a-


No quarto livro da série 'Os Hathaways' somos apresentados a estória do único irmão da família, Leo. Após perder seu grande amor para uma terrível doença ele jura que jamais irá se apaixonar novamente, mas se vê confrontado com a necessidade de casar e reproduzir um herdeiro para que seu título e propriedade não sejam retirados de seu poder. O mais assustador é que ele tem apenas um ano para realizar tudo isso. Catherine tem sido uma incógnita desde o momento que apareceu na vida dos Hathaways, uma dama de companhia muito além do aceitável para toda a família, ela só irrita de modo extremo Leo, que desde seu primeiro encontro guarda uma agressividade e atração descomunal pela moça. Sempre recatada e sem procurar chamar atenção para si mesma, Cat, mal imaginava que o que mais fazia com que chamasse atenção para si mesma fosse sua inteligência além da média, e que a pessoa que mais fosse fascinado por ela seria Leo. E agora que seus segredos estão prestes a serem descobertos por ele, a atração que Leo alimenta por ela pode não ser mais suficiente, mas será um duro caminho até que ele consiga se abrir para o amor novamente.

Jamais imaginei que Lisa Kleypas fosse me surpreender e prender mais do que ela fez no livro de Merripen e Win, visto que de longe, para mim, esse tinha sido o melhor livro de toda a série. Após um romance morno entre Poppy e Harry, Kleypas voltou pondo fogo em tudo com a estória de Leo. Eu diria que Lisa chegou ao epitome da perfeição com esse livro, talvez pelo protagonista ser um homem, ou talvez porque, finalmente, ela pegou a essência de um personagem tão bem como ela fez com Leo. Manhã de Núpcias começa sem prometer nada além de um  romance bobo e açucarado, e cumpre exatamente o prometido, mas além disso ele traz personagens tão bem construídos e uma trama tão bem narrada que me fez perguntar onde estava essa escritora durante os últimos três livros da série. Cheio de altos, a estória de Leo e Cat se tornou de longe a mais apimentada, cheia de respostas inteligentes, diálogos divertidos e romance fofo da série. A cada página virada a risada é garantida, os suspiros inevitáveis e a voracidade por mais alimentada.
"E de fato aquilo fazia sentido: quando uma mulher era fácil e recptiva, não representava nenhum desafio. Mas levar Catherine para a cama, fazer a coisa toda durar um bom tempo, torturá-la até ele implorar e gritar... isso seria divertido."
Leo tem sido um dos personagens mais instigantes sobre os quais tenho lido ultimamente, e seria o mínimo reafirmar aqui que estava esperando muito desse livro, a sorte é que ele correspondeu as expectativas, indo muito além. Enquanto as irmãs de Leo não me despertaram tanto interesse assim, exceto por Win, ele tinha tudo para ser um daqueles personagens que se tornariam favoritos com vários corações ao redor. O bom é que Lisa Kleypas não desapontou aos leitores, pelo menos não a mim. Com uma personalidade muito forte e marcante, Leo nos leva a dar risadas com todas e cada uma de suas respostas espertinhas. Seus diálogos são de longe os melhores de toda a série, pois além de extremamente inteligente, ele tem um sarcasmo muito próprio arrancando suspiros e boas risadas durante a narrativa. Por ser um libertino assumido, suas respostas não são mensuradas antes de serem proferidas, dando assim uma espontaneidade verdadeira que torna o personagem ainda mais adorável e real. Durante toda a leitura era quase como se eu conseguisse tocá-lo ao esticar minha mão, ou debater sobre ele a política local ao abrir minha boca.

A exacerbada inteligência e ousadia de Leo foi muito bem balanceada pela companhia de Catherine, que apesar de ter passado por mals bocados não perdeu a inocência ou a vontade de independência. Vi muito de uma mulher moderna em Cat, apesar de ter lido resenhas negativas sobre a personagem procurei situar todo o contexto da personagem com suas atitudes e não vi nada além do normal esperado por todos os traumas que ela sofreu. Sua esperteza e língua rápida formaram o par ideal para combater as estripulias e rédea solta que Leo sempre teve. Mesmo com as brigas e tudo mais, desde o início o leitor já sente que eles são perfeitos juntos, só basta pararem de brigar um pouco e também veriam isso, o difícil é fazer isso acontecer. A atração que acontece entre eles é gradual e nada imposta, visto que a autora teve três livros antes desse para meio que iniciar esse processo. Tudo foi bastante natural e fluído, fazendo o romance nos parecer real e puro.
"E ele adorava isso. Adorava Cat. Sua pequena guerreira de óculos."
Um super extra da estória de Leo e Cat é que a autora não se fez de rogada na hora das cenas hot. Arrisco que no quarto volume da série encontramos mais cenas de sexo do que em qualquer livro antecessor à este. E o mais interessante é que não foram simplesmente impostas, jogadas e mal colocadas. Não, tem toda uma logística por trás de cada passo dessa trama e apesar de encontrarmos muitas cenas hot durante a narrativa, não são nada vulgares ou contém descrições desnecessárias sobre o ato. Porém são quente como o inferno. Deus salve a Rainha, e também os instintos primitivos de Leo!

Sem ter como dar menos que 5 estrelas ao livro só posso ressaltar as qualidades e fazer alguns adendos bastante pessoais sobre a diagramação e revisão da obra. A capa do livro segue o padrão das anteriores, mas esta, na minha opinião é a menos bonita de todas. Não gostei do tom de roxo. Achei estranho. A diagramação interna também segue o padrão de todos os outros livros da série, mas diferente dos demais, neste encontrei alguns erros de digitação que me assustaram bastante, visto que a qualidade da Editora Arqueiro com relação a isto é sempre muito alta. No mais, tudo perfeito e maravilhoso! Que venha a Beatrix no mesmo padrão Leo.

Jornalista, taurina, viciada em livros, filmes, seriado e em conhecer novos lugares. Adora estudar inglês e acha que essa deveria ter sido sua língua mãe.

6 Comentários
Comentários

6 comentários

Write comentários
13 de setembro de 2014 16:33 delete

oie!!!
em breve lerei esta série de históricos, mas ja adianto que se a relação entre os personagens tem tapas e beijos vou amar, pois com certeza isso trará ainda mais humor!
http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br

Reply
avatar
15 de setembro de 2014 14:46 delete

Oi,
Estou mega ansiosa para ler esse livro da Lisa que acho que vou até passar na frente do terceiro livro que ainda não li....hauhua...Acho que o Leo promete muito mesmo e gostei de saber que o livro te agradou como um todo. rsrs. Enfim do mais te deixo um convite para visitar meu blog tem um post mega especial por lá hoje.
Beijos
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com.br/2014/09/divulgacoes-do-vinganca-mortal.html

Reply
avatar
D e s s a
AUTHOR
15 de setembro de 2014 16:13 delete

Essa capa realmente é muito bonita. Ainda não tive oportunidade de ler essa série, mas tenho muita vontade!
beijos
www.apenasumvicio.com

Reply
avatar
15 de setembro de 2014 20:02 delete

Oi Ray! Nunca li nada da Lisa mas depois de ler sua resenha estou com uma vontade louca de ler esse volume da série, mas sei que não é correto ficar pulando as ordens kkkk sou apaixonada por series de família, espero conhecer logo os Hathaways ;)

http://herdeiradelivros.blogspot.com.br/

Reply
avatar
16 de setembro de 2014 19:21 delete

oie Ray
eu meio que desanimei dessa série, já no primeiro livro. Mas saber que a autora não decepciona, me deixou curiosa para saber o desfecho da vida amorosa dos outros irmãos.
Fora que sou apaixonada pelas capas dessa série <3
bjos
www.mybooklit.com

Reply
avatar
16 de setembro de 2014 22:17 delete

To com medo de ler o terceiro, porque todo mundo fala que é o pior da série, mas eu tenho gostado de todos até agora, todo os dois que li. Aguardo esse pelos motivos de todo mundo, um personagem masculino no centro. Vou ler logo, com certeza.

Bjs, @dnisin
www.seja-cult.com

Reply
avatar