Resenha: Lugar Nenhum - Neil Gaiman

19:56 2 Comments A+ a-


Esse foi o primeiro livro desse autor que li, e sinceramente, não poderia me surpreender mais. O Neil é brilhante! De uma forma sutil e muito bem bolada ele nos leva a uma Londres subterrânea tão realista, que você vai querer ir para lá e começar a bater nas paredes para ver se alguém a abre.

“Devemos ensinar nossos temores a nos temerem”

Richard Mayhew tem uma vida normal, monótona e sinceramente muito sem graça. Até que enquanto ele vai para um jantar com sua namorada, super chata, Jéssica, ele encontra uma jovem jogada no chão e a ajuda, deixando sua namora de lado. Logo após essa jovem a deixar, sua vida vira  de cabeça para baixo, porque ele parece ter ficado invisível para todos da Londres de Cima.

“Viu o brilho fraco de uma luz. Ouviu passos em sua direção. E decidiu, se fosse um brando de assassinos, canibais ou monstros, ele nem mesmo resistiria. Que acabassem com tudo – ele próprio já estava farto da própria vida.”
Eu fiquei extremamente emocionada com a narrativa dessa estória, de forma que não conseguia largar o livro. Para onde ia o levava junto, simplesmente pelo fato de que o Neil escreve como nunca tinha visto. Confesso não ser fã de livros de aventura/Ficção e quando gosto é porque ele é bom. O que não é o caso de Lugar Nenhum, pois ele está vários patamares acima de um apenas gostar. O livro é maravilhoso.

“-Se a gente tem medo o tempo todo, pode tentar ignorar e pintar por cima dele”

No decorrer da trama é legal se observar como o Richard vai descobrindo que apesar de a Londres de Baixo, não ser o melhor lugar do mundo para se viver, é onde ele sente que pertence. É onde ele pode ser alguém, pode realmente viver, não apenas sobreviver.

“…os acontecimentos são seres covardes. Eles nunca acontecem sozinhos: vêm numa matilha, pulando juntos sobre alguém ao mesmo tempo.”

Os personagens secundários também narram o livro, dando assim vários pontos de vista de uma mesma cena, fazendo a trama ainda completa. O final do livro é tão lindo, tão poético, sem nenhuma ponta solta, que a vontade é de começar a lê-lo novamente. O único arrependimento que tenho em relação a esse autor, é de não ter lindo Lugar Nenhum antes. Virou um dos meus livros preferidos. 

Jornalista, taurina, viciada em livros, filmes, seriado e em conhecer novos lugares. Adora estudar inglês e acha que essa deveria ter sido sua língua mãe.

2 Comentários
Comentários

2 comentários

Write comentários
31 de julho de 2013 00:01 delete

Depois de ler "Coraline", uma obra curta porém que deu para absorver bem o estilo do autor, tenho em mente ler mais de Neil Gaiman. Adoro um mistério, uma literatura fantasiosa e sua resenha passou bastante entusiasmo. A capa desse livro é belíssima, adorei. Beijos.

De Frente com os Livros

Reply
avatar
Rafaela
AUTHOR
14 de janeiro de 2014 13:04 delete

Acabei de ler esse livro e parece que ainda estou dentro da história. Como você, não consegui parar de ler. A todo lugar que ia, levava o livro junto. Adorei!

Reply
avatar