[Resenha] Querida Sue - Jessica Brockmole

21:01 23 Comments A+ a-




Elspeth Dunn (Sue) vive na pequena ilha de Skye, noroeste da Escócia, e nunca viu nada do mundo além das fronteira da ilha. Poetisa com livros publicados, ela nunca imaginou que seu livro cruzaria o oceano a ponto de chegar aos Estados Unidos. Em março de 1912 sua vida muda, por causa de apenas uma carta. Seu fã, David Graham, resolveu arriscar a sorte e mandar uma carta de admiração profunda para a poetisa que ele julga receber milhares de cartas por mês, devido ao seu grande talento. Ele é um estudante Universitário que vive entre molecagens e a tentativa de controlar os desejos de seu pai acerca de seu futuro. Quando essas cartas começam a ficar muito pessoais e esses jovens começam a aceitar que o fato de viverem em extremos diferentes não interferiu na criação de um vínculo amoroso, a Primeira Guerra Mundial explode e faz com que qualquer tentativa de romance seja falha, apesar de lutarem com unhas e dentes por seu amor, eles são apenas jovens contra toda uma Guerra.

23 anos se passaram do encerramento daquela primeira guerra, mas a Segunda Guerra já explodiu e junto com ela, as memórias da 'Querida Sue' voltam. Quando uma bomba derruba a parede onde ela mantém guardadas todas as cartas que trocou com seu amado Davey, sua filha, Margaret, que vive o mesmo tipo de amor que sua mãe viveu, quer descobrir o que esconde o passado nebuloso de sua mãe.
"Você é a razão de eu franzir o cenho ao nascer do sol e sorrir na hora do poente. Franzir o cenho porque tenho de enfrentar o dia sozinho, se você ao meu lado."
Ao começar a leitura deste livro, imaginei que ele seria emocionante, um passa-tempo, mas nunca imaginei que iria me apaixonar tanto por ele. Narrado através de cartas, o leitor não perde foco algum de maneira nenhuma, visto que ele tem vários pontos de vista que variam de acordo
 com por quem a carta foi escrita. Margaret, filha de Sue, tem um papel fundamental no livro, visto que tudo se desenrola por causa da sua vontade de conhecer algo sobre seu pai. Ao encontrar as cartas de sua mãe, ela resolve ir atrás deste passado, principalmente quando ela some. Enquanto Margaret tenta descobrir fatos sobre o passado, Sue passa a recordar as cartas que trocou com David. O leitor tem a impressão desde a primeira carta, que eles foram feitos um para o outro, e é engraçado como o destino brinca com as pessoas, pois apesar de nascerem tão longe, ele se encarregou de os unir de algum modo. Em suas cartas, discorrem, a princípio, sobre pequenas irrelevâncias da vida, mas o com passar delas e aprofundamento da relação, as cartas ficam muito pessoais.
"Existe uma palavra que signifique 'por mais tempo que para sempre'? É esse tempo que eu a amarei."
David e Elspeth trocam cartas por anos e anos a fio, ela acompanha sua vida de longe, enquanto ele se gradua, noiva, arruma um emprego... e perde tudo isso. Quando finalmente, eles resolvem se declarar a Guerra está chegando ao seu auge. Isso é um problema para Elspeth, que apesar de ser uma personagem muito doce e calma, começa a entrar sempre em conflito com Davey por causa de sua necessidade de 'ajudar' na Guerra. Como falei, ela é uma personagem muito doce e a sua inteligência fica marcada muito claramente em cada carta que eles trocam. Em vários pontos de seus textos ela discorre um gosto literário muito atípico para uma mulher criada em uma ilhota perdida no meio do nada. Já Davey, apesar de ter acesso a tanto estudo, ele é daquele tipo que prefere ficar aprontando. Não que ele seja um fanfarrão, ele está mais para um menino travesso. Claro que, isso não o impede de acompanhar a brilhante conversa de sua amada Sue.

De acordo com o passar das cartas e a descoberta das personalidades dos personagens, o leitor vai tendo uma noção de que a escrita realizada através das cartas tem um outro foco, que não a aparência física das pessoas, nem a discrição de lugares, este último ocorre em várias partes, mas a trama não depende disto para acontecer. Este é um livro que discorre sentimentos, estes prevalecem em cada carta, por mais irrelevante que ela seja. Além disto, ainda falando sobre a sagacidade da personagem Elspeth, o livro tem vários pontos de discussão importantíssimos, sendo um deles o valor da mulher na sociedade naqueles tempos.
"Sentiu isto, meu amor?  Não foi um floco de neve em sua face, mas meus lábios sentindo o seu sabor. Não foi um sopro de vento em seu ouvido, mas minha voz sussurrando 'amo você'.
Que narrativa incrível, que livro maravilhoso, que respiração profunda após tanto tempo submersa. Este é um título que merece ser lindo, não apenas pelos amantes das histórias acerca das Guerras, mas por todos. Querida Sue, me fez lembrar um livro brilhante, meu livro favorito, O Cavaleiro de Bronze. E olha, que esta comparação, é enorme, tendo em vista a perfeição que é essa trilogia. Se tenho algum arrependimento sobre Querida Sue, é o de não ter o lido antes. Não citei pontos negativos na resenha, porque foi impossível encontrar algum. Com certeza Jessica Brockmole conseguiu me converter em sua fãs. A diagramação interna desta beleza, é linda, a fonte é perfeita. A capa é belíssima! Até hoje, este é o segundo melhor livro do ano, visto que, Forbidden tornou-se inalcançável. Mesmo assim, afirmo: Querida Sue, tornou-se favorito por uma vida!

Jornalista, taurina, viciada em livros, filmes, seriado e em conhecer novos lugares. Adora estudar inglês e acha que essa deveria ter sido sua língua mãe.

23 Comentários
Comentários

23 comentários

Write comentários
28 de maio de 2014 21:29 delete

Ray mulher preciso desse livro!! Tira umas fotos dele por dentro...realmente a capa é lindíssima !!!
Tem pano de fundo guerra e emociona como TBH é meio caminho andado rsrs
Mas superar Forbidden tá complicado heim??
Bjs :D

Reply
avatar
Gabriela
AUTHOR
28 de maio de 2014 22:07 delete

Meu Deus, que livro perfeito... *-*
Amei seu blog, tudo muito lindo aqui, estou seguindo.
Se pudesse dar uma passadinha no meu, ainda estou começando, ajudaria muito :)
Beijos,
Gabi

http://umaoverdoseliteraria.blogspot.com

Reply
avatar
28 de maio de 2014 22:11 delete

Ola! Vi lindas resenhas sobre este livro e depois de assistir um vídeo de uma entrevista com a autora me apaixonei de vez!

Preciso ler Querida Sue! Ótima resenha

Beijos Joi Cardoso
Estante Diagonal

Reply
avatar
28 de maio de 2014 23:33 delete

Não conhecia o livro, mas provável que eu não goste da leitura.
Não gosto de nenhum livro que se passe em guerras mundiais, então...
Mas sua resenha ficou ótima :) Dá pra perceber que você gostou mesmo.

http://enquantoestavalendo.blogspot.com.br/

Reply
avatar
29 de maio de 2014 13:32 delete

Oiee Ray! Tudo bem contigo??
Olha, me surpreendi com o livro depois de ler sua resenha pq sempre o vi nas livrarias mas nunca tive vontade de pegar para lê-lo. Não imaginei que pudesse ser tão bom!!
Estou seguindo o blog!
Bjinhos
/closettgarden.blogspot.com.br

Reply
avatar
29 de maio de 2014 14:09 delete

Oie! Preferia a outra capa que tinha para votação mas do mesmo jeito parece ser um livro interessante!
Bjs, comenta por favor nessa resenha ajudaria muito:
http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/05/cidade-da-meia-noite.html

Reply
avatar
29 de maio de 2014 17:48 delete

Oie Ray
OMG, já vi que vai rolar muito choro, emoção, nariz fungando e as melecadas (eca) todas quando eu for esse livro. Como nosso gosto é super parecido, tenho certeza que vou amar e favoritar também.
bjos
www.mybooklit.com

Reply
avatar
TOM MORAIS
AUTHOR
30 de maio de 2014 12:17 delete

O livro parece ser realmente um livro belo, poético e adoro amor que á distância. Realmente adorei a dica e está anotada. E que capa é essa!!
cronicasdeumlunatico.blogspot.com

Reply
avatar
30 de maio de 2014 13:27 delete

li tantas boas resenhas boas que minha vontade de ler o livro só cresce, uma linda história de amor
felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Flávia
AUTHOR
31 de maio de 2014 17:00 delete

Você realmente deve ter gostado muito da leitura desse livro, ou ao menos o jeito como você fala do livro na resenha demonstra isso claramente. Já tinha ouvido falar desse livro, mas não sabia que era tão bom.

Thoughts-little-princess.blogspot.com

Reply
avatar
ludmillaneres
AUTHOR
31 de maio de 2014 20:01 delete

Adorei! Quero muito ler, definitivamente. Adoro histórias com cartas e ainda mais que envolvem histórias.
http://eu-ludmilla.blogspot.com.br/

Reply
avatar
31 de maio de 2014 22:10 delete

Parece ser um livro encantador
Já li várias resenhas positivas a respeito

Beijos
@pocketlibro
http://pocketlibro.blogspot.com

Reply
avatar
Dryh Meira
AUTHOR
1 de junho de 2014 14:10 delete

Oiee ^^
Li várias resenhas super positivas desse livro e mal vejo a hora de lê-lo. A história parece ser encantadora, e um pouco triste também *-* ainda bem que não há pontos negativos no livro...haha'
MilkMilks
http://shakedepalavras.blogspot.com.br

Reply
avatar
1 de junho de 2014 20:15 delete

Oi Ray!
Já tinha lido algumas resenhas positivas sobre o livro, tenho bastante vontade de ler, mas o problema é que são muitos livros...Gosto da ideia de um livro com cartas, parece que dá para ficar mais próximo dos personagens...
Beijos
http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Ju
AUTHOR
1 de junho de 2014 20:27 delete

Já estava louca para ler esse livro! Agora, depois da sua resenha, acho que vou me tornar obcecada!! hehe... Favorito por uma vida é uma classificação que merece atenção!

E amo cartas em livros! *-*

Beijo!

Ju
Entre Palcos e Livros

Reply
avatar
Filipe Laia
AUTHOR
1 de junho de 2014 22:16 delete

Oi não conhecia o livro, nunca tinha ouvido falar.
Nossa me interessei muito pelo enredo, e já estou louco para lê-lo.
A capa é muito bonita, parece que ela realmente representa a história, em questão de de ter uma carta lá e talls...

Abraços
www.booksever.blogspot.com

Reply
avatar
1 de junho de 2014 23:07 delete

Eu to pouca pra ler esse livro, você sabe e já imagino que vou me emocionar muito. O fato de serem cartas torna tudo mais romântico e to pensando no quanto vou suspirar durante a leitura. kkkkk Espero ler logo!

Bjs, @dnisin
www.seja-cult.com

Reply
avatar
Lia Christo
AUTHOR
1 de junho de 2014 23:26 delete

Eu amei este livro! Há muito tempo, um livro não me emocionava assim...
E adorei sua resenha, ficou perfeita!
Bjus
Lia Christo
www.docesletras.com.br

Reply
avatar
2 de junho de 2014 15:54 delete

Não leio muita coisa assim, mas esse livro me pareceu ser tão amável que já estou atrás dele por aqui, adorei a resenha.

http://booksandflowers.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Carol Teles
AUTHOR
2 de junho de 2014 18:39 delete

Não pedi esse livro porque estou correndo de coisas românticas e lentas. Achei de verdade que
fosse ser um livro bem nessa cartas e que em algum momento fosse me perder nele. Fico feliz em saber que não foi assim.
Acho que me encantei pela sua resenhas mais até do que pela premissa do livro. kkkkkkkk

bjus
terradecarol.blogspot.com

Reply
avatar
M.campanello
AUTHOR
2 de junho de 2014 18:48 delete

Não conhecia esse livro. Sinceramente pela capa eu não o leria, porque aparenta ser muito complexo, amo ler, mas amo ler coisas diretas.
Amei a resenha, e confesso que deu uma certa vontade de cair nesse livro.

XOXO :D
Joven Clube | Clique aqui :)

Reply
avatar
Ju LiteRata
AUTHOR
5 de junho de 2014 11:55 delete

Oi Ray, bom vamos lá! Eu li Querida Sue, logo depois de ter ouvido blogueiros falando maravilhas do livro, mas confesso que não fiquei tão empolgada quanto você. Sim, a história é linda e a forma como é descrita também é inovadora, além disso é quase um milagre não conter lacunas pelo fato de ser contada em cartas, mas de alguma forma terminei a leitura com a sensação de "É só isso?", não sei bem explicar pq gostei bastante do livro, mas acho que quando fui chegando ao fim já não aguentava mais ler cartas kkkkkk. Enfim, cada um com sua opinião não é mesmo! Bjosss http://blogliterata.blogspot.com/

Reply
avatar
ardnas marine
AUTHOR
9 de dezembro de 2015 22:14 delete

Estou fascinada desde que comecei a ler esse livro"Querida sue",foi o primeiro livro que comprei pra mim ler,me apaixonei,foi amor a primeira vista,eu sabia que ia amar desde o momento que toquei nele. Ontem terminei de ler e acreditem quase não conseguia ler as ultimas páginas de tanta emocão.Hoje muita coisa mudou dentro de mim,estou pesquisando tudo sobre David e Elspeth.

Reply
avatar