Resenha: Halo - Alexandra Adornetto

14:24 0 Comments A+ a-




Depois de vir para terra cumprir uma missão, o anjo da guarda, Beth, conhece a vida como uma adolescente comum e rapidamente apaixoná-se pelo belo Xavier Woods.

Junto com seus irmãos, Gabriel e Ivy, Beth deve combater o mal que rodeia a cidade de Venus Cove. Gabriel torná-se professor da escola que Bethany frequenta e Beth, com toda sua inocência facilmente se deslumbra com tudo que ver na terra.

Molly se torna a melhor amiga de Beth, e para mim ela é um dos
 melhores personagens do livro. Molly é descolada, bonita e turrona, suas armas estão todas apontadas para Gabriel, e ela não descansará até que o faça amá-la.

Enquanto Beth tenta se livrar do malígno Jake, que tomou conta de sua cidade, a garota também precisa descobrir como dirigir seu novo relacionamento com Xavier. Ela sabe que não pode amar um humano acima de todos, mas como obdecer a essa regra quando Xavier sorri tão docemente em sua direção?


"Os humanos supostamente tinham defeitos físicos, mas não parecia ser o caso de Xavier."

Além de tudo ela precisa manter sua identidade em segredo e precisa garantir aos seus irmãos que Xavier não é ameaça para a missão deles:

"Se não colocarmos obstáculos no caminho dela, esse interesse com certeza morrerá naturalmente; agora, se criarmos empecilhos, a situação ganhará uma importância pela qual vale a pena brigar."

O vilão do livro, Jake, saí diretamente do inferno, sem trocadilhos, e tem uma louca obcessão por Beth, mas posso afirmar que o Jake não é um vilão tão odiado assim. E as batalhas travadas são uma emoção a parte!

O trio enfrenta muitas lutas e ao que parece Xavier não é apenas um fraco humano quando se trata de proteger sua namorada que tem asas.

Halo se enquadra no quadro de novos livros, mais soltos, com mais aventuras e uma mescla de romance perfeita. Vale muito a pena ler.

Jornalista, taurina, viciada em livros, filmes, seriado e em conhecer novos lugares. Adora estudar inglês e acha que essa deveria ter sido sua língua mãe.

0 Comentários
Comentários