[Resenha] O Visconde Que Me Amava - Julia Quinn

10:30 9 Comments A+ a-



Apaixonada, destruída e imensamente feliz, é como me sinto ao conhecer melhor o Anthony nesse livro, não apenas ele, como também a Kate, que passou a ser uma das minhas personagens favoritas muito antes de chegar ao capítulo 4 desse livro. Essa série, por incrível que parece, não consegue me desapontar em cada virada de página, e mais importante ainda, com a apresentação de cada irmão. De longe, os irmãos Bridgerton  têm se tornado amados por mim profundamente, estou começando a ficar paranoica sobre quando essa série acabar, quais irmãos irei amar.

"Ela era tão perfeita, tão linda, que ele teve uma estranha e primitiva sensação de prazer ao pensar que a maioria dos homens era cega à sua beleza."

Deixando um pouco de lado minhas impressões sobre o livro, os personagens e a estória, quero situa-los sobre o que ocorre aqui. Anthony é o irmão mais velho da família Bridgerton, o que como todos sabem é meu ponto fraco, mas ele tem seus demônios e apesar de tudo isso, sente que precisa casar-se antes que seja tarde demais. Então, após tomar a decisão, sua mãe, Violet, mais que feliz, consegue organizar uma festa em sua propriedade no campo. Edwina e Kate são irmãs, mas uma linha  de beleza as separa em extremos opostos, sem a primeira a mais bela e a segunda... não tão bela assim. Enquanto Anthony quer cortejar Edwina, ele entende que primeiro terá que conquistar sua irmã mais velha para obter sua autorização, mas esse jogo dá errado.

"[...] O amor não tem nada a ver com o medo de que tudo acabe, mas com encontrar alguém que o complete, que faça de você um ser humano melhor do que jamais sonhou ser."

Anthony, Anthony, Anthony, não consigo para de pensar nele, mesmo depois de ter terminado o livro há horas. Como falei acima, ele tem seus demônios, sendo assim, seus defeitos, mas isso torna o personagem ainda mais humano, ainda mais apaixonante. Sua responsabilidade pela sua família após a morte de seu pai o tornou adulto muito rápido, mas o amor familiar não o permitiu se fechar, muito pelo contrário, neste livro há cenas as quais ele nos faz suspirar falando sobre sua mãe e o quão devoto é a sua família. Quero gastar todo um parágrafo falando e falando dele, mas tenho a completa noção de que por mais que explique, essa paixão só será entendida quando lerem o livro.

"Quando um homem amava uma mulher de verdade, com todas as fibras do ser, não era um dever divino tentar fazê-la feliz?"

Já Kate, ou Katharine Sheffield, é muito bem humorada, para dizer o mínimo, pois o que a definiria mesmo era: língua afiada. Ela é aquele tipo de mocinha que jamais leva desaforo para casa, e o sarcasmo é sua arma mais usada para combater o futuro pretendente de sua irmã, O Visconde Anthony. Mas ele parece deliciado em ver o quanto ela sempre tem uma resposta para ele, e eles brigam mais que gato e rato, entretanto como dizem: amor e ódio sempre veem acompanhados um do outro. E com esses dois não é diferente. Kate é inteligente, esperta e sabe o que quer, o que me faz adorá-la e apreciar o senso de humor negro dela. Na verdade eu me identifiquei bastante com ela por seu sarcasmo.

Estou completamente desesperada para ter tempo e reler esse livro, para poder descobrir outras facetas do Anthony e da Kate. Com uma leitura leve, adorável e personagens cativantes a Julia Quinn tem me mostrado que sabe escrever um romance de época com cenas hot como ninguém. Não acho que tenha lido um livro melhor que esse nos últimos 2 meses. Espero ansiosamente o próximo romance dessa autora, mas não tão ansiosa a ponto de querer ver esta série terminada.

Jornalista, taurina, viciada em livros, filmes, seriado e em conhecer novos lugares. Adora estudar inglês e acha que essa deveria ter sido sua língua mãe.

9 Comentários
Comentários

9 comentários

Write comentários
27 de agosto de 2013 11:13 delete

Ah, que ótimo saber que é tão bom assim! Estou com vontade de ler tem um tempo, agora ainda mais...
Você realmente se apaixonou pelos personagens, heim? Que delícia!

Abraços, Isabela.

www.universodosleitores.com

Reply
avatar
27 de agosto de 2013 11:25 delete

Oii!!
Essa escritora é ótima! Fiquei muito feliz quando a Arqueiro comunicou que iria lançar os livros dela *_*
Beeijos

Elidiane
Leitura entre amigas

Reply
avatar
N Chanoski
AUTHOR
27 de agosto de 2013 15:17 delete

Adorei... Mas confesso que a capa não tinha me chamado atenção...

XOXO
umnovo-roteiro.blogspot.com

Reply
avatar
28 de agosto de 2013 00:33 delete

Estou louca por esse livro
Já li o primeiro da série e amei

Beijos
@pocketlibro
http://pocketlibro.blogspot.com

Reply
avatar
28 de agosto de 2013 00:40 delete

Sempre ouço falar bem demais deste livro. Inicialmente não é o estilo de leitura que me agrada, mas depois de tanta resenha boa como a sua estou ficando tentado a lê-lo.

Abraços
http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

Reply
avatar
28 de agosto de 2013 16:56 delete

já queria ler este livro agora eu preciso dele com urgência!!!! :)

Quero muito o livro. Acho que vou me apaixonar tb pelo Antony.

beijos

Reply
avatar
Anna Lima
AUTHOR
28 de agosto de 2013 18:49 delete

gosto bastante de romances históricos, ainda não tive oportunidade de ler essa série , mas parece ser bem interessante :D

Beijos!
http://meuvicioliterario.blogspot.com.br/

Reply
avatar
29 de agosto de 2013 18:24 delete

Eu quero tanto ler esses livros pra comentar melhor, mas como temos o gosto parecido, é capaz deu gostar também desse. Ansiosa!!!

Bjs, @dnisin
www.seja-cult.com

Reply
avatar
Raquel Moritz
AUTHOR
9 de setembro de 2013 08:54 delete

Eu li esse livro e me apaixonei :) Gostei demais da escrita da Julia, me lembrou MUITO a Jane Austen, cheio de humor ácido e paixões proibidas.

E Anthony, eu tbm me apaixonei por ele. Anthony, Anthony, Anthony... ♥♥♥

Beijos,

Raquel
www.pipocamusical.com.br

Reply
avatar