Porre de Livros Entrevista: Beth Kery - Porque Você é Minha

17:33 2 Comments A+ a-


Os livros dela chegaram ao Brasil (Editora Paralela), após a febre de livro eróticos, mas isso não impediu que sua obra, Porque Você é Minha alcançasse em menos de um mês o top 10 dos livros mais vendidos no site da Amazon.Depois de uma longa viagem de divulgação (Reino Unido, França, Bélgica, Itália, Luxemburgo, EUA, por toda parte, incluindo Havaí várias viagens e ilhas) ela não titubeou e concedeu uma entrevista para o blog, mas foi bem misteriosa quanto a questões pessoais.

Ela não informou se Beth Kery é seu verdadeiro nome, nem se tem filhos, nem mesmo sua idade. Contudo revelou que é casada e que tem a escrita como seu trabalho principal há cinco anos. Com muita simpatia Beth fala sobre Porque Você é Minha e também sobre seus livro When I'm With You, que é uma série diferentes, mas com  personagens do Porque Você é Minha e ainda manda um recadinho para seus fãs brasileiros.

Porre de Livros: Geralmente seus livros são muito curtos e cada série tem vários volumes, então por que você escreve assim? Você prefere escrever assim por alguma razão?

Beth Kery: Eu já escrevi mais de trinta livros, e só escrevi Porque Você é Minha e When I'm With You, o segundo livro da série Porque Você é Minha, como romances de série (do modo um lançamento por semana). Eu costumo escrever romances ou novelas
 regulares independentes. Quanto à razão pela qual eu escrevi um romance em forma de serie, foi ideia da minha editora. Eu acho que a razão que eles escolheram fazer deste modo é o interesse crescente no mundo do entretenimento 'quanto mais melhor'. As pessoas estão em movimento atualmente. Eles leem cada vez mais em tecnologia, como e-readers, telefones ou tablets. Porque Você é Minha, When I'm With You e outra serie que está para sair no próximo ano, são todos apresentados desta forma. É uma maneira emocionante de distribuir um livro, aquele que controla o tempo, e permite que as pessoas consumam o livro no mesmo ritmo e se comunique sobre o assunto por meio de mídias sociais como facebook e twitter.

E por falar nisso, eu adorei o que o Brasil fez com as capas de Porque Você é Minha. Muito sexy e sutil.

PDL: Beth Porque Você é Minha, acabou de chegar ao Brasil e já está no topo dos best-sellers da Amazon. Será que você, mesmo por um momento, achou que a série teria tanto sucesso assim?

BK: Eu não esperava isso. Estou muito feliz. É difícil imaginar como vai ser o sucesso do livro em um país ou outro. Acredito que o Brasil foi o primeiro a comprar os os direitos de publicação na América do Sul, e é um dos vários que publicou o livro no formato de série, como fizemos aqui nos Estados Unidos. Fiquei feliz que os leitores brasileiros foram tão acolhedor e solidário do livro.

PDL: Quando você começou a escrever Porque Você é Minha se você tinha ideia da direção que a história iria tomar? Considerando o fato de que você vai liberar mais uma parte da história, você mudou de opinião sobre algo nele?

BK: Ele foi muito bem delineado antes de começar. Escrever no formato de série foi diferente para mim, e colocou desafios consideráveis. Foi um processo muito rápido. A editora pode lançar um ebook em serie muito mais rápido do que um livro regular. Muitas pessoas não percebem que a partir do momento que um escritor termina um livro, pode levar entre 9 a 18 meses antes dos editores lançamento-los para o público. O autor muitas vezes mudou no sentido mental, e terminou outro livro e pode já estar considerando outro. Isso não acontece quando se escreve com as series. Com Porque Você é Minha  eu estava terminando a última parte, quando a primeira parte foi lançada nos Estados Unidos. Foi muito revigorante, todo o processo. Como eu mencionei, eu não escrevia em serie o tempo todo. Eu gostei tanto que eu provavelmente vou continuar escrevendo-os ocasionalmente, no entanto, intercaladas com outros romances.

PDL: Quando eu penso em Ian vários atores veem à mente minha mente, mas para você, há um ator, ou até mesmo alguém que te inspirou?

BK: Eu não sou uma escritora que rotineiramente baseia meus personagens em uma pessoa real. Eu crio um herói peça por peça, camada por camada, em minha mente e na página. Durante a escrita em si, o personagem torna-se cada vez mais desenvolvido. Estou muito engajada em escrever complexos, personagens reais. Sim, pode haver pontos comuns em todos os meus heróis ou heroínas, assim como há temas básicos para todas as histórias de romance. Mas eu estou inclinada em trazer o verdadeiro coração dos meus personagens, e cada um realmente tem um espírito único.

Os leitores muitas vezes me dizem que um herói do livro lembra muito fulano de tal, e eu acho que isso é incrível. Estou feliz por algo real e concreto aparece em sua mente apartir da  minha prosa. Esse é o incrível, a única coisa sobre a leitura contra assistir televisão ou um filme. A imaginação do leitor se funde em todo o processo.

PDL: Algo que chamou muito a minha atenção nos oito livros da série Porque Você é Minha foram as narrações sobre as obras de arte e lugares, eu me senti transportada com Ian e Cesca. Você é uma amante da arte também, ou foi apenas para esta série?

BK: Obrigada. Sim, muitas vezes você vai ver a arte aparecendo em meus livros. Eu não sou um artista profissional, infelizmente, não tenho nenhum talento nessa arena. Mas eu sou uma amante ávida da arte, e isso se ampliou, com o apoio e estudo das artes por uma grande parte da minha vida.

PDL: Você lida com uma relação muito delicada, com a mãe do Ian. De onde surgiu a ideia de abordar algo parecido no livro? Você estudou, fez pesquisa sobre esta doença?

BK: Sim, eu estudei muito sobre a esquizofrenia e outras doenças mentais como parte da minha educação e carreira em primeiro lugar. Tenho um doutorado em ciências do comportamento. Escrever é a minha segunda opção de carreira. Desafios emocionais são coisas que muitas vezes se encontra nos meus livros, com o foco no confronto com cicatrizes psicológicas, cura e crescimento. Como eu mencionei, eu posso escrever algo super sexy, romances escapistas, mas eu não acho que os leitores serão enganados em relação ao real, crível, e as emocionalmente gratificantes questões centrais. Eu respeito os leitores de romance, e quero ter certeza de dar-lhes não só entretenimento emocionante, mas histórias profundamente gratificante também.

PDL: Você gostaria de ver seus livros transformados em filmes?

BK: Eu acho que a maioria dos autores adoraria isso. Seria uma grande honra ver sua criação original transferido para os cinemas. No entanto, eu sou muito realista sobre as chances de que isso aconteça. Isso acontece com os autores, é claro, mas uma vez perdida.

PDL: Você poderia falar um pouco sobre seus projetos futuros? Eu sei que você tem uma série When I'm With You  que ainda não está concluída, fale sobre isso.

BK: Claro. When I'm With You é o segundo livro da série Porque Você é Minha  É o mundo byam, e Ian e Francesca não estão sozinho nele, mas uma parte crucial de seu romance e história é contada. No entanto, nestes os holofotes estão sobre Lucien e Elise. É muito sexy, romance intensamente emocional que teve um monte de elogios. When I'm With You prepara o palco para o terceiro livro da série Porque Você é Minha (Porque Você Me Persegue), outro romance de Ian e Francesca. Nos Estados Unidos, este sai em novembro deste ano. Ele vai lançar inicialmente em formato regular, não em série. Vai ser verdadeiramente muito quente e emocionante, e dará a Ian e Francesca o felizes para sempre que eles merecem.

Eu ainda não ouvi, se outro romances interligados da série Porque Você é Minha foram adquiridos por uma editora brasileira, mas eu certamente espero que eles venham a ser adquiridos.

Muito obrigado pelo interesse e um agradecimento especial aos leitores brasileiros por apoiar Porque Você é Minha!

Abraço, Beth Kery.

Jornalista, taurina, viciada em livros, filmes, seriado e em conhecer novos lugares. Adora estudar inglês e acha que essa deveria ter sido sua língua mãe.

2 Comentários
Comentários

2 comentários

Write comentários
29 de maio de 2013 01:10 delete

Nossa, a autora foi muito simpática as respostas foram ótimas. Geralmente eles são mais concisos, são poucos os que desenvolvem bem suas ideias. Não conhecia nem o livro e nem a autora, mas já estou curiosa devido as informações dadas na entrevistas.

Bjs, @dnisin
www.seja-cult.com

Reply
avatar
27 de junho de 2013 12:33 delete

Simpática ela pode ate ser,mas os ebooks foram vendidos em partes e dia 2 de julho o livro será lançado. Por acaso começará da parte 9? absurdo!!!

Reply
avatar