Resenha: Laços de Sangue - Richelle Mead

22:02 11 Comments A+ a-


Primeiro de tudo quero dizer que sou fã da Richelle Mead, mas até mesmo os fãs falam mal de seus ídolos, okay? Então, entendido isso vamos prosseguir com a resenha. Acho que esse livro acima de tudo é uma contatação do quão mal a Richelle encerrou a série Vampire Academy, deixando pontas soltas e questões mal resolvidas, porém o que não pode-se negar é capacidade de prender que a Richelle tem.

“Eu não sou uma pessoa violenta, de jeito nenhum, mas senti uma vontade repentina de bater nele por olhar para a minha irmã daquela maneira.”

No primeiro volume da série Bloodlines podemos acompanhar pelo ponto de vista da Sidney, a alquimista, algumas pontas soltas que foram deixadas da série anterior. Jill, a irmã recém descoberta da Lissa sofreu um ataque de alguns Moroi que não concordam com a rainha que têm. Por causa disso ela precisou ser retirada da corte e ser protegida, assim, em uma trama de tirar o fôlego
 acompanhamos Eddie e Adrian se juntar a Sidney na tentativa de proteger a irmã de Lissa.


- Mas... é complicado. Me ensinaram ceras coisas a vida toda. É difícil me livrar delas.
- As maiores mudanças na história aconteceram porque as pessoas foram capazes de se livrar do que os outros lhes diziam para fazer.

Relutei demais em ler este livro, porque não queria mais acompanhar séries, porém uma força maior me forçou a lê-lo e eu não me arrependo, pois como falei a Richelle Mead tem a capacidade incrível de fazer estórias. O livro é viciante e não se consegue largar até que a última página seja virada, apesar de não haver romance, as viradas que a estória tem são eletrizantes a ponto de você não ligar.

Um ponto que achei muito interessante é poder ter um olhar sobre como o Adrian sofreu com todo o seu conturbado relacionamento com a Rose. Enquanto em VA, temos ele como uma pedra no meio do caminho da Rose com o Dimitri, aqui temos ele como um personagem tão querido que sentimos vontade de caçar a Rose pessoalmente por não ter ficado com o Adrian. Alguns outros personagens aparecem enquanto Sidney vai desvendando tramoias no mundo alquimista. Eles têm um papel muito atuante no livro todo, o que é muito legal.

“Além do mais, eu não confiava em nenhum homem que usasse mais produtos de beleza do que eu.”

A trama tem vários pontos positivos e confesso que fiquei entusiasmada com a possibilidade do Adrian ficar com a Sidney, achei o humor deles muito compatíveis. O final desse volume é quase um choro para que se tivesse em mãos os seguintes, que confesso não saber por quem serão narrados, no entanto, minha torcida esta fervorosamente em Adrian.

Minha relutância transformou-se em apego por mais uma série da Richelle Mead, e eu indico o livro não apenas para quem leu Vampire Academy, como para quem também ainda não leu!

Jornalista, taurina, viciada em livros, filmes, seriado e em conhecer novos lugares. Adora estudar inglês e acha que essa deveria ter sido sua língua mãe.

11 Comentários
Comentários

11 comentários

Write comentários
Anna Lima
AUTHOR
31 de julho de 2013 22:16 delete

Ainda não li Academia de Vampiro, mas sou louca para ler, todo mundo diz que é a melhor série de vampiros e eu fico mega curiosa haha Sua resenha me deixou bem curiosa sobre esse livro ;p

Beijocas, http://meuvicioliterario.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Filipe Laia
AUTHOR
2 de agosto de 2013 01:23 delete

Ainda não li nenhum dos livros. Já ouvi algumas críticas super positivas e outras nem tanto sobre essa série...
Mas sei lá, não curto muito vampiros rsrsrs

Ótima resenha, parabéns!
Abraços
www.booksever.blogspot.com

Reply
avatar
Rê Souza
AUTHOR
2 de agosto de 2013 09:26 delete

Oi Ray!!

Eu amo o tema Vampiros!!

Parabéns pela resenha!!

Eu ainda não tive a oportunidade de ler Academia de Vampiros, por mais que goste do tema, não tive oportunidade ainda, mas como você disse na resenha que Laços de Sangue também pode ser lido por quem não leu Academia, vai ficar na minha imensa lista de leituras,não resisto!!

Bj
Rê Souza
http://entreresenhas.blogspot.com.br

Reply
avatar
2 de agosto de 2013 12:36 delete

Hum...esse livro parece ser bom. Ainda estou pensando se irei ler o mesmo!^^
Beijos!
Paloma Viricio- Jornalismo na Alma.

Reply
avatar
Iana F.
AUTHOR
2 de agosto de 2013 12:38 delete

Tenho uma coisa por vampiros, mas vampiros mesmo, não os molengas e bláblá. Amo Diários do Vampiro e preciso pra ontem começar a ler Academia de Vampiro! Realmente preciso muito ler!
Adorei a resenha!
Beijos
http://interruptedreamer.blogspot.com.br

Reply
avatar
2 de agosto de 2013 13:36 delete

A única coisa que já li da Richelle foi a série da Georgina Kincaid, na verdade nem acabei ainda, mas estou amando ♥ e tenho muita vontade de ler os outros livros dela, espero gostar mesmo com pontas soltas xD

Beijos :*
fantasiandocomoslivros.blogspot.com.br

Reply
avatar
2 de agosto de 2013 13:57 delete

Não sei, mas eu ultimamente anda com tantos livros na mente, que acho que esse um dia possa ser um. Eu adorei a resenha, e concordo com você mesmo quando gostamos muito de nossos ídolos nós temos que ser sincero quando achamos um pouco chato uma obra do mesmo. Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

Reply
avatar
2 de agosto de 2013 15:09 delete

Ainda não conhecia esse livro
Parece ser bem interessante

Beijos
@pocketlibro
http://pocketlibro.blogspot.com

Reply
avatar
2 de agosto de 2013 17:04 delete

Olá.
Juro que ainda não conhecia a autora e nem o livro.
A capa é bacana e é ótimo resenhar livro de autores preferidos ^^.
ótima resenha flor.
bjs
Tamires C.
http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

Reply
avatar
2 de agosto de 2013 20:31 delete

ótima resenha!
Seguindo seu blog!
Abraço
http://malucoporleitura.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Alessandra
AUTHOR
5 de agosto de 2013 21:06 delete

Sou suspeita para falar por que AMO essa série, mais ainda do que Academia de Vampiros. Acho os personagens super carismáticos, a Sydney, protagonista, é engraçada, inteligente e meio esquisita, tem horas que dá vontade de dar uns cascudos nela hahahaha. O que falar do Adrian, então? Ele é o brilho da série, cada fala dele é maravilhosa, quando não é engraçada é romântica, tocante... ele é um dos meus personagens favoritos de todos os tempos. A série é cheia de mistérios super elaborados que mantém os personagens sempre em ação.
Estou relendo os três livros enquanto o quarto, The Fiery Heart não é lançado (previsão para Novembro 2013). Estou ansiosa para ver o desenrolar dessa história e confesse que vou morrer de saudades quando acabar!
Beijão Ray!

Reply
avatar