[Resenha] Heaven - Alexandra Adornetto

18:26 6 Comments A+ a-


De luto. Essas duas pequenas palavras me definem no meu atual momento, pois depois de dois livros extraordinários, enfim chega a conclusão da trilogia Halo, e deixe-me dizer que não me desapontou em momento algum. Alexandra Adornetto mostrou que sabe como manejar um bestseller e torná-lo perfeito em sua conclusão. Quem acompanhou minhas resenhas de Halo e Hades notou que eu sou apaixonada por essa trilogia, e que Hades me deixou super empolgada com o final, me fazendo sofrer por meses até que finalmente consegui ter meu exemplar de Heaven em mãos. Todo sofrimento que passei até consegui ler Heaven valeu a pena, isso posso afirmar com toda certeza.

Após um passei pelo inferno Beth e Xavier volta para concluir sua estória de amor impossível com muito mais inimigos e muito mais barreiras para ultrapassar. O enredo continua exatamente onde o livro anterior parou, dando assim uma visão muito firme de continuação para o leitor. Os anjos Gabriel e Ivy precisam salvar Beth e Xavier da fúria do inferno e agora do céu, os acontecimentos que se desenrolam nesse livro sã de tirar o fôlego e fica extremamente claro o quanto os personagens cresceram  durante o decorrer de todos os livros da série. Enquanto Gabriel, Ivy, Xavier e Beth tentam se livrar de anjos e demônios, Molly, tenta se livrar dos problemas contínuos com seus relacionamentos, fiquei um pouco desapontada com o destino que a autora deu a esta personagem, pois esperava algo mais, mas é justificável o seu fim.

Me surpreendi, positivamente falando, em vários momentos com a força que a autora conseguiu exprimir nos personagens Beth e Xavier, porque o que ocorre nesse livro para separar eles não é nada fácil, mas o amor e companheirismo que eles mostram em seu relacionamento é algo tocante. Achei que a Alexandra explicou muito bem neste livro o que ela queria quando se trata do relacionamento deles, algo sutil, delicado, imperfeito, mas poderoso como uma labareda consumindo palha. O amor, não apenas carnal, é retratado de tal maneira que me chamou muito atenção, assim como as lições bíblicas que ela usou para amarrar o enredo do livro, como percebem, irei me esvair em adjetivos positivos sobre está obra, pois ela se tornou minha série favorita, não apenas pela belíssima conclusão, como por todo o decorrer da narração.
"Tudo e todos que você conhece podem mudar a qualquer momento. É assim que vejo as coisas agora... Menos você, a única constante em minha vida."
Como falei anteriormente o amor e maturidade de ambos os personagens são tocantes, mas o Xavier, que já era meu queridinho, marido literário, tornou-se meu personagem masculino preferido de todos os tempos. Ele é forte pelo que acredita neste livro, e não larga o osso de modo algum. Xavier acredita pela causa que luta, pelo amor dele e de Beth, que desde sempre se mostrou uma personagem muito forte. O fato aqui é que não encontrei defeitos na conclusão da obra, mentira seria dizer que não esperava um final triunfal, mas Alexandra Adornetto mostrou-me que a sutileza é uma arma que quando é bem usada se torna algo esplendido. A conclusão dessa incrível trilogia só ressaltou o quanto os personagens da autora são humanos, mesmo sendo anjos. A leitura é fluída, não trava em momento algum e é simplesmente apaixonante.
"- Não tenho mais a impressão de que somos duas pessoas distintas - disse Xavier, sorrindo de modo sonhador por cima da borda do copo. - É como se vivesse dentro de você e você vivesse dentro de mim. Somos praticamente a mesma pessoa"
Com uma conclusão perfeita, Halo se tornou a minha série favorita. Valeu todo o percurso que passei para o ler, e afirmo que voltarei a reler a série várias e várias vezes, porque algo tão belo assim não merece focar parado na estante. Gostaria apenas de abrir um parêntese aqui e comentar o quanto fiquei revoltada com o péssimo trabalho gráfico empregado pela Editora Agir neste livro, mas no final de tudo, o conteúdo interno salva a edição, que se torna irrelevante frente a qualidade e consistência do livro. Não se se a Alexandra voltará a escrever, mas posso afirmar que se ela escrever tão bem quanto quando escreveu Halo, Hades e Heaven, ela ganhou uma fã de carteirinha que irá comprar todos os seus livros. Cinco mil estrelas para essa maravilhosa obra.

Jornalista, taurina, viciada em livros, filmes, seriado e em conhecer novos lugares. Adora estudar inglês e acha que essa deveria ter sido sua língua mãe.

6 Comentários
Comentários

6 comentários

Write comentários
Lucas Gilmar
AUTHOR
17 de outubro de 2013 18:55 delete

estou a procura dessa trilogia mais não encontro em lugar nem um par mim compra
eu li um unica vez . e quasse derreti de tao bom que é
resenha maravilhosa
@livroazuis
livro-azul.blogspot.com.br

Reply
avatar
17 de outubro de 2013 22:00 delete

Gente, não conhecia essa série. Estou impressionada com tudo que você disse, rsrsrs... Quero ler!

Bjs, Isabela.
www.universodosleitores.com

Reply
avatar
18 de outubro de 2013 18:26 delete

Sou apaixonada por essa série, pena que toda série perfeita tem que acabar rs.
Realmente esse livro fechou a série de um jeito surpreendente.
Adorei sua resenha e concordo contigo qnto ao reler diversas vezes, pois é uma série muito perfeita!
Resenha #117 - A Menina Que Semeava - É preciso noite para surgir o dia - Lou Aronica.
Confere lá!
Manuscrito de Cabeceira
Bjs.

Reply
avatar
18 de outubro de 2013 20:26 delete

Essa triologia parece ser realmente muito boa
Mas ainda não tive oportunidade de ler e essas capas são lindas

Beijos
@pocketlibro
http://pocketlibro.blogspot.com

Reply
avatar
22 de outubro de 2013 23:37 delete

Essa é uma das melhores trilogia sobre anjos e tão bem escrita, que acho que é um dos melhores do gênero sobrenatural. Louca por esse livro, você sabe, mas não ta fácil. Espero que até o fim deste ano eu consiga ler. Tomara!!!

Bjs, @dnisin
www.seja-cult.com

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
17 de julho de 2015 10:47 delete

Ola, chamo-me Isabel e já li a trilogia da Alexandra três vezes, depois li umas dez vezes o final da trilogia e acho que falta qual quer coisa daquele final,acho que precisava de um pouco mais aquele reencontro da Beth e do Xavier, precisa de uma continuação.

Reply
avatar