[Resenha] Peça-me o que Quiser - Megan Maxwell

18:17 4 Comments A+ a-


Maravilhoso. Erótico. Sexy. Ousado. Quente. Poderia passar toda a resenha definindo esse livro através de adjetivos, diga-se de passagem adjetivos bons, mas quero realmente falar de Peça-me o que quiser, pois estou totalmente desnorteada. Quando peguei o livro para ler, alguns amigos já tinha me falado sobre ele, porém - aquele porém em letras maiúsculas - não imaginei que ele iria me encantar com tamanha força. 

Os personagens, a trama, a narração, tudo, simplesmente T-U-D-O, me encantou, chocou e causou curiosidade em mim. Esse é com certeza, um livro que vai agradar a boa parte das mulheres, e homens, que leram 50 Tons de Cinza, e o amaram! Narrado por Judith, mergulhamos num mundo totalmente novo e diferente, pois diferentes das narrações que estamos acostumados, essa história se passa na Espanha, e não nos Estados Unidos. Para mim, isso foi um adicional e tanto, porque no decorrer da trama encontramos muitas narrativas dos lugares da Espanha, dos recantos que ficamos super curiosos para ir. Então, Jud, para os íntimos, é uma secretária ma Empresa Müller. Ela é explorada por sua chefe que a faz ficar no escritório até tarde da noite quase sempre. E é em um desses dias que ela flagra sua "querida" chefe transando com um dos secretários da empresa. Aqui, o leitor já é inserido num mundo totalmente diferente. Sim, nossa querida Jud assiste sua chefe transar com seu amigo, e isso a excita. Aqui, estamos falando de pegar fogo logo nas primeiras páginas do livro. Após esse dia, sua rotina segue, normal, tediosa e cheia de trabalho. Até que um belo dia, Judith fica presa no elevador com algumas pessoas.

" -Eu daria tudo para que fosse você em cima da mesa. Passearia minha boca por suas coxas, para depois enfiar minha língua dentro de você e te possuir."

Aqui, somos apresentadas ao poderoso chefão, Eric Zimmerman. Mais conhecido como Iceman. Ele é um homem, forte, poderoso, que tem gostos sexuais extremamente excêntricos, e ele quer 'brincar' com Jud. Dentro do elevador, prestes a ter um 'troço', Jud conhece Eric assim, sem saber quem ele é, sem saber nada sobre ele. Para ela, ele é apenas mais uma pessoa em pânico por estar ali, naquela situação. Abro aspas aqui para citar a EL James: 'O que há com os elevadores?'. Após sair daquela situação complicada na qual Jud nos faz dar boas risadas, ela descobre que aquele homem, que a excita desde o primeiro momento, é o dono da empresa na qual ela trabalha. Entretanto, isso já não tem mais peso algum, já que Eric a quer e vai fazer de tudo para que ela ceda ao desejo que os consome e aprenda a dançar a dança que ele gosta quando o assunto é sexo. 

A prerrogativa do livro é muito boa, nunca tinha lido nada igual e confesso que fiquei várias vezes me perguntando se há pessoas que realmente curtem o estilo de vida que Eric Zimmerman desfruta. Enquanto estamos todas acostumadas ao sexo BDSM, na literatura atual, Megan Maxwell nos apresenta, de forma extraordinária, um no qual um casal faz coisas impensáveis e muito, mas muito eróticas. Claro que, o leitor fica reticente em amar o casal, ou não... vai depender de você. Acontecem algumas coisinhas que, sinceramente, eu não toparia, porém cada um é cada um. Acho que essa é a principal mensagem que a autora quer passar com esse primeiro volume da série: as pessoas fazem coisas, quando o assunto é sexo, que nunca se imaginaram fazendo. E ela prova muito bem seu ponto de vista. Ela prova que o fato de uma pessoa te envolver naquele universo e mostrar que sexo é um desejo primitivo que precisa de evasão.

"Mil sensações tomam conta do meu corpo e eu me entrego a elas. Sou sua. Meu corpo é seu."

Os personagens são fortes, ambos são muito teimosos, mas muito decididos, o que é algo extraordinariamente bom, porque não vemos uma mocinha frágil que precisa ser protegida. O Eric tem muito de um CEO poderoso, ele quer exercer o poder sobre Jud, ele quer que ela seja dele de uma forma completa e sem questionamentos, mas acima de tudo, ele quer cuidar dela. Ambos relutam muito em ficar juntos, e brigam bastante, diga-se de passagem, por motivos bastante bobos, mas é algo tão espontâneo, que o leitor realmente compra a história. Iceman, não é um personagem que te conquista rapidamente, ele te conquista aos poucos, e te choca em muitos momentos, pois ele não tem nada daqueles homens primitivos cheios de ciúmes. A história traz muitos personagens secundários, que são de importância primordial para a série, e que confesso, são bem legais. A Jud tem uma família unida e linda, enquanto que o Eric é cheio de problemas com a dele.

" -Sexo é um jogo, Jud. Um jogo que admite loucuras, sensações e tudo o que você quiser incluir. Gosto de te dar prazer. Seu prazer é meu deleite e, quando te vejo cheia de tesão, fico louco."

O livro é viciante, e apesar de ser sobre um tema que nunca pensei, e confesso ter fica relutante em aceitar, a história é maravilhosa, pois coloca em perspectiva os vários tipos de pessoas que existem. Fiquei tão viciada na série que, ao terminar o primeiro livro, corri e fui pegar o outro. Não vou dizer que a a trama é doce e adorável, pois passa longe. A hitória é forte, cheia de altos e baixos e principalmente, cheia de sexo. De todo tipo. E, apesar de tudo isso, ela te conquista, te coloca em questionamento e te faz não conseguir parar de pensar na hora que finalmente vai poder voltar a ler o livro. Estou viciada na série, e mal posso esperar para saber como ela vai terminar!

Jornalista, taurina, viciada em livros, filmes, seriado e em conhecer novos lugares. Adora estudar inglês e acha que essa deveria ter sido sua língua mãe.

4 Comentários
Comentários

4 comentários

Write comentários
Luiza
AUTHOR
2 de março de 2014 21:35 delete

Ainda não li mas tenho curiosidade.
Bjs
http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

Reply
avatar
3 de março de 2014 23:24 delete

Não sei, tenho a impressão de que não vou gostar muito desse livro, mesmo as resenhas que eu já li comentando que ele é diferente e tem partes bem engraçadas. Se der eu leio, só não sei quando.

Bjs, @dnisin
www.seja-cult.com

Reply
avatar
4 de março de 2014 11:26 delete

Gosto de romances sensuais
Mas esse tipo especifico de livro não me chama atenção

Beijos
@pocketlibro
http://pocketlibro.blogspot.com

Reply
avatar
4 de março de 2014 14:41 delete

Já tinha visto mas a capa não surpreendeu, porém pela sua resenha parece ser muito bom, quero ler

Tá rolando um sorteio de um box de livros lá no blog
http://booksandflowers.blogspot.com.br/2014/02/sorteio.html

Reply
avatar